segunda-feira, 31 de agosto de 2020

C Atlético M Campeão Mineiro de 2020

O Atlético Mineiro se sagrou campeão estadual e impediu o tricampeonato do Cruzeiro.

América, Atlético, Caldense e Tombense se classificaram para a Copa do Brasil de 2021.

Caldense, Patrocinense e Uberlândia jogam a quarta divisão do Brasileirão do ano que vem.

Já Villa Nova e Tupynambás acabaram rebaixados para o Módulo II, a segundona mineira.

A Campanha:
1ª Fase:
1-0 Uberlândia - f
5-0 Tupynambás - c
0-0 Coimbra - f
1-1 Tombense - c
1-0 URT - f
1-2 Caldense - c
1-1 Boa - f
2-1 Cruzeiro - c
3-1 Villa Nova - f
1-1 América - f
4-0 Patrocinense - c
2ª Fase:
2-1 América - c
3-0 América - f
Final:
2-1 Tombense - c
1-0 Tombense - f

Classificação Final:
1º Atlético - Campeão + Copa do Brasil.
2º Tombense - Copa do Brasil.
3º América - Copa do Brasil.
4º Caldense - Copa do Brasil + Série D.
5º Uberlândia - Série D.
6º Cruzeiro
7º Boa
8º Patrocinense - Série D.
9º URT
10º Coimbra
11º Villa Nova - Módulo II.
12º Tupynambás - Módulo II.

Os Campeões:
Campeonato da Cidade de Belo Horizonte:
1915 - C Atlético M
Campeonato Mineiro:
1916 - América FC
Campeonato Mineiro da Série A:
1917 - América FC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1918 - América FC
1919 - América FC
1920 - América FC
1921 - América FC
Campeonato Mineiro da Série A:
1922 - América FC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1923 - América FC
1924 - América FC
Campeonato Mineiro da Série A:
1925 - América FC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1926 - C Atlético M
1927 - C Atlético M
Campeonato Mineiro da Série A:
1928 - Palestra Itália
1929 - Palestra Itália
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1930 - Palestra Itália
1931 - C Atlético M
Campeonato Municipal de Belo Horizonte - Série A:
1932 - C Atlético M / Villa Nova AC
Campeonato Mineiro:
1933 - Villa Nova AC
1934 - Villa Nova AC
1935 - Villa Nova AC
1936 - C Atlético M
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1937 - EC Siderúrgica
Campeonato Mineiro:
1938 - C Atlético M
1939 - C Atlético M
1940 - Palestra Itália
1941 - C Atlético M
Campeonato Municipal de Belo Horizonte:
1942 - C Atlético M
1943 - Cruzeiro EC
1944 - Cruzeiro EC
1945 - Cruzeiro EC
1946 - C Atlético M
1947 - C Atlético M
1948 - América FC
1949 - C Atlético M
1950 - C Atlético M
1951 - Villa Nova AC
1952 - C Atlético M
1953 - C Atlético M
Campeonato Mineiro:
1954 - C Atlético M
Campeonato da Cidade de Belo Horizonte:
1955 - C Atlético M
Campeonato Municipal de Belo Horizonte:
1956 - C Atlético M / Cruzeiro EC
1957 - América FC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1958 - C Atlético M
1959 - Cruzeiro EC
1960 - Cruzeiro EC
1961 - Cruzeiro EC
Campeonato Mineiro da Divisão Extra:
1962 - C Atlético M
1963 - C Atlético M
1964 - EC Siderúrgica
1965 - Cruzeiro EC
1966 - Cruzeiro EC
1967 - Cruzeiro EC
1968 - Cruzeiro EC
1969 - Cruzeiro EC
Campeonato Mineiro:
1970 - C Atlético M
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1971 - América FC
Campeonato Mineiro:
1972 - Cruzeiro EC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1973 - Cruzeiro EC
1974 - Cruzeiro EC
1975 - Cruzeiro EC
1976 - C Atlético M
Campeonato Mineiro:
1977 - Cruzeiro EC
Campeonato Mineiro da Divisão Extra:
1978 - C Atlético M
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1979 - C Atlético M
1980 - C Atlético M
Campeonato Mineiro da Primeira Divisão:
1981 - C Atlético M
1982 - C Atlético M
1983 - C Atlético M
1984 - Cruzeiro EC
1985 - C Atlético M
1986 - C Atlético M
1987 - Cruzeiro EC
1988 - C Atlético M
1989 - C Atlético M
1990 - Cruzeiro EC
1991 - C Atlético M
1992 - Cruzeiro EC
1993 - América FC
1994 - Cruzeiro EC
1995 - C Atlético M
1996 - Cruzeiro EC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1997 - Cruzeiro EC
1998 - Cruzeiro EC
1999 - C Atlético M
2000 - C Atlético M
2001 - América FC
2002 - AA Caldense
2003 - Cruzeiro EC
2004 - Cruzeiro EC
2005 - Ipatinga FC
2006 - Cruzeiro EC
2007 - C Atlético M
2008 - Cruzeiro EC
2009 - Cruzeiro EC
2010 - C Atlético M
2011 - Cruzeiro EC
2012 - C Atlético M
2013 - C Atlético M
2014 - Cruzeiro EC
2015 - C Atlético M
2016 - América FC
2017 - C Atlético M
2018 - Cruzeiro EC
2019 - Cruzeiro EC
2020 - C Atlético M

Ranking:
1º C Atlético M - 45
2º Cruzeiro EC - 38
3º América FC - 16
4º Villa Nova AC - 5
5º EC Siderúrgica - 2
6º AA Caldense - 1
6º Ipatinga FC - 1

Ranking por Município:
1º Belo Horizonte - 99
2º Nova Lima - 5
3º Sabará - 2
4º Ipatinga - 1
4º Poços de Caldas - 1
Obs: Cruzeiro EC é o novo nome do Palestra Itália.

sábado, 29 de agosto de 2020

Sorteados os Grupos das Eliminatórias da CONCACAF

Todas as 35 seleções filiadas à FIFA se inscreveram nas Eliminatórias.

1ª Fase:
Grupo A: Antigua & Barbuda, El Salvador, Grenada, Ilhas Virgens Americanas e Montserrat.
Grupo B: Aruba, Bermudas, Canadá, Ilhas Caimã e Suriname.
Grupo C: Cuba, Curação, Guatemala, Ilhas Virgens Britânicas e São Vicente & Granandinas.
Grupo D: Anguilla, Barbados, Dominica, Panamá e República Dominicana.
Grupo E: Belize, Haiti, Nicará, Turcos & Caicos e Santa Lúcia.
Grupo F: Bahamas, Guiana, Porto Rico, São Cristóvão & Nevis e Trinidad & Tobago.

2ª Fase:
+6

Fase Final:
Costa Rica
Estados Unidos
Honduras
Jamaica
México
+3

Os 10 Maiores Jogos do Flamengo no Maracanã

Sem ter um estádio de grande porte desde que o profissionalismo chegou ao futebol, o Flamengo fez do Maracanã a sua casa. Grandes conquistas, grandes exibições e até humilhantes derrotas (que não estão neste artigo) fazem para da história rubro-negra no estádio.


01 de junho de 1980: Flamengo 3-2 Atlético-MG

Depois de haver perdido o primeiro jogo por 1 a 0, o Flamengo precisava ganhar do Atlético-MG. O Mengão ficou duas vezes à frente do placar, mas o Galo havia empatado. A oito minutos do fim do duelo, diante de 154.355 pagantes, Nunes marcou o gol do título.


