sábado, 31 de janeiro de 2009

CR Vasco da Gama Campeão Estadual de 1992

O Estadual de 1992 foi conquistado de forma invicta pelo Vasco da Gama, que disputou 24 partidas nos dois turnos. Neste ano, não houve rebaixamento entre os turnos mas os dois primeiros do Grupo B (espécie de 2a Divisão) "subiram" para o Grupo A após a Taça Guanabara (1o Turno). Ao final da Taça Rio (2o Turno), os 4 últimos colocados deste turno somente foram rebaixados: Campo Grande, Itaperuna, Goytacaz e Madureira.

Entrerriense (1o colocado) e São Cristóvão (2o) foram promovidos ao Grupo A da 1a Divisão de 1993 após o returno do Grupo B. O rebaixamento do Grupo B para a 2a Divisão levou em consideração apenas os pontos obtidos na Taça Rio. Caíram Barra Mansa, União Nacional, Paduano e Cabofriense.

O artilheiro foi Ézio (Fluminense) com 15 gols.

A Campanha:
1o Turno:
0-0 Madureira - f
1-0 América-TR - c
1-0 Botafogo - c
1-0 Volta Redonda - f
3-0 Itaperuna - c
3-0 Americano - f
4-0 América - f
2-0 Campo Grande - c
1-1 Fluminense - f
0-0 Bangu - c
1-1 Flamengo - f
2o Turno:
3-2 Campo Grande - c
3-0 Madureira - c
3-0 Itaperuna - c
1-0 Goytacaz - c
3-1 Volta Redonda - c
0-0 Americano - c
4-2 América - c
1-0 Olaria - f
3-1 Botafogo - f
3-1 América-TR - f
1-0 Bangu - f
1-0 Fluminense - f
1-1 Flamengo - f

Classificação:
1) Vasco da Gama
2) Flamengo
3) Fluminense
4) Botafogo
5) Bangu
6) América-TR
7) Americano
8) Volta Redonda
9) Madureira
10) América
11) Olaria
12) Campo Grande
13) Goytacaz
14) Itaperuna
15) Entrerriense
16) Friburguense
17) São Cristóvão
18) Portuguesa
19) Saquarema
20) Bonsucesso
21) Mesquita
22) Barra Mansa
23) União Nacional
24) Olympico
25) Paduano
26) Cabofriense

CR Vasco da Gama Campeão da Taça Rio de 1992

A competição valeu pelo 2o Turno do Campeonato Estadual.

A Campanha:
3-2 Campo Grande - c
3-0 Madureira - c
3-0 Itaperuna - c
1-0 Goytacaz - c
3-1 Volta Redonda - c
0-0 Americano - c
4-2 América - c
1-0 Olaria - f
3-1 Botafogo - f
3-1 América-TR - f
1-0 Bangu - f
1-0 Fluminense - f
1-1 Flamengo - f

Classificação:
1) Vasco da Gama
2) Flamengo
3) Fluminense
4) América-TR
5) Botafogo
6) Americano
7) Olaria
8) Volta Redonda
9) Bangu
10) América
11) Campo Grande
12) Itaperuna
13) Goytacaz
14) Madureira

CR Vasco da Gama Campeão da Taça Guanabara de 1992

A competição valeu pelo 1o Turno do Campeonato Estadual.

A Campanha:
0-0 Madureira - f
1-0 América-TR - c
1-0 Botafogo - c
1-0 Volta Redonda - f
3-0 Itaperuna - c
3-0 Americano - f
4-0 América - f
2-0 Campo Grande - c
1-1 Fluminense - f
0-0 Bangu - c
1-1 Flamengo - f

Classificação:
1) Vasco da Gama
2) Flamengo
3) Bangu
4) Botafogo
5) Fluminense
6) Madureira
7) Volta Redonda
8) América-TR
9) Americano
10) Campo Grande
11) América
12) Itaperuna

Serrano FC Campeão Estadual da 2a Divisão de 1992

Vinte clubes disputaram a 2a Divisão de 1992. Serrano, campeão, e Barreira, vice, subiram para o Grupo B da 1a Divisão do ano seguinte.

Os Participantes:
Bayer (Belford Roxo)
Barreira (Saquarema)
Canto do Rio (Niterói)
Carapebus
Ceres (Rio de Janeiro)
Colégio (Rio de Janeiro)
GRF da Fem de Volta Redonda
Heliópolis (Belford Roxo)
Itaguaí
Miracema
Monte D´Ouro (Valença)
Nova Cidade (Nilópolis)
Opção (Rio de Janeiro)
Pavunense (Rio de Janeiro)
Porto Real (Resende)
Rio das Ostras
Serrano (Petrópolis)
Siderantim (Barra Mansa)
Tamoio (Duque de Caxias)
Tomazinho (São João de Meriti)

EC Anchieta Campeão Estadual da 3a Divisão de 1992

Apenas nove times disputaram o Estadual de 1992. O Anchieta trouxe o título para a capital do estado.

Os Participantes:
Anchieta (Rio de Janeiro)
Bela Vista (Niterói)
Colúmbia (Duque de Caxias)
Everest (Rio de Janeiro)
Itapeba
Grêmio Esportivo KM-49 (Itaguaí)
Nilópolis
São Paulo (São João de Meriti)
União (Rio de Janeiro)

Definidos Todos os Times da Próxima Copa da CONCACAF

A Copa das Nações da América Central já definiu seus cinco times que vão tentar trazer o título da CONCACAF para a região. Honduras, El Salvador, Costa Rica, Panamá e a surpreendente Nicarágua se classificaram. Eles se juntam a Canadá, Cuba, Estados Unidos, Grenada, Guadalupe, Jamaica e México.

A Jamaica se sagrou campeã do Caribe.

Zona do Caribe
1ª Fase:
27/07/08
Antilhas Holandesas 0-0 Aruba
29/07/08
Grenada 3-1 Aruba
31/07/08
Antilhas Holandesas 2-0 Grenada
08/08/08
Guiana 3-0 Dominica
09/08/08
Suriname 3-1 Dominica
10/08/08
Guiana 1-1 Suriname
27/08/08
Bermudas 0-4 Antigua & Barbuda
Ilhas Caimã 3-0 São Martin
30/08/08
São Martin 0-7 Bermudas
Ilhas Caimã 1-1 Antigua & Barbuda
31/08/08
Antigua & Barbuda 3-2 São Martin
Ilhas Caimã 0-0 Bermudas
15/09/08
Martinica 3-0 São Vicente & Granandinas
17/09/08
São Vicente & Granandinas 3-1 Anguilla
19/09/08
Martinica 3-0 Anguilla
24/09/08
São Cristóvão & Nevis 4-0 Ilhas Virgens Britânicas
26/09/08
Ilhas Virgens Britânicas 1-2 Barbados
28/09/08
São Cristóvão & Nevis 1-3 Barbados

Classificação:
Grupo A: 
1º Antilhas Holandesas - 4 - 2ª Fase. 
2º Grenada - 3 - 2ª Fase.
3º Aruba - 1

Grupo B: 
1º Guiana - 4 - 2ª Fase. 
2º Suriname - 4 - 2ª Fase.
3º Dominica - 0

Grupo C:
1º Antigua & Barbuda - 7 - 2ª Fase. 
2º Ilhas Caimã - 5 - 2ª Fase.
3º Bermudas - 4
4º São Martin - 0

Grupo D: 
1º Barbados - 6 - 2ª Fase. 
2º São Cristóvão & Nevis - 3 - 2ª Fase.
3º Ilhas Virgens Britânicas - 0

Grupo E:
1º Martinica - 6 - 2ª Fase.
2º Sâo Vicente & Granandinas - 3
3º Anguilla - 0

2ª Fase:
11/10/08
Martinica 2-2 Grenada
Gudalupe 7-1 Ilhas Caimã
13/10/08
Ilhas Caimã 0-1 Martinica
Guadalupe 2-1 Grenada
15/10/08
Grenada 4-2 Ilhas Caimã
Guadalupe 3-1 Martinica
23/10/08
Barbados 3-2 Suriname
Cuba 7-1 Antilhas Holandesas
25/10/08
Suriname 2-1 Antilhas Holandesas
Cuba 1-1 Barbados
27/10/08
Antilhas Holandesas 1-2 Barbados
Cuba 6-0 Suriname
05/11/08
Guiana 1-1 São Cristóvão & Nevis
Trinidad & Tobago 3-2 Antigua & Barbuda
07/11/08
Antigua & Barbuda 2-1 Guiana
Trinidad & Tobago 3-1 São Cristóvão & Nevis
09/11/08
São Cristóvão & Nevis 3-4 Antigua & Barbuda
Trinidad & Tobago 1-1 Guiana

Classificação:
Grupo F:
1º Guadalupe - 9 - 3ª Fase.
2º Grenada - 4 - 3ª Fase.
3º Martinica - 4
4º Ilhas Caimã - 0

Grupo G:
1º Cuba - 7 - 3ª Fase.
2º Barbados - 7 - 3ª Fase.
3º Suriname - 3
4º Antilhas Holandesas - 0

Grupo H:
1º Trinidad & Tobago - 7 - 3ª Fase.
2º Antigua & Barbuda - 6 - 3ª Fase.
3º Guiana - 2
4º São Vicente & Granandinas - 1

3ª Fase:
1ª Rodada:
03/12/08
Trinidad & Tobago 1-2 Grenada
Jamaica 2-1 Barbados
04/12/08
Guadalupe 1-2 Cuba
Haiti 1-1 Antigua & Barbuda