12 de julho de 1992: Flamengo 3-0 Botafogo

Com gols de Júnior, Nélio e Gaúcho, o Flamengo arrasou o Botafogo no primeiro embate da final do Campeonato Brasileiro de 1992. A equipe rubro-negro não tinha a melhor campanha mas cresceu durante a competição e transformou a segunda partida (2 a 2) num mero amistoso.


13 de dezembro de 1987: Flamengo 1-0 Internacional

Um gol de Bebeto, logo aos 16 minutos de jogo, selou o destino da Copa União (Troféu João Havelange) de 1987. O primeiro jogo da final da competição havia terminado 1 a 1 em Porto Alegre.


08 de novembro de 1981: Flamengo 6-0 Botafogo 

"O Jogo da Vingança". Assim é chamado o jogo em que o Flamengo devolveu os 6 a 0 sofridos em 1972 pelo Campeonato Brasileiro. Também pelo Brasileirão, em 1981, o Mengão goleou com gols de Zico (dois), Nunes, Lico, Adílio e Andrade. Este último balançou as redes a três minutos do apito final.


03 de dezembro de 1978: Flamengo 1-0 Vasco da Gama

Aos 41 minutos do segundo tempo, Rondinelli marca o gol do título do Campeonato Estadual do Flamengo. A conquista marca o início de seguidos troféus conquistados pelos flamenguistas na famosa "Era Zico".


27 de outubro de 1956: Flamengo 12-2 São Cristóvão

A maior goleada da história do Maracanã aconteceu numa partida do Campeonato Estadual de 1956. O Flamengo torturou e humilhou o São Cristóvão por incríveis 12 a 2. Evaristo (cinco), Índio (quatro), Luís Roberto, Paulinho e Joel marcaram para os da Gávea. Neca e Nonô descontaram para os Cadetes.


27 de maio de 2001 Vasco da Gama 1-3 Flamengo

Como havia perdido a primeira batalha da final do Campeonato Estadual, o Flamengo precisava ganhar do Vasco da Gama por dois gols de diferença. O marcador era de 2 a 1 até os 43' minutos do segundo tempo. A torcida vascaína já comemorava o título quando Edílson sofreu falta na intermediária. Petkovic cobrou com efeito e marcou o golaço do título. "Vice de Novo", gritavam os rubro-negros.


29 de maio de 1983: Flamengo 3-0 Santos

Com a presença de mais de 155 mil pagantes, o Maracanã foi abaixo com a goleada do Flamengo sobre o Santos, que havia ganho a primeira partida pro 2 a 1. Zico, Leandro e Adílio foram os autores dos tentos que deram ao rubro-negro seu terceiro título brasileiro.


23 de outubro de 2019: Flamengo 5-0 Grêmio

O timaço do Flamengo comandado por Jorge Jesus teve uma partida que ficou marcada na temporada: a goleada de 5 a 0 sobre o Grêmio (Brasil) pela semifinal da Taça Libertadores da América. Bruno Henrique, Gabigol (dois), Pablo Marí e Rodrigo Caio balançaram as redes dos gaúchos, que sempre foram uma pedra no sapato da representação da Gávea.


23 de março de 1995: Flamengo 3-2 Botafogo

Essa foi a melhor atuação do Baixinho Romário em sua passagem pelo Flamengo. Ele fez os três gols que deram o título da Taça Guanabara ao Urubu. Ele fez o primeiro aos sete e o segundo aos 22' do primeiro tempo. O Botafogo reagiu e empatou no segundo tempo (Adriano aos 28' e 33' fez os gols). Romário, porém, decidiu a partida numa falha de Márcio Teodoro aos 37'.

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Os 10 Maiores Jogos do Vasco no Maracanã

Os dez maiores jogos do Vasco no Maracanã. Muitas das glórias vascaínas foram conquistas dentro de sua casa própria, o estádio de São Januário. Separamos aqui dez partidas espetaculares disputadas fora da Colina para o torcedor vascaíno relembrar.


23 de abril de 2000: Vasco da Gama 5-1 Flamengo 

O "Chocolate de Páscoa" confirmou o título da Taça Guanabara para o Vasco da Gama. Antes da partida, o Vasco havia distribuído ovos de chocolate aos seus torcedores, que felizes cantaram durante e depois da partida "Uh é chocolate". Romário marcou três e Pedrinho foi expulso ao provocar o rival fazendo embaixadinhas.


21 de dezembro de 1997: Vasco da Gama 0-0 Palmeiras

O Vasco da Gama tinha um timaço em 1997. Ele era comandado por Edmundo. Para coroar as belas exibições durante todo o ano, nada mais justo do que o título brasileiro conquistado diante do Palmeiras (SP) no Maracanã.


03 de dezembro de 1997: Flamengo 1-4 Vasco da Gama

Antes de conquistar o título nacional, o Bacalhau sapecou 4 a 1 sobre o Flamengo pela segunda fase do Campeonato Brasileiro. O Urubu vinha mal, mas conseguiu a classificação no milagre. Quis se engraçar para cima do melhor time do Brasil na época e acabou levando uma chinelada. O ídolo Edmundo marcou três vezes.


15 de Maio de 1994: Vasco da Gama 2-0 Fluminense

O Vasco da Gama confirmou que tinha o melhor time do estado no início dos anos 90 ao comemorar seu primeiro tricampeonato estadual. Os gols do título foram marcados por Jardel.


01 de agosto de 1974: Vasco da Gama  2-1 Cruzeiro 

Cruzeiro (MG) e Vasco da Gama empataram em pontos o quadrangular final do Campeonato Brasileiro de 1974 e isso forçou uma final para desempatar. Os cariocas ganharam de maneira espetacular dos mineiros por 2 a 1.



22 de junho de 1988: Vasco da Gama 1-0 Flamengo

A rivalidade entre Flamengo e Vasco da Gama estava à flor da pele. A partida final foi muito truncada, como não se podia deixar de esperar. Cocada entrou em campo aos 41' minutos do segundo tempo, marcou seu gols aos 44' e foi expulso aos 45', pois provocou o adversário ao comemorar seu gol.


04 de maio de 1980: Vasco da Gama 5-2 Corinthians

Roberto Dinamite estava com saudade dos vascaínos. Depois de sua passagem pelo Barcelona espanhol, o ídolo voltou a São Januário. Sua reestreia foi contra o Corinthians (SP) no Maracanã. O Timão saiu na frente e Dinamite reagiu. O atacante marcou todos os cinco gols do Vasco! Incrível!


28 de janeiro de 1951: America 1-2 Vasco da Gama

America e Vasco da Gama disputaram ponto a ponto o título do Campeonato Carioca de 1950. Na última rodada o Gigante da Colina tinha um ponto de vantagem e poderia empatar a partida derradeira. O Vasco não deu chances, venceu por 2 a 1 e se tornou o primeiro campeão do Maracanã.


18 de janeiro de 2001: Vasco da Gama 3-1 São Caetano

O Vasco não foi brilhante mas foi bastante eficiente no Campeonato Brasileiro de 2000 (Copa João Havelange). Depois de empatar com o surpreendente São Caetano (SP) em São Paulo, o Trem Bala da Colina despachou o Azulão por 3 a 1 no Maracanã, gols de Juninho Pernambucano, Jorginho Paulista e Romário.