2ª Rodada:
05/12/08
Barbados 1-2 Trinidad & Tobago
Jamaica 4-0 Grenada
06/12/08
Cuba 3-0 Antigua & Barbuda
Haiti 2-3 Guadalupe

3ª Rodada:
07/12/08
Grenada 4-2 Barbados
Jamaica 1-1 Trinidad & Tobago
08/12/08
Cuba 0-1 Haiti
Antigua & Barbuda 2-2 Guadalupe

Classificação:
Grupo A:
1º Jamaica - 7 - Copa da CONCACAF.
2º Grenada - 6 - Copa da CONCACAF.
3º Trinidad & Tobago - 4
4º Barbados - 0

Grupo B:
1º Cuba - 6 - Copa da CONCACAF.
2º Guadalupe - 4 - Copa da CONCACAF.
3º Haiti - 4
4º Antigua & Barbuda - 2

4ª Fase:
11/12/08
Cuba 2-2 * Grenada (0-0) (5-6)
Jamaica * 2-0 Guadalupe

Final 3º e 4º:
14/12/08
Cuba 0-0 * Guadalupe (0-0) (4-5)

Final:
14/12/08
Jamaica ** 2-0 Grenada

Zona da América Central
1ª Fase:
1ª Rodada:
22/01/09
El Salvador 1-1 Nicarágua
Honduras 2-1 Belize
23/01/09
Costa Rica 3-0 Panamá

2ª Rodada:
24/01/09
Belize 1-4 El Salvador
Honduras 4-1 Nicarágua
25/01/09
Guatemala 1-3 Costa Rica

3ª Rodada:
26/01/09
Nicarágua 1-1 Belize
Honduras 2-0 El Salvador
27/01/09
Panamá 1-0 Guatemala

Classificação:
Grupo A:
1º Honduras - 9 - 2ª Fase.
2º El Salvador - 4 - 2ª Fase.
3º Nicarágua - 2 - Final 5º e 6º.
4º Belize - 1

Grupo B:
1º Costa Rica - 6 - 2ª Fase.
2º Panamá - 3 - 2ª Fase.
3º Guatemala - 0 - Final 5º e 6º.

Final 5º e 6º:
29/01/09
Nicarágua * 2-0 Guatemala

Os Classificados: 
América Central: Costa Rica, El Salvador, Honduras, Nicarágua e Panamá.
América do Norte: Canadá, Estados Unidos e México.
Caribe: Cuba, Grenada, Guadalupe e Jamaica.

AA Pé de Vento e PM Duque de Caxias Campeões Estaduais de Cross Country de 2009

No último dia 24 foi realizado o Campeonato Estadual de Cross Country de Atletismo. A competição foi realizada em diversas categorias no Bosque de Barra. Noventa e oito atletas de nove clubes disputaram a competição.

Na categoria adulto, Pé de Vento e Mangueira conquistaram o título. No total de medalhas da competição, somando todas as categorias, a melhor equipe foi a da Mangueira.

As equipes do Rio agora se preparam para o Campeonato Brasileiro de Cross Country, que ocorrerá dia 8 de fevereiro em Timbó (SC).

A foto é de Guilherme Santos (Vasco da Gama).

Os Campeões:
3Km Menores Feminino:
Ingrid Norberto (Mangueira).
4Km Menores Masculino: Guilherme Santos (Vasco da Gama).
6Km Juvenil Feminino: Jéssica Soares (Pé de Vento).
8Km Juvenil Masculino: Jones Domingos (Mangueira).
8Km Adulto Feminino: Rosana Albuquerque (PM Duque de Caxias).
12Km Adulto Masculino: Gilmar Lopes (Pé de Vento).

Total de Medalhas:
1) Mangueira - 2 - 3 - 3
1) Pé de Vento - 2 - 0 - 0
3) Vasco da Gama - 1 - 1 - 1
4) PM Duque de Caxias - 1 - 0 - 0
5) Fluminense - 0 - 1 - 1
6) CORBAMA - 0 - 1 - 0
7) SM Rio - 0 - 0 - 1

Os Campeões:
2008 - Vasco da Gama
2009 - Pé de Vento / PM Duque de Caxias

Mais um Pouco sobre o Halterofilismo no Rio de Janeiro

É o nosso segundo post sobre a história deste esporte no Rio de Janeiro.

1936: Funda-se a Federação de Ginástica, Pesos e Halteres do Rio de Janeiro, à qual teve vida efêmera. Na mesma cidade, o Fluminense Football Club e o Club de Regatas do Flamengo sob orientação da Federação, participam do primeiro campeonato carioca, com levantamentos olímpicos, disputado entre os atletas Mario Diniz (Flamengo), Abelardo S. Cardoso (Flamengo), Odail Martins (Flamengo), Romildo Dantas de Arruda (Flamengo) e Cláudio Canton (Fluminense).

1937: Organiza-se outro campeonato no Rio de Janeiro, sem registros. Ismário Cruz, encarregado da seção de Halterofilismo do Flamengo, organiza a tradicional prova dos 100 quilos, modalidade arremesso a duas mãos, participando: Mario Diniz, Odail Martins, Dante Rossi,
Eliseu Guarabira, Mário de Souza, Fares Habuib, Paulo Azeredo, Charles Herba, Cândido Cavalcante, Sérgio Monteiro, Abelardo Fernandes e Waldemar de Lima e Silva.

1939: Na Associação Cristã de Moços do Rio de Janeiro, então sediada à Rua Araújo Porto Alegre, organiza-se um ginásio de Halterofilismo. Funda-se ainda no Rio de Janeiro, a Seção de Pesos e Halteres do Botafogo Futebol Clube, sob a direção de Paulo Azeredo. Realiza-se
também um campeonato interclubes, com a participação do Flamengo, Central (de Niterói), Irapurás e Botafogo, sob supervisão da Federação.

Décadas 1940 – 1950: O Grupo Força e Saúde lidera uma transformação no Halterofilismo em escala nacional. Mantendo o esporte uno, organizam inicialmente durante cerca de sete anos os
Campeonatos de Exercícios Básicos – comuns à prática de Levantadores e Culturistas – iniciando-se então os primeiros Campeonatos de Levantamentos Olímpicos e Excelência Física.

Décadas 1940 – 1970: No Rio de Janeiro, os clubes de remo, tradicionais da cidade, adotam o Levantamento de Peso como atividade complementar. Este foi o caso dos clubes de regatas,
concentrados à beira-mar, nas então Praias de Santa Luzia e do Flamengo, entre eles o Boqueirão do Passeio, Internacional de Regatas, Vasco da Gama e Flamengo, todos mantendo seus Ginásios de Pesos e Halteres até as décadas de 1960 e 70.

Os Campeões (conhecidos):1920 - CR Flamengo
1921 - CR Flamengo
1922 - CR Flamengo
1934 - CR Flamengo
1935 - CR Flamengo
1936 - CR Flamengo
1937 - CR Flamengo
1953 - Botafogo FR
1954 - Botafogo FR
1955 - Botafogo FR
1956 - Botafogo FR
1957 - Botafogo FR
1958 - Botafogo FR
1959 - Botafogo FR
1960 - Botafogo FR
1961 - Botafogo FR
1962 - Botafogo FR
1963 - Botafogo FR

Mais sobre o Botafogo aqui.

Morreu Hélio Gracie

Nascido em Belém, no Pará, Hélio é considerado - ao lado irmão Carlos - o criador do jiu-jítsu moderno. Sua importância para o esporte é tão grande que, no exterior, a modalidade ganhou os nomes de Gracie jiu-jítsu e Brazilian jiu-jítsu.

Hélio era o mestre com maior graduação em jiu-jítsu no mundo, e também dominava o judô, arte marcial em que chegou ao sexto Dan da faixa preta.

Com base em seus ensinamentos, os Gracie tornaram-se referência mundial na prática do esporte. Atualmente, há academias da família na América do Sul, nos Estados Unidos e na Europa.

Pai de sete filhos e duas filhas, Hélio era um incentivador da prática esportiva, mas mostrava-se decepcionado com os rumos das artes marciais em suas últimas entrevistas.

Entre os filhos que seguiram o caminho do jiu-jítsu, os de maior destaque foram Royce, campeão de três edições do Ultimate Fighting Championship, e Rickson, bicampeão do Vale Tudo do Japão.

História do Campeonato Estadual Infanto-Juvenil Masculino de Basquetebol

Confira a relação dos campeões estaduais infanto-juvenis masculinos de basquetebol.

Os Campeões:
1966 - CR Vasco da Gama
1967 - Fluminense FC
1968 - Fluminense FC
1969 - Riachuelo TC
1970 - SC Mackenzie
1971 - SC Mackenzie
1972 - SC Mackenzie
1973 - Fluminense FC
1974 - Tijuca TC
1975 - CR Flamengo
1976 - Tijuca TC
1977 - SC Mackenzie
1978 - SC Mackenzie
1979 - SC Mackenzie
1980 - CR Flamengo
1981 - CR Flamengo
1982 - CR Flamengo
1983 - CR Flamengo
1984 - Jequiá IC
1985 - CR Vasco da Gama
1986 - CR Flamengo
1987 - CR Flamengo
1988 - CR Flamengo
1989 - Nova Friburgo CC
1990 - Fluminense FC
1991 - Botafogo FR
1992 - Botafogo FR
1993 - CR Flamengo
1994 - CR Flamengo
1995 - Grajaú CC
1996 - Tijuca TC
1997 - Fluminense FC / Tijuca TC / CR Vasco da Gama
1998 - Tijuca TC
1999 - CR Vasco da Gama
2000 - CR Vasco da Gama
2001 - CR Vasco da Gama
2002 - CR Vasco da Gama
2003 - CR Vasco da Gama
2004 - CR Flamengo
2005 - CR Vasco da Gama
2006 - Fluminense FC
2007 - Club Central
2008 - Club Central

2ª Divisão:
2003 - Fluminense FC

Leitura Complementar

História do Campeonato Estadual Infanto-Juvenil Feminino de Basquetebol

Confira os campeões do Campeonato Estadual Infanto-Juvenil Feminino de Basquetebol ao longo do tempo.

Os Campeões:
1994 - Grajaú CC
1995 - Grajaú CC
1996 - CR Flamengo
1997 - CR Flamengo
1998 - Barra da Tijuca BC
1999 - Grajaú CC
2000 - CR Vasco da Gama
2001 - CR Vasco da Gama
2002 - CR Vasco da Gama
2003 - CR Vasco da Gama
2004 - ?
2005 - GRESEP Mangueira
2006 - GRESEP Mangueira
2007 - Botafogo FR
2008 - Mangueira

2ª Divisão:
2001 - S Germânia
2002 - Nitcheroy

Leitura Complementar

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Mário Dunlop

Mário Stiebler Dunlop foi um dos mais notáveis voleibolistas do Botafogo de Futebol e Regatas, tendo estado presente em todas as onze conquistas consecutivas do Campeonato Estadual entre 1965 e 1975 e sido campeão brasileiro e sul-americano em diversas ocasiões.

Mário Dunlop foi jogador da seleção brasileira de voleibol e participou dos Jogos Olímpicos de 1968, no México.

Durante toda sua carreira, o atleta defendeu o Botafogo.

Os Títulos:
1964: Estadual Juvenil e Estadual de Aspirantes.
1965: Estadual, IV Centenário da Guanabara e Taça Pedro Giaconni.
1966: Estadual, Brasileiro e Jogos Luso-Brasileiros.
1967: Estadual e Centro-Sul.
1968: Estadual e Brasileiro.
1969: Estadual e Centro-Sul.
1970: Estadual.
1971: Estadual, Octogonal Brasileiro, Brasileiro, Sul-Americano e Brasileiro Universitário.
1972: Estadual, Brasileiro e Torneio Quadrangular do Estado do Rio de Janeiro.
1973: Estadual e Brasileiro Universitário.
1974: Estadual.
1975: Estadual e Brasileiro.
1976: Brasileiro.
1977: Sul-Americano.
1978: Municipal.

Fonte: http://mundobotafogo.blogspot.com/

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Remo do Flamengo em 1936

A foto mostra a confraternização entre atletas do Flamengo e atletas de outros países durante os Jogos Olímpicos de 1936, em Berlim (Alemanha).

Os flamenguistas da foto: Álvaro Portinho de Sá Freire, Erasmo Souza, José Pichler Campos, Roldão Macedo, Nelson P. Ribeiro, Paschoal Caetano Rapuano, Antonio Rebello Júnior e Fernando Nabuco de Abreu.

Superleague Anuncia Calendário Oficial para 2009

Há algumas mudanças em relação ao que publicamos no último post. Confira o calendário de 2009 divulgado ontem pela Superleague Formula.

A organização também informou que outros circuitos podem entrar no campeonato. Os GPs do Brasil, da Malásia e da África do Sul estariam sendo negociados.

O Calendário:28 de Junho: GP da França (Magny-Cours)
19 de Julho: GP da Bélgica (Zolder)
02 de Agosto: GP do Reino Unido (Donington Park)
06 de Setembro: GP de Portugal (Estoril)
04 de Outubro: GP da Itália (Monza)
15 de Novembro: GP da Espanha (Jarama)

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

SC Corinthians P (SP) Campeão da Copa SP de Juniores de 2009

Em 2009, o Corinthians (SP) conquistou pela sétima vez a Copa SP de Juniores no mesmo ano que o Rio completou 18 anos sem o título da competição.

Os Participantes:
AC: Juventus.
AL: CRB.
AM: Nacional.
AP: Trem.
BA: Bahia, Fluminense e Vitória.
CE: Ceará.
DF: Brasiliense.
ES: Jaguaré e Rio Bananal.
GO: Goiás e Vila Nova.
MA: Maranhão.
MG: América, Atlético, Cruzeiro e Democrata-GV.
MS: 2 ?
MT: Cuiabá e União.
PA: Castanhal.
PB: Paraibano.
PE: Porto e Ypiranga.
PI: Flamengo.
PR: Atlético, Coritiba, Londrina e Paraná.
RJ: Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama.
RN: ABC.
RO: Atlético.
RR: Baré.
RS: Grêmio, Internacional, Juventude e São José.
SC: Avaí e Figueirense.
SE: Sergipe.
SP: América, Botafogo, Campinas, Corinthians, Desportivo Brasil, Juventus, Ferroviária, Flamengo, Força, Grêmio Barueri, Guarani, Hortolândia, Jacareí, Lemense, Marília, Mirassol, Mogi-Mirim, Nacional, Noroeste, Palmeiras, Pão de Açúcar, Paulínia, Paulista, Ponte Preta, Portuguesa, Primavera, Rio Branco, Rio Claro, Rio Preto, Santos, Santo André, São Bernardo, São Caetano, São Carlos, São José, São Paulo, Sertãozinho, Sorocaba, Taboão da Serra, Taubaté, União Barbarense e União São João.
TO: Araguaína e Esperança.

1ª Fase:
1ª Rodada:
03/01/09
Fluminense 1-0 Sertãozinho (SP)
Vasco da Gama 4-1 Mogi-Mirim (SP)
04/01/09
Flamengo 1-1 União Barbarense (SP)

2ª Rodada:
06/01/08
Vasco da Gama 3-2 Atlético Rondoniense (RO)
07/01/08
Flamengo 2-1 ABC (RN)
Fluminense 2-0 Jaguaré (ES)

3ª Rodada:
10/01/08
Flamengo 4-1 Hortolândia (SP)
(RN) ABC 3-2 União Barbarense (SP)
Fluminense 6-1 Flamengo (SP)
(SP) Sertãozinho 3-0 Jaguaré (ES)
Vasco da Gama 2-3 Lemense (SP)
(SP) Mogi-Mirim 1-2 Atlético (RO)

Classificação:
Grupo E:
1º Flamengo (RJ) - 7 - 2ª Fase.
2º ABC (RN) - 6
3º Hortolândia (SP) - 3
4º União Barbarense (SP) - 1

Grupo Q:
1º Vasco da Gama (RJ) - 6 (saldo de +3) - 2ª Fase.
2º Lemense (SP) - 6 (saldo de +1)
3º Atlético Rondoniense (RO) - 3 (saldo de -1)
4º Mogi-Mirim (SP) - 3 (saldo de -3)

Grupo U:
1º Fluminense (RJ) - 9 - 2ª Fase.
2º Sertãozinho (SP) - 6
3º Flamengo (SP) - 3
4º Jaguaré (ES) - 0

2ª Fase:
13/01/09
Vasco da Gama 0-1 * Avaí (SC)
Fluminense * 1-0 Rio Claro (SP)
14/01/09
Flamengo 4-5 * Fortaleza (CE)

3ª Fase:
?

4ª Fase:
20/01/09
Fluminense 0-3 * Corinthians (SP)

A Campanha:
1ª Fase:
1-1 Paraibano (PB) - c
3-0 Democrata-SL (MG) - c
1-0 São Carlos (SP) - f
2ª Fase:
2-1 Sertãozinho (SP) - n
3ª Fase:
3-1 Ponte Preta (SP) - n
4ª Fase:
3-0 Fluminense (RJ) - c
5ª Fase:
1-1 Avaí (SC) - c (-) (3-2)
Final:
2-1 Atlético (PR) - c

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

José Telles da Conceição

O grande atleta de Atletismo brilhou por Vasco da Gama, clube que o revelou, e Flamengo (foto). Ele bateu algumas vezes o récorde sul-americano de salto em altura, 100m, 200m e 110m com barreiras. Competia também no salto em distância, salto triplo e decatlo.

Pelo Flamengo, conquistou a medalha de bronze na Olimpíada de 1952 no Salto em Altura.

Uma curiosidade de sua carreira foi que ele ingressou no Atletismo convidado pelo técnico do Vasco da Gama da época, que queria vê-lo no Lançamento do Martelo, modalidade pela qual José Telles nunca se destacou.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

CR Flamengo Campeão Estadual de 1991

Em 1991, a FERJ criou um monstro. Na 1a Divisão tivemos dois grupos. O Grupo A era a verdadeira 1a Divisão e o Grupo B era a 2a Divisão. Havia rebaixamento entre os turnos e um time que começasse o 1o Turno no Grupo B poderia chegar ao título estadual.

Portuguesa e Volta Redonda foram rebaixados ao final da Taça Guanabara e substituídos por São Cristóvão e Goytacaz no Grupo A. São Cristóvão e Goytacaz foram rebaixados ao final da Taça Rio e substituídos por Volta Redonda e Madureira no Grupo A na Taça Guanabara de 1991.