17 de janeiro de 1959: Vasco da Gama 1-1 Flamengo

A temporada regular do Campeonato Estadual de 1958 teve um tríplice empate entre Botafogo, Flamengo e Vasco da Gama. O primeiro triangular de desempate também terminou empatado, o que forçou um novo triangular.O Vasco venceu o Botafogo e empatou com o Flamengo, que havia empatado com o Botafogo. Mais de 130 mil pessoas estiveram no Maracanã.

terça-feira, 25 de agosto de 2020

Campeonato Estadual Adulto Masculino de Basquetebol de 2020

A FBERJ divulgou os participantes do Campeonato Estadual Adulto Masculino de basquetebol que terá turno e returno na primeira fase.

As boas notícias são os retornos de três clubes tradicionais: Municipal, Piedade TC e Tijuca TC. O Piedade é administrado pelo CD Atitude.

Já a ausência do Botafogo preocupa. Atual campeão sul-americano, será que o clube desmanchou seu projeto de baquete?

O Flamengo é o franco favorito e deve conquistar a taça de maneira invicta.

Os Participantes:
Flamengo (Rio de Janeiro)
Municipal (Rio de Janeiro)
Niterói BC
Piedade TC (Rio de Janeiro)
Tijuca TC (Rio de Janeiro)

Os Campeões:
Campeonato da Cidade (não-oficial):
1919 - CR Flamengo
1920 - Fluminense FC
1921 - Fluminense FC
1922 - Fluminense FC
1923 - Fluminense FC
Campeonato da Cidade (AMEA):
1924 – Fluminense FC
1925 – Fluminense FC
1926 – Fluminense FC
1927 – Fluminense FC
1928 – SC Brasil
1929 – São Cristóvão AC
1930 – São Cristóvão AC
1931 – Fluminense FC
1932 – CR Flamengo
Liga Carioca de Basquetebol (Não-oficial pela CBD):
1933 – CR Flamengo
Associação Metropolitana de Basketball (Oficial pela CBD):
1933 - Botafogo FC
Liga Carioca de Basquetebol (Não-oficial pela CBD): 
1934 – CR Flamengo
Associação Metropolitana de Basketball (Oficial pela CBD):
1934 - Botafogo FC
Liga Carioca de Basquetebol (Não-oficial pela CBD): 
1935 – CR Flamengo
Associação Metropolitana de Basketball (Oficial pela CBD):
1935 - Botafogo FC
Liga Carioca de Basquetebol (Não-oficial pela CBD): 
1936 – Grajaú TC
Associação Metropolitana de Basketball (Oficial pela CBD):
1936 - Botafogo FC
Liga Carioca de Basquetebol (Não-oficial pela CBD): 
1937 – Riachuelo TC
Associação Metropolitana de Basketball (Oficial pela CBD):
1937 - Botafogo FC
Liga Carioca de Basquetebol (Não-oficial pela CBD):
1938 – Olympico C
1939 – Botafogo FC
1940 – Riachuelo TC
Federação Metropolitana de Basketball (oficial pela CBD):
1941 – Riachuelo TC
1942 – Botafogo FC
1943 – Botafogo FR
1944 – Botafogo FR
1945 – Botafogo FR
1946 – CR Vasco da Gama
1947 – Botafogo FR
1948 – CR Flamengo
1949 – CR Flamengo
1950 – AA Grajaú
1951 – CR Flamengo
1952 – CR Flamengo
1953 – CR Flamengo
1954 – CR Flamengo
1955 – CR Flamengo
1956 – CR Flamengo
1957 – CR Flamengo
1958 – CR Flamengo
1959 – CR Flamengo
1960 – CR Flamengo
1961 – Fluminense FC
1962 – CR Flamengo
1963 – CR Vasco da Gama
1964 – CR Flamengo
1965 – CR Vasco da Gama
1966 – Botafogo FR
1967 – Botafogo FR
1968 – Botafogo FR
1969 – CR Vasco da Gama
1970 – Fluminense FC
1971 – Fluminense FC
1972 – Fluminense FC
1973 – Fluminense FC
1974 – Fluminense FC
1975 – CR Flamengo
1976 – CR Vasco da Gama
Campeonato Estadual do Rio de Janeiro (FBERJ):
1977 – CR Flamengo
1978 – CR Vasco da Gama
1979 – CR Vasco da Gama
1980 – CR Vasco da Gama
1981 – CR Vasco da Gama
1982 – CR Flamengo
1983 – CR Vasco da Gama
1984 – CR Flamengo
1985 – CR Flamengo
1986 – CR Flamengo
1987 – CR Vasco da Gama
1988 – Fluminense FC
1989 – CR Vasco da Gama
1990 – CR Flamengo
1991 – Botafogo FR
1992 – CR Vasco da Gama
1993 – Liga Angrense
1994 – CR Flamengo
1995 – CR Flamengo
1996 – CR Flamengo
1997 – CR Vasco da Gama
1998 – CR Flamengo
1999 – CR Flamengo
2000 – CR Vasco da Gama
2001 – CR Vasco da Gama
2002 – CR Flamengo
2003 – ACF Campos dos Goytacazes
2004 – Telemar Rio de Janeiro
2005 – CR Flamengo
2006 – CR Flamengo
2007 - CR Flamengo
2008 - CR Flamengo
2009 - CR Flamengo
2010 - CR Flamengo
2011 - CR Flamengo
2012 - CR Flamengo
2013 - CR Flamengo
2014 - CR Flamengo
2015 - CR Flamengo
2016 - CR Flamengo
2017 - ----
2018 - CR Flamengo
2019 - CR Flamengo

Ranking:
1º CR Flamengo - 46
2º Fluminense FC - 16
2º CR Vasco da Gama - 16
4º Botafogo FR - 8
5º Botafogo FC - 7
6º Riachuelo TC - 3
7º São Cristóvão AC - 2
8º SC Brasil - 1
8º ACF Campos dos Goytacazes - 1
8º AA Grajaú - 1
8º Grajaú TC - 1
8º Liga Angrense - 1
8º Olympico - 1
8º Telemar Rio de Janeiro - 1

Os Campeões da 2ª Divisão:
1949 - Sampaio AC
1950 - C Aliados
1951 - Carioca AC
1952 - Sampaio AC
1953 - C Aliados
1964 - São Cristóvão FR
1965 - Riachuelo TC

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Real Madrid CF Campeão Espanhol de 2019/20

O Real Madrid se sagrou campeão espanhol de 2019/20 ao superar o Barcelona em cinco pontos ao longo das 38 rodadas do certame.

Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid e Sevilla disputam a Liga dos Campeões, enquanto que Villarreal, Real Sociedad e o campeão da Copa do Rei jogam a Liga Europa.

O Sevilla também participa da Supercopa Europeia, pois conquistou a Liga Europa.

Huesca, Cádiz e Elche sobem para a primeira divisão de 2020/21 em substituição a Espanyol, Leganés e Mallorca.