Os rebaixados para a 2a Divisão (3a Divisão de fato) foram Miguel Couto e Nova Iguaçu. O Miguel Couto chegou a abandonar a Taça Rio.

O Fluminense, campeão da Taça Guanabara, decidiu o Estadual contra o Flamengo, campeão da Taça Rio e time de melhor campanha na soma dos turnos.

O time-base campeão: Gilmar, Charles Guerreiro, Júnior Baiano, Wilson Gottardo e Piá;
Uidemar, Júnior, Nélio (Marcelinho) e Zinho; Paulo Nunes e Gaúcho. Técnico: Carlinhos.

Gaúcho (Flamengo) foi o artilheiro com 17 gols.

A Campanha:
1a Fase:
Grupo A:
1o Turno:
5-3 América - c
1-1 Itaperuna - f
2-2 América-TR - f
1-0 Bangu - c
1-2 Fluminense - f
2-0 Americano - c
2-1 Portuguesa - c
1-0 Volta Redonda - c
2-1 Vasco da Gama - f
1-1 Campo Grande - f
2-1 Botafogo - c
2o Turno:
Temporada Regular:
2-1 Bangu - c
1-1 Americano - f
2-1 Goytacaz - f
1-0 América - f
3-0 Itaperuna - c
2-0 América-TR - c
0-0 Fluminense - c
2-0 São Cristóvão - c
2-0 Vasco da Gama - c
1-0 Campo Grande - c
2-2 Botafogo - f
Final:1-0 Botafogo - n
Final:1-1 Fluminense - f
4-2 Fluminense - c

Classificação:1) Flamengo
2) Fluminense
3) Botafogo
4) Vasco da Gama
5) Campo Grande
6) América
7) Americano
8) América-TR
9) Bangu
10) Itaperuna
11) Portuguesa
12) Volta Redonda
13) São Cristóvão
14) Goytacaz
15) Mesquita
16) Madureira
17) Friburguense
18) Bonsucesso
19) União Nacional
20) Paduano
21) Olaria
22) Cabofriense
23) Nova Cidade
24) Miguel Couto

Remo na Baía de Guanabara

Cenário para treinamento e provas de iatismo, a Baía de Guanabara vai voltar às origens com a I Copa Fluminense de Remo, competição que faz parte do projeto de revitalização do esporte no Estado, da Federação de Remo do Rio de Janeiro (FRERJ). Palco de disputas antológicas — da época em que o remo era o principal esporte do país, na virada do século XIX para o século XX —, a Baía de Guanabara não recebe regatas oficiais há mais de 25 anos.

O projeto pretende resgatar clubes tradicionais da modalidade — como o Clube de Natação e Regatas Santa Luzia, o Clube de Regatas Boqueirão do Passeio e o Clube Internacional de Regatas —, dar mais visibilidade ao esporte (que hoje só tem o Campeonato Estadual, na Lagoa Rodrigo de Freitas) e aumentar o número de praticantes.

Projeto da FRERJ custa R$ 2,2 milhões

Segundo Alessandro Zelesco, presidente da FRERJ, a entidade aguarda a aprovação do projeto de R$ 2,2 milhões na Lei de Incentivos Fiscais ao Esporte, do Ministério do Esporte, para negociar com patrocinadores. Dezesseis clubes apóiam a iniciativa. Além dos três citados, estão Flamengo, Vasco, Botafogo, Associação de Remo de Campos, Clube de Natação e Regatas Campista, Clube de Regatas Guanabara, Clube de Regatas Loureiro, Clube de Regatas Piraquê, Clube Naval, Escola Naval, Grupo de Regatas Gragoatá, Instituto Rumo Náutico e São Cristóvão de Futebol e Regatas.

— O projeto também prevê suporte técnico aos clubes que estão retornando. Além de levar o remo de volta à Baía de Guanabara, vai fomentar a fabricação das yolettes em estaleiros nacionais e incrementar o turismo esportivo. Muita gente no mundo viaja para remar — explica Zelesco.

As yolettes são embarcações próprias para regatas no mar, maiores e mais estáveis do que os barcos olímpicos e, por isso, também mais fáceis para a iniciação. Hoje, apenas o Botafogo tem esse tipo de embarcação, mas o objetivo da Federação é comprar dois barcos para cada clube.

— Na Europa, na Austrália e na Nova Zelândia, as regatas no mar são muito difundidas. Tanto que a Federação Internacional de Remo já tem um departamento para cuidar só desse tipo de competição — diz Rafael Barbarena, presidente do Guanabara.

Empolgados, dirigente e técnicos, como Denis Marinho, do Flamengo, acreditam que o esporte só precisa de um empurrãozinho para voltar a crescer:

— Se as provas de mar fizerem um sucesso médio, vai fazer fila de gente querendo remar.

— Os atletas estão empolgados. Eles querem é remar. E remar no mar, em uma embarcação nova, é muito estimulante — completa Marcelo Murad, vice-presidente da modalidade no Botafogo.

Fonte: O Globo

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

CR Flamengo Campeão da Taça Rio de 1991

A competição valeu pelo 2o Turno do Grupo A do Campeonato Estadual.

A Campanha:
Temporada Regular:
2-1 Bangu - c
1-1 Americano - f
2-1 Goytacaz - f
1-0 América - c
3-0 Itaperuna - c
2-0 América-TR - c
0-0 Fluminense - c
2-0 São Cristóvão - c
2-0 Vasco da Gama - c
1-0 Campo Grande - c
2-2 Botafogo - c
Final:
1-0 Botafogo - n

Classificação:
1) Flamengo
2) Botafogo
3) Vasco da Gama
4) Fluminense
5) Campo Grande
6) América
7) América-TR
8) Americano
9) Itaperuna
10) Bangu
11) São Cristóvão
12) Goytacaz

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

SC Internacional (RS) Campeão da Copa Votorantim de 2009

O Inter derrotou o Fluminense por 2 a 1, conquistou sua primeira Copa Votorantim em 2009 e deixou o Rio mais um ano sem este título.

1ª Fase:
1ª Rodada:
09/01/09
(RS) Grêmio 3-2 Corinthians (SP)
10/01/09
(SP) Seleção de Votorantim 2-2 Cruzeiro (MG)
(RJ) Vasco da Gama 3-2 Coritiba (PR)
(RJ) Fluminense 5-0 Portuguesa (SP)
(SP) Olé Brasil 1-1 Vitória (BA)
(SP) São Paulo 1-0 Figueirense (SC)
(CE) Fortaleza 2-2 Atlético (MG)
(SP) Palmeiras 1-1 Internacional (RS)

2ª Rodada:
10/01/09
(SP) Corinthians 1-0 Vasco da Gama (RJ)
(SC) Figueirense 2-1 Olé Brasil (SP)
(PR) Coritiba 0-3 Grêmio (RS)
(CE) Fortaleza 2-1 Fluminense (RJ)
(MG) Atlético 2-2 Portuguesa (SP)
(SP) Palmeiras 0-1 Cruzeiro (MG)
(RS) Internacional 1-0 Seleção de Votorantim (SP)
(BA) Vitória 2-2 São Paulo (SP)

3ª Rodada:
12/01/09
(RJ) Fluminense 1-0 Atlético (MG)
(SP) Portuguesa 3-3 Fortaleza (CE)
(PR) Coritiba 1-0 Corinthians (SP)
(RS) Grêmio 1-2 Vasco da Gama (RJ)
(SP) São Paulo 1-0 Olé Brasil (SP)
(SC) Figueirense 2-1 Vitória (BA)
(SP) Seleção de Votorantim 0-2 Palmeiras (SP)
(MG) Cruzeiro 1-1 Internacional (RS)

Classificação:
Grupo A:
1º Grêmio - 6 (saldo de +3) - 2ª Fase.
2º Vasco da Gama - 6 (saldo de +1) - 2ª Fase.
3º Corinthians - 3 (saldo de -1)
4º Coritiba - 3 (saldo de -3)

Grupo B:
1º São Paulo - 7 - 2ª Fase.
2º Figueirense - 6 - 2ª Fase.
3º Vitória - 2
4º Olé Brasil - 1

Grupo C: 
1º Fluminense - 6 - 2ª Fase.
2º Fortaleza - 5 - 2ª Fase.
3º Atlético/MG - 2 (saldo de 0)
4º Portuguesa - 2 (saldo de -5)

Grupo D:
1º Cruzeiro - 5 (saldo de +1 e gols pró de 3) - 2ª Fase.
2º Internacional - 5 (saldo de +1 e gols pró de 2) - 2ª Fase.
3º Palmeiras - 4
4º Seleção de Votorantim - 1

2ª Fase:
14/01/09
(RJ) Vasco da Gama 0-1 * Fluminense (RJ)
(RS) Grêmio 1-2 * Fortaleza (CE)
(MG) Cruzeiro * 3-0 Figueirense (SC)
(SP) São Paulo 0-1 * Internacional (RS)

3ª Fase:
15/01/09
(RJ) Fluminense * 3-2 Cruzeiro (MG)
(RS) Internacional * 1-0 Fortaleza (CE)

Final:
17/01/09
(RS) Internacional ** 2-1 Fluminense (RJ)

A Campanha:
1
ª Fase:
1-1 Palmeiras (SP) - f
1-0 Seleção de Votorantim (SP) - f
1-1 Cruzeiro (MG) - n
2ª Fase:
1-0 São Paulo (SP) - f
3ª Fase:
1-0 Fortaleza (CE) - n
Final:
2-1 Fluminense (RJ) - n

Fluminense FC Campeão da Taça Guanabara de 1991

A competição valeu pelo 1o Turno do Grupo A Campeonato Estadual.

A Campanha:
2-0 América-TR - f
3-1 Campo Grande - c
2-0 Americano - f
2-1 Flamengo - c
2-1 Volta Redonda - c
1-2 Botafogo - f
3-0 Portuguesa - c
0-0 Bangu - c
3-0 Itaperuna - c
1-0 Vasco da Gama - c
0-0 América - c

Classificação:
1) Fluminense
2) Flamengo
3) Botafogo
4) Vasco da Gama
5) Campo Grande
6) Americano
7) Bangu
8) América
9) Itaperuna
10) América-TR
11) Portuguesa
12) Volta Redonda

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

EC Barreira Campeão Estadual da 3a Divisão de 1991

O futebol de Saquarema estava muito forte em 1991. Além do título da 2a Divisão do Saquarema, o Barreira conquistou o Estadual da 3a Divisão.

Os Participantes:
EC Barreira (Saquarema)
Bayer EC (Belford Roxo)
Bela Vista FC (Niterói)
AA Colúmbia (Duque de Caxias)
Everest AC (Rio de Janeiro)
Grêmio Olímpico Mangaratiba
Nilópolis FC
Opção FC (Rio de Janeiro)
Portela AC (Governador Portela)
Porto Real CC (Resende)

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Saquarema FC Campeão Estadual da 2a Divisão de 1991

O Saquarema FC conquistou seu único título oficial em 1991.

Os Participantes:
Barra Mansa
Canto do Rio (Niterói)
Carapebus
Central (Barra do Piraí)
Ceres (Rio de Janeiro)
Coelho da Rocha (São João de Meriti)
Colégio (Rio de Janeiro)
Confiança (Rio de Janeiro)
Coroados (Valença)
Entrerriense (Três Rios)
Flamengo (Volta Redonda)
Frigorífico (Mendes)
Maricá
Miracema
Olympico (Bom Jesus do Itabapoana)
Pavunense (Rio de Janeiro)
Rio das Ostras
Saquarema
Serrano (Petrópolis)
Tamoio (Sâo João de Meriti)
Tupy (Paracambi)
Volantes (Nova Iguaçu)
XV de Novembro (Araruama)

domingo, 18 de janeiro de 2009

Fluminense Avança na Copa SP

Time tricolor venceu o América (MG) e agora encara o Corinthians (SP) pela 4a Fase da competição.

3a Fase:
17/01/09
Fluminense * 1-0 América (MG)

Botafogo FR Bicampeão Estadual de 1989/1990

Em 1990, o Vasco da Gama conquistou a Taça Guanabara e o Fluminense a Taça Rio.

O Botafogo chegou à decisão por ter somado mais pontos na soma dos dois turnos.

A novidade daquele ano foi o surgimento do Itaperuna Esporte Clube (fusão de Porto Alegre FC, Comércio & Indústria e Unidos FC).

O time-base bicampeão era formado por Ricardo Cruz; Paulo Roberto, Wilson Gottardo, Gonçalves e Renato Martins; Carlos Alberto Santos, Luisinho e Djair (Gustavo); Donizete, Valdeir e Carlos Alberto Dias. Técnico: Joel Martins da Fonseca.

O artilheiro foi Gaúcho (Flamengo) com 14 gols.

A Campanha:
1ª Fase:
1º Turno:

0-0 America - f
2-1 Americano - c
2-2 Bangu - c
0-0 Cabofriense - f
2-0 Fluminense - f
1-0 Campo Grande - c
1-1 Vasco da Gama - c
1-0 América-TR - c
1-0 Nova Cidade - f
0-0 Itaperuna - f
2-1 Flamengo - c
2º Turno:
1-1 Vasco da Gama - f
0-0 Americano - f
5-3 Cabofriense - c
0-0 Fluminense - c
0-0 America - c
0-0 Bangu - f
0-1 América-TR - f
4-0 Nova Cidade - c
2-0 Campo Grande - f
1-0 Itaperuna - c
2-0 Flamengo - f
2ª Fase:
Isento.
Final:
1-0 Vasco da Gama - c

Classificação:
1º Botafogo - Bicampeão.
2º Vasco da Gama
3º Fluminense
4º Flamengo
5º America
6º Bangu
7v Americano
8º America-TR
9º Itaperuna
10º Campo Grande
11º Cabofriense
12º Nova Cidade

sábado, 17 de janeiro de 2009

Fluminense FC Campeão da Taça Rio de 1990

A competição valeu pelo 2o Turno do Campeonato Estadual.

A Campanha:
1-0 Campo Grande - c
1-1 América-TR - c
1-0 Vasco da Gama - f
4-2 Itaperuna - c
0-0 Botafogo - f
1-0 Flamengo - c
2-1 Cabofriense - f
1-1 Bangu - c
3-0 Nova Cidade - f
1-1 Americano - f
0-2 América - f

Classificação:
1) Fluminense
2) Botafogo
3) Flamengo
4) América
5) América-TR
6) Bangu
7) Vasco da Gama
8) Americano
9) Cabofriense
10) Campo Grande
11) Nova Cidade
12) Itaperuna

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

CR Vasco da Gama Campeão da Taça Guanabara de 1990

A competição valeu pelo 1o Turno do Campeonato Estadual.

O time da foto: Quiñónez, Luiz Carlos Winck, Mazinho, Zé do Carmo, Marco Aurélio e Acácio. Agachados: William, Tita, Sorato, Bebeto e Bismarck.

A Campanha:
1-0 Fluminense - f
5-0 Nova Cidade - f
3-2 Americano - f
2-1 América-TR - c
1-0 Itaperuna - c
2-0 Cabofriense - f
1-1 Botafogo - f
2-0 América - f
1-1 Flamengo - c
6-0 Campo Grande - c
1-0 Bangu - c

Classificação:
1) Vasco da Gama
2) Botafogo
3) Flamengo
4) Fluminense
5) Itaperuna
6) América
7) Americano
8) Bangu
9) Campo Grande
10) Cabofriense
11) América-TR
12) Nova Cidade

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

História do Ceres FC

O Ceres Futebol Clube foi fundado em 10 de Julho de 1933, por marinheiros do 1º Distrito Naval, que residiam na Rua Ceres, em Bangu, na cidade do Rio de Janeiro, como um clube amador de futebol.

Na década de 1980, o Ceres filiou-se à Federação De Futebol do Estado do Rio de Janeiro(FERJ) para a disputa do Departamento Autônomo (D.A.), uma espécie de campeonato amador, que hoje em dia é conhecido como Campeonato Amador da Capital.

Em 1985, o Ceres FC sagrou-se campeão do D.A. e em 1986 foi Vice-Campeão.

Com isso, o clube conseguiu forças para profissionalizar-se, mas só começou a disputar o Campeonato Estadual do Rio de Janeiro em 1988, quando jogou a Terceira Divisão.

Em 1990, o Ceres sagrou-se campeão desta divisão, ascendendo à Segunda Divisão de Profissionais, onde permanece até os dias de hoje.

Em 1997, o Ceres fez uma brilhante participação na Segunda Divisão, sagrando-se campeão do 1º turno da segunda fase, classificando-se para a grande final, que perdeu para o Friburguense, sendo o Ceres, o Vice- Campeão daquele ano.

Mesmo com algumas dificuldades, o Ceres vem fazendo boas campanhas nos últimos estaduais e vem lutando parar ascender à Primeira Divisão do Rio de Janeiro.Em 2007, porém, devido a dificuldades financeiras, o clube teve que se licenciar da disputa profissional, retornando em 2008.

Curiosidade: Um dos grandes ídolos da história do Palmeiras/SP, Ademir da Guia deu seus primeiros passos para o futebol no infantil do Ceres.

A macaca Chita é o símbolo do clube



Botafogo FR Campeão Estadual de 1989

Em 1989, o Flamengo conquistou a Taça Guanabara e o Botafogo ganhou a Taça Rio e o Estadual.

Volta Redonda e Olaria caíram para a 2ª Divisão.

O time-base campeão era composto por Ricardo Cruz, Josimar, Wilson Gottardo, Mauro Galvão e Marquinhos; Carlos Alberto Santos, Luisinho e Vítor; Maurício, Paulinho Criciúma e Gustavo
(Mazolinha). Técnico: Valdyr Espinosa.

O artilheiro foi Bebeto (Flamengo) com 18 gols.

A foto é do gol do título alvi-negro.

A Campanha:
1ª Fase:
1
º Turno:
1-0 America - f
3-0 Nova Cidade - c
1-1 Flamengo - c
1-1 Volta Redonda - c
0-0 Vasco da Gama - c
3-1 Olaria - f
2-0 Cabofriense - f
4-0 Porto Alegre - f
2-0 Americano - c
0-0 Fluminense - f
2-0 Bangu - f
2º Turno:
2-0 Nova Cidade - f
1-0 America - c
3-3 Flamengo - f
1-1 Vasco da Gama - f
2-1 Volta Redonda - f
2-2 Fluminense - c
2-0 Cabofriense - c
2-1 Porto Alegre - c
1-0 Americano - f
1-0 Olaria - c
0-0 Bangu - c
Final:
0-0 Flamengo - f
1-0 Flamengo - c

Classificação:
1º Botafogo - Campeão.
2º Flamengo
3º Vasco da Gama
4º Fluminense
5º Americano
6º Porto Alegre
7º Bangu
8º Nova Cidade
9º America
10º Cabofriense
11º Volta Redonda
12º Olaria

Basquete do Bangu

O Bangu começou a praticar Basquetebol e Voleibol em 1924.