A Campanha

  • 3-1 Celta - f
  • 1-1 Valladollid - c
  • 2-2 Villarreal - f
  • 3-2 Levante - c
  • 1-0 Sevilla - f
  • 2-0 Osasuna - c
  • 0-0 Atlético de Madrid - f
  • 4-2 Granada - c
  • 0-1 Mallorca - f
  • 5-0 Leganés - c
  • 0-0 Betis - c
  • 4-0 Eibar - f
  • 3-1 Real Sociedad - c
  • 2-1 Alavés - f
  • 2-0 Español - c
  • 1-1 Valencia - f
  • 0-0 Barcelona - f
  • 0-0 Athletico Bilbao - c
  • 3-0 Getafe - f
  • 2-1 Sevilla - c
  • 1-0 Valladollid - f
  • 1-0 Atlético de Madrid - c
  • 4-1 Osasuna - f
  • 2-2 Celta - c
  • 0-1 Levante - f
  • 2-0 Barcelona - c
  • 1-2 Betis - f
  • 3-1 Eibar - c
  • 3-0 Valencia - c
  • 2-1 Real Sociedad - f
  • 2-0 Mallorca - c
  • 1-0 Español - f
  • 1-0 Getafe - c
  • 1-0 Athletic Bilbao - f
  • 2-0 Alavés - c
  • 2-1 Granada - f
  • 2-1 Villarreal - c
  • 2-2 Leganés - f


Classificação

  • 1º Real Madrid - 87 - Campeão + Champions League (fase de grupos).
  • 2º Barcelona - 82 - Champions League (fase de grupos).
  • 3º Atlético de Madrid - 70 - Champions League (fase de grupos).
  • 4º Sevilla - 70 - Champions League (fase de grupos).
  • 5º Villarreal - 60 - Liga Europa (fase de grupos).
  • 6º Real Sociedad - 56 - Liga Europa (fase de grupos).
  • 7 Granada - 56
  • 8 Getafe - 54
  • 9 Valencia - 53
  • 10 Osasuna - 52
  • 11 Athletic Bilbao - 51
  • 12 Levante - 49
  • 13 Valladollid - 42
  • 14 Eibar - 42
  • 15 Betis - 41
  • 16 Alavés - 39
  • 17 Celta - 37
  • 18º Leganés - 36 - Segunda División.
  • 19º Mallorca - 33 - Segunda División.
  • 20º Español 25 - Segunda División.

Campeonato Carioca Adulto Masculino de Futsal de 2020

O Campeonato Carioca Adulto Masculino de Futsal de 2020 e contará com vinte clubes de todo o estado, apesar do nome da competição ser "Carioca".

Dos times de futebol, teremos as presenças de Madureira, Maricá, Olaria, Portuguesa e Vasco da Gama.

Os Participantes:
AFASE (?)
Barra Futsal (Rio de Janeiro)
Braz de Pina (Rio de Janeiro)
Caxiense (Duque de Caxias)
Fonseca (Niterói)
Ilha Club (Rio de Janeiro)
Jequiá IC (Rio de Janeiro)
Madureira (Rio de Janeiro)
Marã TC (Rio de Janeiro)
Maria da Graça (Rio de Janeiro)
Maricá
Mello TC (Rio de Janeiro)
Municipal (Rio de Janeiro)
Piedade TC (Rio de Janeiro)
Portuguesa (Rio de Janeiro)
Odete São Paio (São Gonçalo)
Olaria (Rio de Janeiro)
Pedro do Rio
Teresópolis
Vasco da Gama (Rio de Janeiro)

Os Grupos da 1 Fase:
Grupo A: AFASE, Jequiá IC, Marã TC, Olaria e Pedro do Rio.
Grupo B: Maricá, Municipal, Piedade TC, Portuguesa e Teresópolis.
Grupo C: Braz de Pina, Ilha Club, Maria da Graça, Mello TC e Odete São Paio.
Grupo D: Barra Futsal, Caxiense, Fonseca, Madureira e Vasco da Gama.

Os Campeões:
Campeonato Metropolitano:
1990 - Hellênico AC
1991 - Hellênico AC
1992 - Hellênico AC
1993 - Tio Sam EC
1994 - Fonseca AC
1995 - Grajau TC
1996 - Tio Sam EC
1997 - Iate Clube Jardim Guanabara
1998 - CR Flamengo
1999 - Rio de Janeiro Vasco da Gama
2000 - CR Vasco da Gama
2001 - CR Vasco da Gama
2002 - Olaria AC
2003 - CR Flamengo
2004 - Petropolis EC
2005 - CD Macaé Sports
2006 – Petropolis EC
2007 – CE Cabo Frio
2008 - CE Cabo Frio
2009 - Petrópolis EC
2010 - ----
2011 - Botafogo FR
2012 - Botafogo FR
Campeonato Carioca:
2013 - AD Drogaria do Povo
2014 - AD Drogaria do Povo
2015 - ----
2016 - Botafogo FR
2017 - Canto do Rio FC
2018 - AA Portuguesa
2019 - AA Portuguesa

Ranking:
1º Botafogo FR - 3
1º Hellênico AC - 3
1º Petrópolis EC - 3
4º CE Cabo Frio - 2
4º AD Drogaria do Povo - 2
4º CR Flamengo - 2
4º AA Portuguesa - 2
4º Tio Sam EC - 2
4º CR Vasco da Gama - 2
10º Canto do Rio - 1
10º Fonseca AC - 1
10º Grajaú TC - 1
10º Iate Clube Jardim Guanabara - 1
10º CD Macaé Sports - 1
10º Olaria AC - 1
10º Rio de Janeiro Vasco da Gama - 1

Ranking por Município:
1º Rio de Janeiro - 15
2º Cabo Frio - 4
2º Niterói - 4
4º Petrópolis - 3
5º Macaé - 1

domingo, 23 de agosto de 2020

FC Bayern Munique (Alemanha) Campeão da Champions League de 2019/20

O Bayern de Munique (Alemanha) voltou a reinar na Europa e conquistou a Champions League de 2019/20.

Os alemães garantiram suas presenças no Mundial Interclubes de 2020.

Os Bávaros mereceram o título e ao longo da campanha humilharam Barcelona (Espanha), Tottenham (Inglaterra) e Crvena Zvezda (Sérvia).


A Campanha

1ª Fase

  • Isento.

2ª Fase

  • Isento.

3ª Fase

  • Isento.

4ª Fase

  • Isento.

5ª Fase

  • Isento.

6ª Fase

  • 3-0 Crvena Zvezda (Sérvia) - c
  • 7-2 Tottenham (Inglaterra) - f
  • 3-2 Olympiacos (Grécia) - f
  • 2-0 Olympiacos (Grécia) - c
  • 6-0 Crvena Zvezda (Sércia) - f
  • 3-1 Tottenham (Inglaterra) - c