Mostro na foto Carregal, Nequinho, Deco (em pé); Roberto e Heitor (agachados) formando o primeiro time de basquetebol masculino do Bangu. Este time venceu quatro jogos e perdeu 12 na temporada.

Ceres FC Campeão Estadual da 3a Divisão de 1990

O Ceres conquistou o título contra outras 17 equipes.

Os Participantes:
Bela Vista (Niterói)
Canto do Rio (Niterói)
Carapebus (Quissamã)
Ceres (Rio de Janeiro)
Coelho da Rocha (São João de Meriti)
Colégio (Rio de Janeiro)
Confiança (Rio de Janeiro)
Flamengo (Volta Redonda)
Frigorífico (Mendes)
Heliópolis (Belford Roxo)
Itaguaí
Maricá
Miracema
Pavunense (Rio de Janeiro)
Saquarema
São João da Barra
Tupy (Paracambi)
Volantes (Nova Iguaçu)

Volta Redonda FC Campeão Estadual da 2ª Divisão de 1990

O Volta Redonda conquistou a 2ª Divisão de 1990 contra outros 15 concorrentes.

Os Participantes:
Araruama EC
Bonsucesso (Rio de Janeiro)
Friburguense (Nova Friburgo)
Goytacaz (Campos dos Goytacazes)
Madureira (Rio de Janeiro)
Mesquita (Nova Iguaçu)
Miguel Couto (Nova Iguaçu)
Olaria (Rio de Janeiro)
Paduano (Santo Antônio de Pádua)
Portuguesa (Rio de Janeiro)
Rio das Ostras
São Cristóvão (Rio de Janeiro)
Tamoio (Duque de Caxias)
Tomazinho (São João de Meriti)
União Nacional (Macaé)
Volta Redonda

Leia mais sobre o Volta Redonda aqui.

Botafogo Também Pensa na Ginástica Artística

Um galpão, anexo ao Engenhão, pode ser utilizado pelo Botafogo FR como novo celeiro para novas descobertas de Ginástica Artística da cidade.

Miguel Ângelo da Luz, coordenador de esportes olímpicos do Botafogo, vai se reunir com representantes da Federação de Ginástica do Estado do Rio de Janeiro e da Confederação Brasileira de Ginástica para discutir o projeto.

O dirigente alvi-negro deseja ver o Engenhão repleto de esportes. Atletismo, Ginástica Artística, Tênis de Mesa e uma arte marcial já foram citados como prioritários por ele.

Tigres Inaugura Estádio De Los Larios

Após mais de um ano, o Tigres do Brasil, finalmente, dará um nome ao seu belo estádio, em Xerém. O Estádio De Los Larios será inaugurado oficialmente no próximo domingo. Animadores de torcida distribuirão brindes à torcida, que terá a oportunidade de ver duas partidas.

Será a primeira oportunidade de ver o Tigres de 2009 atuando, já que todos os jogos-treino foram feitos com portões fechados. A Fera da Baixada, que conta com os veteranos Yan e Sorato, enfrentará o Danubio (Uruguai).

Até 2008, o Estádio De Los Larios se chamava apenas CT do Tigres.

Bangu AC Campeão Estadual de Natação Infanto-Juvenil de 1954

Um rara foto dos esportes amadores do Bangu.

Tendo um belo parque aquático, não dá para entender o Bangu não ter um departamento de natação ativo.

O Bangu já teve equipes de Atletismo, Basquetebol, Ciclismo, Hipismo, Natação, Tênis, Voleibol e Xadrez, além de Futebol.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Flamengo Abandona Jade Barbosa

Sem dinheiro, sem tratamento e sem definição sobre seu futuro, Jade Barbosa e Daniele Hypólito voltaram aos treinos hoje no Flamengo visando a temporada 2009.

Jade Barbosa, com uma contusão nas mãos está trocando medicamentos por pequenas permutas, como autógrafos para resistir às dores.

Não há perspectiva do Flamengo, ou da Confederação Brasileira de Ginástica ajudarem.

Para o bem do esporte, seria ótimo que o EC Pinheiros a levasse para São Paulo.

Botafogo FR Campeão da Taça Rio de 1989

O Botafogo conquistou a Taça de 1989 e se garantiu na final do Campeonato Estadual.

A competição valeu pelo 2º Turno do Campeonato Estadual.

A Campanha:
2-0 Nova Cidade - f
1-0 America - c
3-3 Flamengo - f
1-1 Vasco da Gama - f
2-1 Volta Redonda - f
2-2 Fluminense - c
2-0 Cabofriense - c
2-1 Porto Alegre - c
1-0 Americano - f
1-0 Olaria - c
0-0 Bangu - c

Classificação:
1º Botafogo - Campeão.
2º Vasco da Gama
3º Flamengo
4º Fluminense
5º Americano
6º Porto Alegre
7º Bangu
8º Nova Cidade
9º America
10º Cabofriense
11º Volta Redonda
12º Olaria

História do Rio das Ostras FC

O Rio das Ostras Futebol Clube é parte da história do municipio.


A Fundação do Rio das Ostras FC

O Rio das Ostras Futebol Clube (ROFC) surgiu a partir da idéia de 16 jovens que se encontravam para jogar futebol na praia da Vila de Rio das Ostras, até então era o 2º Distrito de Casimiro de Abreu. O ano era 1960, e logo que resolveram montar o ROFC, encontraram um campo de futebol próximo à Rodovia Amaral Peixoto. A estrutura era pequena, assim como a vila. Muitos jogos, porém, aconteceram naquele campo, que deu origem a história do clube. O primeiro presidente eleito foi Gualberto David Pereira.

Em 1966, a ideia já havia amadurecido na cabeça dos jovens e houve a necessidade de criação de uma estrutura melhor para o clube. Para sede social foi locado um imóvel e para a sede esportiva eles escolheram a área onde permanecem até então.


A Era de Ouro do ROFC

Ali foi feito o campo de futebol e posteriormente os vestiários, os alambrados e o muro. Mas uma das melhores fases do clube ainda estava a caminho e aconteceu entre 1968 e 1969. Neste período o clube ganhou personalidade jurídica com registro do estatuto em cartório e filiação junto à Federação Fluminense de Futebol do antigo estado do Rio de Janeiro.

Assim, o clube começou a participar de campeonatos oficiais e amadores da federação. O primeiro certame foi o  Campeonato Amador da Liga de São Pedro da Aldeia. No ano seguinte representaram o município de Casimiro de Abreu no campeonato das seleções do Estado do Rio de Janeiro. Durante os três anos que jogaram nesse campeonato, o alvinegro se sagrou campeão numa disputa entre oito clubes do estado.

Em 1970, o ROFC começou a ser reconhecido. O presidente Francisco do Nascimento ganhou o troféu desportivo da imprensa conferido pela Federação Estadual do Rio de janeiro.

O antigo símbolo do Botafogo serviu de inspiração para o escudo do ROFC.


As Conquistas do Rio das Ostras FC

O Rio das Ostras Futebol Clube foi campeão da terceira divisão do estado do Rio de janeiro, e, há 20 anos, se tornou um time profissional e chegou a disputar a segunda divisão do Campeonato Estadual.

Em 1973 se sagrou vice-campeão do Torneio Costa do Sol, campeão do Torneio 1º de Maio em Barra de São João e campeão de Bronze do Estado do Rio de janeiro.

Em 1974 foi campeão Amador do Torneio Costa do Sol e em 1981, campeão do Torneio da Pátria em Casimiro de Abreu.

Um dos principais jogadores do Rio das Ostras Futebol Clube foi Dário Lourenço, que encerrou sua carreira como jogador no clube, onde também iniciou sua carreira como treinador. O craque trabalhou como técnico do time do Volta Redonda, o Voltaço.


O Hino do Rio das Ostras

O Hino do Rio das Ostras Futebol Clube foi composto pela escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro, que também fez a gravação para o clube.


O Hino do Rio das Ostras Futebol Clube

Rio das Ostras minha paixão
Sempre serás um campeão
Tens alegria, tens muito amor.
Na simpatia do nosso torcedor
A tua glória na história vai ficar
E na alegria vou desfraldar
O alvinegro pavilhão
O clube do meu coração

Rio das Ostras FC Campeão Estadual da 3ª Divisão de 1989

O Rio das Ostras conquistou o Estadual da 3ª Divisão de 1989. Ao longo da campanha, o alvinegro da Região dos Lagos conquistou onze vitórias, sete empates e sofreu apenas três derrotas.

Com estes resultados, o Rio das Ostras subiu para a 2ª Divisão de 1990 junto com o Tamoio, vice-campeão.