7ª Fase

  • 3-0 Chelsea (Inglaterra) - f
  • 4-1 Chelsea (Inglaterra) - c

8ª Fase

  • 8-2 Barcelona (Espanha) - n

9ª Fase

  • 3-0 Lyon (França) - n

Final

  • 1-0 Paris Saint-Germain (França) - n


Os Campeões

  • 1955/56 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 1956/57 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 1957/58 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 1958/59 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 1959/60 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 1960/61 - SL Benfica (Portugal)
  • 1961/62 - SL Benfica (Portugal)
  • 1962/63 - AC Milan (Itália)
  • 1963/64 - FC Internazionale M spa (Itália)
  • 1964/65 - FC Internazionale M spa (Itália)
  • 1965/66 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 1966/67 - Celtic FC (Escócia)
  • 1967/68 - Manchester United FC (Inglaterra)
  • 1968/69 - AC Milan (Itália)
  • 1969/70 - Feyenoord R (Países Baixos)
  • 1970/71 - AFC Ajax (Países Baixos)
  • 1971/72 - AFC Ajax (Países Baixos)
  • 1972/73 - AFC Ajax (Países Baixos)
  • 1973/74 - FC Bayern Munique (Alemanha Ocidental)
  • 1974/75 - FC Bayern Munique (Alemanha Ocidental)
  • 1975/76 - FC Bayern Munique (Alemanha Ocidental)
  • 1976/77 - Liverpool FC (Inglaterra)
  • 1977/78 - Liverpool FC (Inglaterra)
  • 1978/79 - Nottingham Forest FC (Inglaterra)
  • 1979/80 - Nottingham Forest FC (Inglaterra)
  • 1980/81 - Liverpool FC (Inglaterra)
  • 1981/82 - Aston Villa FC (Inglaterra)
  • 1982/83 - Hamburgo SV (Alemanha Ocidental)
  • 1983/84 - Liverpool FC (Inglaterra)
  • 1984/85 - Juventus FC (Itália)
  • 1985/86 - FC Steua Bucareste (Romênia)
  • 1986/87 - FC Porto (Portugal)
  • 1987/88 - Philips SV (Países Baixos)
  • 1988/89 - AC Milan (Itália)
  • 1989/90 - AC Milan (Itália)
  • 1990/91 - FK Crvena Zvezda (Iugoslávia)
  • 1991/92 - FC Barcelona (Espanha)
  • 1992/93 - O Marseille (França)
  • 1993/94 - AC Milan (Itália)
  • 1994/95 - AFC Ajax (Países Baixos)
  • 1995/96 - Juventus FC (Itália)
  • 1996/97 - B Borussia 09 e V Dortmund (Alemanha)
  • 1997/98 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 1998/99 - Manchester United FC (Inglaterra)
  • 1999/00 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 2000/01 - FC Bayern Munique (Alemanha)
  • 2001/02 - Real Madrid  CF (Espanha)
  • 2002/03 - AC Milan (Itália)
  • 2003/04 - FC Porto (Portugal)
  • 2004/05 - Liverpool FC (Inglaterra)
  • 2005/06 - FC Barcelona (Espanha)
  • 2006/07 - AC Milan (Itália)
  • 2007/08 - Manchester United FC (Inglaterra)
  • 2008/09 - FC Barcelona (Espanha)
  • 2009/10 - FC Internazionale M spa (Itália)
  • 2010/11 - FC Barcelona (Espanha)
  • 2011/12 - Chelsea FC (Inglaterra)
  • 2012/13 - FC Bayern Munique (Alemanha)
  • 2013/14 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 2014/15 - FC Barcelona (Espanha)
  • 2015/16 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 2016/17 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 2017/18 - Real Madrid CF (Espanha)
  • 2018/19 - Liverpool FC (Inglaterra)
  • 2019/20 - FC Bayern Munique (Alemanha)


Ranking

  • 1º Real Madrid CF - 13
  • 2º AC Milan - 7
  • 3º FC Bayern Munique - 6
  • 3º Liverpool FC - 6
  • 5º FC Barcelona - 5
  • 6º AFC Ajax - 4
  • 7º FC Internazionale M spa - 3
  • 7º Manchester United FC - 3
  • 9º SL Benfica - 2
  • 9º Juventus FC - 2
  • 9º Nottingham Forest FC - 2
  • 9º FC Porto - 2
  • 13º Aston Villa FC - 1
  • 13º B Borussia 09 e V Dortmund - 1
  • 13º Celtic FC - 1
  • 13º Chelsea FC - 1
  • 13º FK Crvena Zvezda - 1
  • 13º Feyenoord R - 1
  • 13º Hamburgo SV - 1
  • 13º O Marseille - 1
  • 13º Philips SV - 1
  • 13º FC Steua Bucareste - 1


Ranking por País

  • 1º Espanha - 18
  • 2º Inglaterra - 13
  • 2º Itália - 12
  • 4º Países Baixos - 6
  • 5º Alemanha - 4
  • 5º Alemanha Ocidental - 4
  • 5º Portugal - 4
  • 8º Escócia - 1
  • 8º França - 1
  • 8º Iugoslávia - 1
  • 8º Romênia - 1

Todos os Campeonatos Estaduais de Futsal Estão Cancelados

A Federação de Futebol de Salão do Estado do Rio de Janeiro decidiu organizar apenas o Campeonato Carioca em 2020 cancelando o Campeoanto Estadual de todas as categorias.

Novas inscrições podem ser feitas para o Campeonato Carioca em todas as categorias de base.

sábado, 22 de agosto de 2020

Conheça quatro alimentos saudáveis para incluir na sua alimentação agora!


Descobrir novos alimentos saudáveis e entender a importância de cada um deles para o organismo nem sempre é uma tarefa fácil, ainda mais com rotina agitada do dia a dia e inúmeras opções de comidas industrializadas — e não saudáveis — que estão disponíveis nos mercados por aí, não é mesmo?

No entanto, embora pareça complicado no começo, desmistificar a nutrição balanceada e dar espaço para ela no nosso cotidiano é fundamental para conquistar ainda mais saúde e energia para o corpo e mente! Por isso, listamos 4 alimentos saudáveis, começando pela oleaginosa
Castanha de Caju, para você incluir agora na rotina!

1. Castanha de Caju

Você já ouviu falar sobre as frutas oleaginosas? Essa família é grande e tem nomes de peso para incluir na rotina de alimentação saudável, como a Castanha do Pará, Amêndoas, Amendoim e, claro, a Castanha de Caju, que hoje conta com um leque de variações deliciosas para ganhar ainda mais admiradores — crua, torrada, assada, caramelizada, entre outras.

Para se ter uma ideia do poder da Castanha de Caju, a oleaginosa é fundamental para prevenir casos de anemia, por exemplo. Além disso, ela é rica em antioxidantes, sais minerais essenciais, como o cálcio, magnésio, ferro, potássio e zinco, e vitaminas, como a vitamina C, E, K e as vitaminas do complexo B, (B1, B2, B3, B6 e B9), ótimas para a produção de energia extra para o corpo.


2. Farelo de aveia

Assim como acontece com as oleaginosas, existem várias opções de farelos ótimos para a saúde e bem-estar — farelo de trigo, farelo de arroz e o mais popular entre eles, o farelo de aveia. Cereal excelente para quem quer emagrecer, o farelo de aveia é uma rica fonte de fibras com poucas calorias!

Ao mesmo tempo, o farelo também auxilia no controle de açúcar no organismo e, com isso, previne a diabetes. Sem contar que essa é uma aposta fundamental para garantir ainda mais imunidade ao organismo, com sua fonte em vitamina C e sais minerais. Combine o farelo de aveia com sucos, vitaminas, iogurtes e no clássico mingau.


3. Chips de frutas desidratadas

Você tem um dia a dia corrido e quer se livrar de alimentos industrializados na alimentação para investir em hábitos saudáveis? Uma ótima opção de snack para o lanche da tarde, por exemplo, é o chips de frutas desidratadas, e duas versões são bem populares e deliciosas para entrar de vez na sua nutrição balanceada, o chips de banana e o chips de jaca.

  • Chips de banana: disponível em diferentes versões, com orégano, lemon pepper, cebola e salsa e, também com canela, esse aperitivo tem minerais como o potássio, fósforo, magnésio; aminoácidos como o triptofano; e Vitamina A e do complexo B em sua composição! 
  • Chips de jaca: outra opção deliciosa para lanchinho da tarde é o chips de jaca desidratada. Consumida em diversas regiões do país, a jaca é uma fruta cheia de benefícios, incluindo a manutenção do bom funcionamento do coração, graças a sua rica fonte de fibras, nutrientes e minerais essenciais. No chips, ela fica ainda mais gostosa.

4. Arroz vermelho

Você quer investir em uma dieta balanceada, mas ao mesmo tempo não quer abrir mão do arroz nas refeições? Não há problema! Pelo contrário, é possível consumir o arroz de uma forma muito mais saudável do que o habitual. Isso porque, além do arroz branco convencional, existem outras opções deliciosas e com muito mais benefícios, como é o caso do Arroz Vermelho.

De origem chinesa, o Arroz Vermelho tem a cor característica graças ao seu nível de antioxidante antocianina e sua principal função na alimentação, é o poder na regulação do colesterol e a prevenção da anemia. Além disso, seu grão integral é rico em nutrientes como o ferro e fibras. O melhor? Ele pode ser preparado da mesma forma que o arroz branco.

E, então, você já consumiu algum desses alimentos saudáveis, como a Castanha de Caju, por exemplo? Ainda não? Não perca tempo e garanta todos elas na sua rotina agora mesmo! Além de deliciosos, eles também fazem a diferença na saúde e contam com inúmeros benefícios.

sexta-feira, 21 de agosto de 2020

Sevilla FC (Espanha) Campeão da Liga Europa de 2019/20

O Sevilla FC (Espanha) conquistou pela sexta vez a Liga Europa em 2019/20 ao derrotar a Internazionale (Itália) na grande final.


A Campanha

1ª Fase

  • Isento.

2ª Fase

  • Isento.

3ª Fase

  • Isento.

4ª Fase

  • Isento.

5ª Fase

  • Isento.

6ª Fase

  • 3-0 Qarabag (Azerbaijão) - f
  • 1-0 APOEL (Chipre) - c
  • 3-0 Dudelange (Luxemburgo) - c
  • 5-2 Dudelange (Luxemburgo) - f
  • 2-0 Qarabag (Azerbaijão) - c
  • 0-1 APOEL (Chipre) - f

7ª Fase

  • 1-1 Cluj (Romênia) - f
  • 0-0 Cluj (Romênia) - c

8ª Fase

  • 2-0 Roma (Itália) - n

9ª Fase

  • 1-0 Wolverthampton Wanderers (Inglaterra) - n

10ª Fase

  • 2-1 Manchester United (Inglaterra) - n

Final

  • 3-2 Internazionale (Itália) - n

Al Duhail SC Campeão Catari de 2019/20

O Al Duhail vence o Campeonato do Catar e garante sua vaga no Mundial Interclubes de 2020.

A Campanha:
2-1 Qatar SC - f
1-1 Al Arabi - c
1-1 Al Rayyan - c
4-2 Al Wakrah - f
1-0 Al Shahaniya - f
2-1 Al Sailiya - c
1-0 Umm Salal - f
2-1 Al Gharafa - c
4-1 Al Sadd - c
3-2 Al Khor - f
3-0 Al Ahli - f
0-0 Qatar SC - c
3-1 Al Arabi - f
0-1 Al Rayyan - f
1-0 Al Wakrah - c
3-1 Al Shahaniya - c
2-1 Al Sailiya - f
1-1 Umm Salal - c
2-0 Al Gharafa - f
0-1 Al Sadd - f
1-0 Al Khor - c
1-0 Al Ahli - c

Classificação:
1º Al Duhail - 52 - Campeão + Liga dos Campeões (fase de grupos) + Mundial Interclubes.
2º Al Rayyan - 51 - Liga dos Campeões (fase de grupos).
3º Al Sadd - 45 - Liga dos Campeões (2ª fase)
4º Al Gharafa - 36
5º Al Sailiya - 29
6º AL Wakrah - 27
7º Al Arabi - 26
8º Qatar SC - 20
9º Al Ahli - 20
10º Umm Salal - 18
11º Al Khor - 17 - Playout
12º Al Shahania - 16 - Liga Qatargas.

Os Campeões:
1963/64 - Al Maref
1964/65 - Al Maref
1965/66 - Al Maref
1966/67 - Al Oruba*
1967/68 - Al Oruba*
1968/69 - Al Oruba*
1969/70 - Al Oruba*
1970/71 - Al Oruba*
1971/72 - Al Sadd SC
1972/73 - Al Esteqlal*
1973/74 - Al Sadd SC
1974/75 - ----
1975/76 - Al Rayyan SC
1976/77 - Al Esteqlal*
1977/78 - Al Rayyan SC
1978/79 - Al Sadd SC
1979/80 - Al Sadd SC
1980/81 - Al Sadd SC
1981/82 - Al Rayyan SC
1982/83 - Al Arabi SC
1983/84 - Al Rayyan SC
1984/85 - Al Arabi SC
1985/86 - Al Rayyan SC
1986/87 - Al Sadd SC
1987/88 - Al Sadd SC
1988/89 - Al Sadd SC
1989/90 - Al Rayyan SC
1990/91 - Al Arabi SC
1991/92 - Al Ittihad**
1992/93 - Al Arabi SC
1993/94 - Al Arabi SC
1994/95 - Al Rayyan SC
1995/96 - Al Arabi SC
1996/97 - Al Arabi SC
1997/98 - Al Ittihad**
1998/99 - Al Wakrah SC
1999/00 - Al Sadd SC
2000/01 - Al Wakrah SC
2001/02 - Al Ittihad**
2002/03 - Qatar SC
2003/04 - Al Sadd SC
2005/06 - Al Sadd SC
2006/07 - Al Sadd SC
2007/08 - Al Gharafa SC
2008/09 - Al Gharafa SC
2009/10 - Al Gharafa SC
2010/11 - Lekhwiya SC***
2011/12 - Lekhwiya SC***
2012/13 - Al Sadd SC
2013/14 - Lekhwiya SC***
2014/15 - Lekhwiya SC***
2015/16 - Al Rayyan SC
2016/17 - Lekhwiya SC***
2017/18 - Al Duhail SC
2018/19 - Al Sadd SC
* Atualmente se chama Qatar SC.
** Atualmente se chama Al Gharafa SC.
*** Atualmente se chama Al Duhail SC.

Ranking:
1º Al Sadd SC - 14
3º Al Rayyan SC - 8
2º Qatar SC - 8
4º Al Arabi SC - 7
4º Al Duhail SC - 7
4º Al Gharafa SC - 7
7º Al Maref - 3
8º Al Wakrah SC - 2

Ranking por Região:
1º Doha - 38
2º Al Rayyan - 15
3º Al Wakrah - 2

Juventus FC Eneiacampeã Italiana de 2011/12/2012/13/2013/14/2014/15/2015/16/2016/17/2017/18/2018/19/2019/20

A Juventus se sagrou eneiacampeã italiana na temporada 2019/20.

A Vecchia Signora retorna à Liga dos Campeões acompanhada de Internazionale, Atalanta e Lazio.

Seguem para a Liga Europa Milan, Napoli e Roma.

Benevento, Crotone e Spezia retornam à Série A em 2020/21 nos lugares de Brescia, Lecce e SPAL.