Os Participantes:
Campos (Campos dos Goytacazes)
Cantagalo (Cantagalo)
Canto do Rio (Niterói)
AA Duque de Caxias
Ceres (Rio de Janeiro)
Cruzeiro (Niterói)
Entrerriense (Três Rios)
Itaguaí
Miracema
Pavunense (Rio de Janeiro)
Portela (Governador Portela)
Rio das Ostras
São João (Barra de São João)
Saquarema
Tamoio (Duque de Caxias)
Teresópolis FC
Tupy (Paracambi)
Volantes (Nova Iguaçu)

A Campanha:
1ª Fase:
2-1 Campos AA - c
1-1 São João - f
0-0 Canto do Rio - c
3-0 Teresópolis FC - f
1-0 Saquarema - c
1-0 Cantagalo - f
0-0 Miracema - c
1-0 Cruzeiro - f
0-1 Campos AA - f
2-2 São João - c
4-0 Canto do Rio - f
4-0 Teresópolis FC - c
2-3 Saquarema - f
1-0 Cantagalo - c
0-1 Miracema - f
0-0 Cruzeiro - c
2ª Fase:
0-0 Campos AA - f
1-1 Saquarema - c
2-0 Campos AA - c
3-1 Saquarema - f
Final:
2-0 Tamoio - c

Classificação Final
1º Rio das Ostras - Campeão + 2ª Divisão 1990.
2º Tamoio - 2ª Divisão 1990.
3º Ceres
4º Saquarema
5º Campos AA
6º Entrerriense
7º Miracema
8º Cruzeiro
9º Tupy
10º Portela
11º Pavunense
12º São João
13º Cantagalo
14º Itaguaí AC
15º Volantes
16º Canto do Rio
17º Caxias
18º Teresópolis FC

CR Vasco da Gama Bicampeão Estadual de 1987/1988

O Flamengo conquistou a Taça Guanabara; o Vasco faturou a Taça Rio e a Taça Jerônimo Bastos. Com cinco vitórias seguidas sobre o Flamengo, o Vasco faturou o bicampeonato. Friburguense e Goytacaz foram os piores e acabaram rebaixados.

O time-base campeão: Acácio, Paulo Roberto, Donato, Fernando e Mazinho; Zé do Carmo, Geovani e Henrique; Vivinho (Cocada), Romário e Bismarck. Técnico: Sebastião Lazaroni.

O artilheiro foi Bebeto (Flamengo) Com 17 gols.

A Campanha:
1a Fase:
1o Turno:
0-1 Flamengo - c
2-0 Volta Redonda - f
1-2 Americano - f
1-0 Goytacaz - c
3-0 Friburguense - f
2-1 Porto Alegre - c
4-1 América - f
1-0 Fluminense - f
1-1 Bangu - c
4-1 Cabofriense - c
4-3 Botafogo - c
2o Turno:
2-0 Volta Redonda - c
0-1 Cabofriense - f
1-0 Friburguense - c
0-0 Americano - c
2-1 Goytacaz - f
1-0 Porto Alegre - f
2-0 Bangu - f
1-0 Flamengo - f
2-0 América - c
3-0 Botafogo - f
2-1 Fluminense - c
3o Turno:
1-0 Americano - c
1-1 Fluminense - c
3-1 Flamengo - c
Final:
2-1 Flamengo - f
1-0 Flamengo - c
3-1 Flamengo - c

Classificação:
1) Vasco da Gama
2) Flamengo
3) Fluminense
4) Americano
5) Botafogo
6) Bangu
7) Porto Alegre
8) Cabofriense
9) Volta Redonda
10) América
11) Goytacaz
12) Friburguense

América-TR Campeão Estadual da 2a Divisão de 1989

América de Três Rios e Campo Grande subiram para a 1a Divisão de 1990, após disptuarem a "Segundona" de 1989. O time do interior ficou com o título.

Os Participantes:
América (Três Rios)
Bonsucesso (Rio de Janeiro)
Campo Grande (Rio de Janeiro)
Friburguense (Nova Friburgo)
Goytacaz (Campos dos Goytacazes)
Madureira (Rio de Janeiro)
Mesquita (Nova Iguaçu)
Miguel Couto (Nova Iguaçu)
Paduano (Santo Antônio de Pádua)
Portuguesa (Rio de Janeiro)
Rubro (Araruama)
São Cristóvão (Rio de Janeiro)
Tomazinho (São João de Meriti)
União Nacional (Macaé)

CR Flamengo Bicampeão da Taça Guanabara de 1988/1989

A competição valeu pelo 1o Turno do Campeonato Estadual.

A Campanha:
0-0 Porto Alegre - c
4-2 Bangu - c
1-1 Botafogo - f
1-0 América - c
2-0 Volta Redonda - f
0-0 Americano - f
4-0 Cabofriense - c
3-0 Olaria - f
4-0 Fluminense - f
8-1 Nova Cidade - c
3-1 Vasco da Gama - f

Classificação:
1) Flamengo
2) Botafogo
3) Vasco da Gama
4) Fluminense
5) Porto Alegre
6) Americano
7) Volta Redonda
8) Bangu
9) América
10) Cabofriense
11) Nova Cidade
12) Olaria

America Também Investe nos Esportes Olímpicos

Ricardo Baptista, vice-presidente de esportes olímpicos da nova diretoria do America, anunciou que prioridade será manter e desenvolver as modalidades que foram trabalhadas pela administração passada.

O clube hoje tem escolinhas de Basquetebol, Capoeira, Futebol, Futsal Handebol, Jiu-Jitsu, Judô, Karatê, Natação e Tae Kwon Do. O America quer firmar parcerias com escolas e universidades para oferecer descontos aos novos alunos.

Nas competições, o America vai manter suas equipes de Futsal Sub-15 e Sub-17. O clube está tentando viabilizar novos times para as categorias Sub-13, Sub-11 e Sub-9.

O clube pretende investir na Natação. Isto é, na Natação Master. O clube busca reforços para a equipe atual. As categorias de base e adulta permanecem no clube.

O Handebol manterá sua equipe masculina.

O Basquetebol está próximo de firmar uma parceria com uma universidade para que o clube volte a competir nas categorias de base: Juvenil, Infanto-Juvenil e Infantil.

Já o futebol deve ser o foco de maior investimento do clube. A diretoria acredita que apenas com boas categorias de base, o America voltará a ser campeão da 1ª Divisão.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Botafogo Quer Mais Esportes no Engenhão

Miguel Ângelo da Luz, coordenador de esportes olímpicos do Botafogo, recebeu hoje no Engenhão os dirigentes da Federação de Atletismo do Estado do Rio de Janeiro. Em pauta, a volta do Atletismo ao Botafogo e ao Engenhão.

O Botafogo quer implantar logo suas escolinhas e para isso precisa contratar técnicos, receber equipamentos necessários da Confederação Brasileira de Atletismo (já aprovados) e contratar pelo menos dois ídolos para incentivar a criançada.

O dirigente alvinegro declarou que nos arredores do Engenhão pretende reativar outros esportes que necessitam de pouco espaço para serem praticados e que fazem parte da história botafoguense. O Tênis de Mesa está cotadíssimo. Uma luta também deverá ser praticada no Engenhão.

Jogos Olímpicos e Jogos Paralímpicos de 2016

Baku (Azerbaijão), Doha (Qatar) e Praga (República Checa) foram eliminadas. Na briga para sediar os Jogos Olímpicos e os Jogos Paralímpicos de 2016 estão: Chicago (Estados Unidos), Madrid (Espanha), Rio de Janeiro (Brasil) e Tóquio (Japão).

A decisão sai em outubro.

Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Inverno de 2018

A decisão sobre quem vai sediar os Jogos sai em 2011.

Almaty (Cazaquistão), Harbin (China), PyeongChang (Coréia do Sul), Bukovel (Ucrânia), Bursa (Turquia), Genebra (Suiça), Munique (Alemanha), Sófia (Bulgária), Carniola (Eslovênia), Zaragoza (Espanha), Quebec (Canadá) e Santiago (Chile) estão entre as possíveis candidatas à sede. Além delas, Suécia (Are ou Östersund), França (Grenoble ou Nice) e Nova Zelândia (Queenstown ou Dunedin) devem apresentar candidatas.

Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Inverno de 2014

Sochi, na Rússia, foi confirmada como sede dos Jogos Olímpicos de Inverno. O país jamais sediou as Olimpíadas de inverno. Sochi derrotou PyeongChang (Coréia do Sul) e Salzburgo (Áustria) para sediar estes Jogos. Alguns esportes excluídos dos Jogos Olímpicos de Inverno tentaram ser incluídos no programa mas foram vetados: Orientação de Esqui, Triatlo de Inverno e Escalada em Esqui. A única inclusão que poderá acontecer é o Revezamento Misto de Biatlo.

As Modalidades Confirmadas:
Biatlo
Bobsleigh
Combinação Nórdica
Cross-Country de Esqui
Curling
Esqui Alpino
Hóquei no Gêlo
Luge
Patinação Artística
Patinação de Velocidade
Patinação Freestyle
Saltos no Esqui
Snowboarding
Skeleton

Modalidades Paraolímpicas Confirmadas:
Biatlo
Cross-Country de Esqui
Curling em Cadeira de Rodas
Esqui Alpino
Esqui Nórdico
Hóquei no Gêlo Sledge

Morre Friaça

A foto é dele em ação na vitória do Vasco por 2 a 0 sobre o Olaria, na Rua Bariri, em 09 de Novembro de 1947.

O craque defendeu Vasco da Gama, Guarani (SP) e São Paulo (SP) e conquistou os seguintes títulos:

* Torneio Municipal de 1945, 1946 e 1947 pelo Vasco da Gama.
* Campeonato Estadual de 1945, 1947 e 1952 pelo Vasco da Gama; e de 1949 pelo São Paulo.
* Torneio Relâmpago de 1946 pelo Vasco da Gama.
* Torneio Sul-Americano de 1948 pelo Vasco da Gama.