A Campanha

  • 1-0 Parma - f
  • 4-3 Napoli - c
  • 0-0 Fiorentina - f
  • 2-1 Verona - c
  • 2-1 Bresia - f
  • 2-0 SPAL - c
  • 2-1 Internazionale - f
  • 2-1 Bologna - c
  • 1-1 Lecce - f
  • 2-1 Genoa - c
  • 1-0 Torino - f
  • 1-0 Milan - c
  • 3-1 Atalanta - f
  • 2-2 Sassuolo - c
  • 1-3 Lazio - f
  • 3-1 Udinese - c
  • 2-1 Sampdoria - f
  • 4-0 Cagliari - c
  • 2-1 Roma - f
  • 2-1 Parma - c
  • 1-2 Napoli - f
  • 3-0 Fiorentina - c
  • 1-2 Verona - f
  • 2-0 Brescia - c
  • 2-1 SPAL - f
  • 2-0 Internazionale - c
  • 2-0 Bologna - f
  • 4-0 Lecce - c
  • 3-1 Genoa - f
  • 4-1 Torino - c
  • 2-4 Milan - f
  • 2-2 Atalanta - c
  • 3-3 Sassuolo - f
  • 2-1 Lazio - c
  • 1-2 Udinense - f
  • 2-0 Sampdoria - c
  • 0-2 Cagliari - f
  • 1-3 Roma - c


Classificação

  • 1º Juventus - 83 - Campeão +  - Champions League (fase de grupos).
  • 2º Internazionale - 82 - Champions League (fase de grupos).
  • 3º Atalanta - 78 - Champions League (fase de grupos).
  • 4º Lazio - 78 - Champions League (fase de grupos).
  • 5º Roma - 70 - Liga Europa (fase de grupos).
  • 6º Milan - 66 - Liga Europa (2ª fase).
  • 7º Napoli - 62 - Liga Europa (fase de grupos).
  • 8º Sassuolo - 51
  • 9º Verona - 49
  • 10º Fiorentina - 49
  • 11º Parma - 49
  • 12º Bologna - 47
  • 13º Udinese - 45
  • 14º Cagliari - 45
  • 15º Sampdoria - 42
  • 16º Torino - 40
  • 17º Genoa - 39
  • 18º Lecce - 35 - Série B.
  • 19º Brescia - 25 - Série B.
  • 20º SPAL - 20 - Série B.

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Remo do Sao Cristóvão em 1913

Apesar de afastado há muitos anos das principais compeitções da Federação de Remo do Estado do Rio de Janeiro, o São Cristóvão mantém sua sede náutica, onde possui uma piscina e uma garagem para barcos.

A tradição do remo do São Cristóvão é antiga. Encontramos fotos da Revista Careta que ilustram uma regata do clube na Praia do Caju em 1913.

Como é possível ler, os eventos do São Cristóvão atraiam grande público na época.


quarta-feira, 19 de agosto de 2020

2ª Divisão Sub-17 É Cancelada

Reunidos no dia 18 de agosto de 2020 na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, os clubes decidiram por unanimidade cancelar o Campeonato Estadual da 2ª Divisão de juvenis.

O coronavírus foi o motivo do cancelamento da competição.

Sendo assim, o Barra Mansa seguirá como atual campeão da categoria até a temporada 2021.


Os Campeões

  • 2011 - CE Rio Branco
  • 2012 - Barra Mansa FC
  • 2013 - ----
  • 2014  - Artsul FC
  • 2015 - Goytacaz FC
  • 2016 - Sampaio Corrêa FE
  • 2017 - São Gonçalo EC
  • 2018 - CA Barra da Tijuca
  • 2019 - Barra Mansa FC
  • 2020 - ----


Os Campeões da Taça Santos Dumont

  • 2017 - São Gonçalo EC
  • 2018 - ----
  • 2019 - ----
  • 2020 - ----


Os Campeões da Taça Corcovado

  • 2017 - São Gonçalo EC
  • 2018 - ----
  • 2019 - ----
  • 2020 - ----

2ª Divisão de Juniores de 2020 É Cancelada

Reunidos na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, os clubes participantes do Campeonato Estadual da Série B-1 Sub-20 de 2020 decidiram por cancelar o certame.

O motivo do cancelamento do Campeonato Estadual da 2ª Divisão de Juniores de 2020 é simples: a pandemia do coronavirus.

Angra dos Reis, Artsul, Audax Rio, Bonsucesso, Campos AA, Duque de Caxias, Gonçalense, Goytacaz, Maricá FC, Nova Cidade, Olaria, Rio São Paulo, Sampaio Corrêa, São Gonçalo EC, Serra Macaense e Serrano focarão suas atividades exclusivamente na segunda divisão de profissionais.

O Audax Rio seguirá como atual campeão estadual até 2021. O Olaria será o detentor da Taça Santos Dumont e da Taça Corcovado até o ano que vem.


Os Participantes

  • Angra dos Reis
  • Artsul (Nova Iguaçu)
  • Audax Rio (São João de Meriti)
  • Bonsucesso (Rio de Janeiro)
  • Campos AA (Campos dos Goytacazes)
  • Duque de Caxias
  • Gonçalense (São Gonçalo)
  • Goytacaz (Campos dos Goytacazes)
  • Maricá FC
  • Nova Cidade (Nilópolis)
  • Olaria (Rio de Janeiro)
  • Rio São Paulo (Rio de Janeiro)
  • Sampaio Corrêa (Saquarema)
  • São Gonçalo EC
  • Serra Macaense (Macaé)
  • Serrano (Petrópolis)


Os Campeões:

Campeonato Estadual da 2ª Divisão de Juniores:

  • 2007 - Artsul FC
  • 2008 - Bangu AC
  • 2009 - Audax Rio EC*
  • 2010 - Audax Rio EC*
  • 2011 - Audax Rio EC
  • 2012 - América FC
  • 2013 - Serra Macaense FC
  • 2014 - Olaria AC

Campeonato Estadual da Série B Sub-20

  • 2015 - AA Portuguesa
  • 2016 - Nova Iguaçu FC
  • 2017 - Olaria AC
  • 2018 - Audax Rio EC*
  • 2019 - Audax Rio EC*
  • 2020 - ----
Obs: O Audax Rio foi campeão com seu antigo nome, Sendas EC.

Os Campeões da Taça Santos Dumont

  • 2013 - Serra Macaense FC
  • 2014 - Olaria AC
  • 2015 - Olaria AC
  • 2016 - Artsul FC
  • 2017 - Olaria AC
  • 2018 - Audax Rio EC
  • 2019 - Olaria AC
  • 2020 - ----


Os Campeões da Taça Corcovado

  • 2013 - EC Tigres B
  • 2014 - AA Portuguesa
  • 2015 - Audax Rio EC
  • 2016 - Nova Iguaçu FC
  • 2017 - Olaria AC
  • 2018 - EC Tigres B
  • 2019 - Olaria AC
  • 2020 - ----

Campeonato Estadual da 2ª Divisão de Infantis É Cancelado

Clubes decidem por unanimidade cancelar o Campeonato Estadual da segunda divisão sub-15.

A pandemia do coronavirus segue afetando o calendário do desporto estadual, nacional e internacional.

Seria muito complicado para os atletas, dirigentes e comissão técnica viajarem entre os municípios durante longos meses para a disputa do Campeonato Estadual da 2ª divisão sub-15.

O Maricá FC seguirá como atual campeão até a temporada 2021.


Os Campeões

  • 2014 - São Gonçalo EC
  • 2015 - Sampaio Corrêa FE
  • 2016 - São Cristóvão FR
  • 2017 - CE Arraial do Cabo
  • 2018 - EC Tigres do B
  • 2019 - Maricá FC
  • 2020 - ----

terça-feira, 18 de agosto de 2020

Fluminense FC Bicampeão Estadual de 1936/1937

O Fluminense se sagrou bicampeão estadual de futebol de 1936/1937.