Conhecidos Todos os Participantes da Libertadores 2009

O Guadalajara (foto) venceu a Interliga, competição mexicana disputada nos Estados Unidos, que classifica dois times para a Libertadores. O Pachuca ficou em segundo lugar. Com estes resultados, ficaram definidos os 38 participantes da Taça Libertadores da América de 2009.

Classificados:
Argentina: Boca Juniors, Estudiantes, Lanús, River Plate e San Lorenzo.
Bolívia: Aurora, Real Potosí e Universitário Sucre.
Brasil: Cruzeiro, Grêmio, Palmeiras, São Paulo e Sport.
Chile: Colo Colo, Everton e Universidad de Chile.
Colômbia: América Cáli, Boyacá Chicó e Independiente Medellín.
Equador: Deportivo Cuenca, Deportivo Quito e Nacional.
México: Guadalajara, Pachuca e San Luís.
Paraguai: Guarani, Libertad e Nacional.
Peru: Sporting Cristal, Universidad San Martín e Universitário.
Uruguai: Defensor, Nacional e Peñarol.
Venezuela: Caracas, Deportivo Anzoátegui e Táchira.
Atual Campeão: LDU (Equador).

1a Fase:
(Equador) Nacional - Nacional (Paraguai)
(Chile) Universidad de Chile - Pachuca (México)
(Colômbia) Independiente Medellín - Peñarol (Uruguai)
(Brasil) Palmeiras - Real Potosí (Bolívia)
(Peru) Spórting Cristal - Estudiantes (Argentina)
(Venezuela) Deportivo Anzoátegui - Deportivo Cuenca (Equador)

2a Fase:
Grupo 1: Colo Colo (Chile), LDU (Equador), Sport (Brasil) +1.
Grupo 2: Boca Jrs. (Argentina), Guarani (Paraguai), Táchira +1.
Grupo 3: Nacional (Uruguai), River Plate (Argentina), Universidad San Martín (Peru) +1
Grupo 4: América Cáli (Colômbia), Defensor Sporting (Uruguai), São Paulo +1.
Grupo 5: Cruzeiro (Brasil), Deportivo Quito (Equador), Universitário Sucre (Bolívia) +1
Grupo 6: Caracas (Venezuela), Everton (Chile), Guadalajara (México) e Lanús (Argentina).
Grupo 7: Aurora (Bolívia), Boyacó Chicó (Colômbia), Grêmio (Brasil) +1
Grupo 8: Libertad (Paraguai), San Lorenzo (Argentina), San Luís (México) e Universitário (Peru).

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

CR Vasco da Gama Campeão da Taça Jerônimo Bastos de 1988

A competição valeu pelo 3o Turno do Campeonato Estadual.

A Campanha:
1-0 Americano - c
1-1 Fluminense - c
3-1 Flamengo - c

Classificação:
1) Vasco da Gama
2) Flamengo
3) Americano
4) Fluminense

CR Vasco da Gama Campeão da Taça Rio de 1988

A competição foi equivalente ao 2o Turno do Campeonato Estadual.

A Campanha:
2-0 Volta Redonda - c
0-1 Cabofriense - f
1-0 Friburguense - c
0-0 Americano - c
2-1 Goytacaz - f
1-0 Porto Alegre - f
2-0 Bangu - f
1-0 Flamengo - f
2-0 América - c
3-0 Botafogo - f
2-1 Fluminense - c

Classificação:
1) Vasco da Gama
2) Fluminense
3) Flamengo
4) Botafogo
5) Volta Redonda
6) Americano
7) Cabofriense
8) Porto Alegre
9) Bangu
10) América
11) Goytacaz
12) Friburguense

CR Flamengo Campeão da Taça Guanabara de 1988

A competição foi equivalente ao 1o Turno do Campeonato Estadual.

A Campanha:
1-0 Vasco da Gama - f
2-0 Cabofriense - f
3-1 Volta Redonda - c
2-1 Americano - c
4-0 Friburguense - c
0-0 Botafogo - f
1-1 Bangu - f
1-0 Goytacaz - f
3-0 Porto Alegre - f
2-1 América - c
0-1 Fluminense - c

Classificação:
1) Flamengo
2) Vasco da Gama
3) Fluminense
4) Americano
5) Bangu
6) Botafogo
7) Goytacaz
8) América
9) Porto Alegre
10) Cabofriense
11) Friburguense
12) Volta Redonda

História da Copa Niterói São Gonçalo

Os times de São Gonçalo dominaram a competição.

Os Campeões:
1984 - Pachecos FC (São Gonçalo)
1985 - GR Mauá (São Gonçalo)
1986 - Nalin FC (São Gonçalo)
1987 - Náutico FC (São Gonçalo)

Os Campeões Juniores:
1986 - Ipiranga FC (São Gonçalo)
1987 - Beira Rio FC (São Gonçalo)

domingo, 11 de janeiro de 2009

EC Nova Cidade Campeão Estadual da 2a Divisão de 1988

Título para Nilópolis

Os Participantes:
Bonsucesso (Rio de Janeiro)
Campo Grande (Rio de Janeiro)
Central (Barra do Piraí)
Madureira (Rio de Janeiro)
Mesquita (Nova Iguaçu)
Miguel Couto (Nova Iguaçu)
Nova Cidade (Nilópolis)
Olaria (Rio de Janeiro)
Paduano (Santo Antônio de Pádua)
Portuguesa (Rio de Janeiro)
Rubro (Araruama)
São Cristóvão (Rio de Janeiro)
Serrano (Petrópolis)
Tomazinho (São João de Meriti)

União Nacional FC Campeã Estadual da 3a Divisão de 1988

Título para o município de Macaé.
Os Participantes:
América (Três Rios)
Campos (Campos dos Goytacazes)
Cantagalo
Ceres (Rio de Janeiro)
Coelho da Rocha (São João de Meriti)
Frigorífico (Mendes)
Heliópolis (Belford Roxo)
Itaguaí
Miracema
Olympico (Bom Jesus de Itabapoana)
Rio das Ostras
São João da Barra
Saquarema
Tamoio (Duque de Caxias)
Tupy (Paracambi)
União Nacional (Macaé)
XV de Novembro (Araruama)

Goytacaz FC Campeão Estadual Fluminense de 1978


Os quatro melhores desta competição se classificaram para o Estadual de 1979.

O artilheiro foi Zé Neto (Goytacaz) com 7 gols.

Os Participantes:
Americano (Campos dos Goytacazes)
AD Niterói
Fluminense AC (Nova Friburgo)
Goytacaz (Campos dos Goytacazes)
Serrano (Petrópolis)
Volta Redonda

A Campanha:
1-0 Fluminense Nova Friburgo - f
3-0 AD Niterói - c
0-0 Serrano - f
2-1 Volta Redonda - c
1-1 Americano - c
5-0 Fluminense Nova Friburgo - c
1-0 AD Niterói - f
2-1 Serrano - c
0-0 Volta Redonda - f
0-2 Americano - f

Classificação:
1) Goytacaz
2) Americano
3) Volta Redonda
4) Fluminense Nova Friburgo
5) AD Niterói
6) Serrano

Manufatora AC Campeão Estadual Fluminense de 1977

O Manufatora venceu a Zona da Capital.

Na Fase Final, o Itaboraí venceu o 1o Turno e o Manufatora o 2o. Os outros participantes foram Nailn, Rio Branco, Costeira e Paraíso.

Nas Finais, deu Manufatora contra o Itaboraí: 0 a 0, 0 a 0 e 1 a 0.

Central SC Campeão Estadual Fluminense de 1976

Na zona Sul-Fluminense/Baixada, o Central eliminou Mesquita e Paraíso FC (de Resende). Na 2a Fase, eliminou Manufatora e Campos. Na decisão, derrotou o Paraíso.

O time-base campeão: Luís Carlos; Miranda, Carlos, Paulo César e Ademir; Niquinha e Saint Clair (Eudemir); Serginho (Dira), Flávio, Vermute e Gessy.

A Campanha:
1a Fase:
WO-0 Paraíso - c (2-0)
0-3 Mesquita - f
2a Fase:
0-0 Manufatora - f
2-1 Campos - c
1-0 Manufatora - c
4-0 Campos - f
Final:
1-0 Paraíso - n

Americano FC Campeão Estadual Fluminense de 1975

Apenas equipes campistas disputaram o Estadual de 1975. O Americano foi o campeão enfrentando Cambaíba, Campos, Goytacaz, Paraíso, Rio Branco e Sapucaia.

As finais foram contra o Goytacaz e jogos terminaram assim: 1 a 1, 0 a 0 e 1 a 0.

Leia mais sobre o Americano FC aqui.

EC Sapucaia Campeão Estadual Fluminense de 1974

O Sapucaia se classificou para a Fase Final do Estadual por ter terminado o Campeonato Citadino de Campos entre os dois primieros colocados.

Na 2a Fase, o time enfrentou Americano, Tiradentes, Barbará, Flamengo Volta Redonda e Fluminense Nova Friburgo. Terminou em segundo e decidiu o título contra o Americano.

A decisão teve 4 jogos: 1 a 0, 0 a 1, 0 a 0 e 4 a 2 contra o Americano.

O time-base campeão: Roque, Charuto, Admilson, Folha e Albérico; Amaritinho e Joaquinzinho; Betinho, Valmir (Osvaldo Guariba), Toninho (Joélio) e Alcir.