Em 1937, finalmente veio a paz ao futebol do Rio de Janeiro. As duas ligas se fundiram em uma só e passamos a ter apenas um Campeonato Carioca por ano.

O time-base do Fluminense em 1937 era: Batatais; Ernesto e Machado; Santamaria, Brant e Guimarães; Sandro, Romeu, Celeste, Tim e Hércules. Técnico: Carlos Carlomagno.

O artilheiro foi Niginho (Vasco da Gama), com 25 gols.


A Campanha

  • 5-2 Madureira - f
  • 2-1 Bonsucesso - c
  • 3-1 Olaria - c
  • 5-1 Andarahy - f
  • 3-1 Portuguesa - c
  • 1-3 São Cristóvão - f
  • 2-0 Bangu - f
  • 4-2 Vasco da Gama - c
  • 1-0 Botafogo - f
  • 1-1 America - c
  • 1-0 Flamengo - c
  • 6-2 Madureira - c
  • 3-2 Bonsucesso - f
  • 7-0 Bangu - c
  • 4-0 Andarahy - c
  • 0-0 Vasco da Gama - f
  • 2-1 Botafogo - c
  • 3-1 America - f
  • 1-1 São Cristóvão - c
  • 3-1 Portuguesa - f
  • 7-1 Olaria - f
  • 1-1 Flamengo - f


Classificação

  • 1º Fluminense - Bicampeão.
  • 2º Flamengo
  • 3º Vasco da Gama
  • 4º Botafogo
  • 4º São Cristóvão
  • 4º America
  • 7º Madureira
  • 8º Portuguesa
  • 8º Bonsucesso
  • 10º Olaria
  • 11º Bangu
  • 12º Andarahy

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

História do Torneio Roberto Gomes Pedrosa

O Torneio Roberto Gomes Pedrosa é o embrião do atual Campeonato Brasileiro. Vamos contar esta estória desde seu princípio, em 1933.


Rio São Paulo é Oficialmente Chamado de Torneio Roberto Gomes Pedrosa

Em 1933, foi disputado o primeiro Torneio Rio-São Paulo, considerado por muitos o "campeonato brasileiro" da época. O Rio de Janeiro era a capital federal e São Paulo era o estado mais rico. As duas capitais estaduais são muito próximas uma da outra e a rivalidade dos amistosos passou ser vista num certame oficial.

Tudo bem. Ninguém reconhece o Torneio Rio-São Paulo como um campeonato brasileiro. No entanto, o nome "Torneio Roberto Gomes Pedrosa" surge em 1954. Foi em 06 de janeiro de 1954 que o ex-jogador da seleção brasileira, ex-presidente do São Paulo FC e ex-presidente da Federação Paulista de Futebol faleceu. Quando a bola rolou em 15 de maio na abertura do Torneio Rio São Paulo, o certame oficialmente se chamava Torneio Roberto Gomes Pedrosa.

E este nome se manteve até 1966, apesar dos torcedores continuarem chamando a competição de Rio-São Paulo.



Revolução no Futebol Brasileiro em 1967

Em 1967, tudo muda. As federações do Rio de Janeiro e de São Paulo já vislumbram um campeonato nacional e entregam a organização do Torneio Roberto Gomes Pedrosa à CBD, que já organizava a Taça Brasil, que era uma competição curta, em formato mata-mata.

É importante ressaltar que em 1967, o Brasil já se se encontrava mais estruturado economicamente e os meios de transportes haviam evoluído muito. A integração nacional do futebol e dos demais esportes era uma questão de tempo.

Também pesaram para esta decisão o pensamento que o futebol brasileiro precisava se reinventar e evoluir. O Brasil tinha ido muito mal na Copa do Mundo de 1966. Apesar do país insistir que apenas Rio e São Paulo jogavam futebol de alto nível, o vencedor da Taça Brasil de 1966 havia sido o Cruzeiro (MG).

Um campeonato melhor organizado, de âmbito nacional também faria com que muitos times evitassem escalar seus reservas em partidas do Rio-São Paulo, pois todos priorizavam seus campeonatos estaduais.



Minas Gerais e Rio Grande do Sul Aderem ao "Robertão"

Em reuniões no último quarto do ano de 1966, ficou acertada a inclusão dos estados de Minas Gerais e Rio Grande do Sul com uma ressalva: mineiros e gaúchos deveriam dar dinheiro aos clubes de Rio e São Paulo para compensar as despesas dos deslocamentos até Belo Horizonte e Porto Alegre.

Aproveitando a "deixa", o Paraná conseguiu emplacar um representante, pois o estado estava no meio do caminho geográfico entre o Sul e o Sudeste do país.

Os clubes discutiram a fórmula de disputa e quantos clubes deveriam estar no certame. Foi decidido que 15 times participariam do torneio, divididos em dois grupos na primeira fase e um quadrangular final definiria o campeão. Um sexto clube da Guanabara (America), um sexto de São Paulo (Comercial) e dois clubes de Pernambuco não foram aceitos pelos participantes.

O Palmeiras se sagrou campeão.

Quinze Clubes no Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1967

  • Guanabara (5): Bangu, Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama.
  • Minas Gerais (2): Atlético e Cruzeiro.
  • Paraná (1): Ferroviário.
  • Rio Grande do Sul (2): Grêmio e Internacional.
  • São Paulo (5): Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo e Portuguesa.


Sucesso Repetido em 1968

O sucesso de renda e público repercutiu de forma positiva em 1968. A CBD recebeu mais e mais pedidos de clubes interessados em participar do "Robertão". Muitos clubes decidiram priorizar o Torneio Roberto Gomes Pedrosa sacrificando a Taça Brasil.

Oficialmente, a CBD alterou o nome da competição para Taça de Prata.

Um representante da Bahia e um de Pernambuco foram aprovados no torneio que sairia pela primeira vez do Sul e do Sudeste.

A fórmula era quase a mesma do ano anterior. Teríamos dois grupos na primeira fase e um quadrangular final.

O Santos foi o campeão.


Dezessete Clubes no Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1968

  • Bahia (1): Bahia.
  • Guanabara (5): Bangu, Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama.
  • Minas Gerais (2): Atlético e Cruzeiro.
  • Paraná (1): Atlético.
  • Pernambuco (1): Náutico.
  • Rio Grande do Sul (2): Grêmio e Internacional.
  • São Paulo (5): Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo e Portuguesa.



Mesma Fórmula de Disputa em 1969

A fórmula de disputa não mudou de 1968 para 1969. A única alteração que pode ser vista é em relação aos participantes, uma vez que as vagas eram distribuídas através dos campeonatos estaduais.

O Palmeiras se sagrou campeão.

Dezessete Clubes no Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1969

  • Bahia (1): Bahia.
  • Guanabara (5): America, Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama.
  • Minas Gerais (2): Atlético e Cruzeiro.
  • Paraná (1): Coritiba.
  • Pernambuco (1): Santa Cruz.
  • Rio Grande do Sul (2): Grêmio e Internacional.
  • São Paulo (5): Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo e Portuguesa.



O Último Torneio Roberto Gomes Pedrosa Aconteceu em 1970

A Taça de Prata/Torneio Roberto Gomes Pedrosa aconteceria pela última vez em 1970 como primeira divisão do Campeonato Brasileiro. A fórmula de disputa foi mantida pelo terceiro ano consecutivo.

Dezessete Clubes no Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1970

  • Bahia (1): Bahia.
  • Guanabara (5): America, Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama.
  • Minas Gerais (2): Atlético e Cruzeiro.
  • Paraná (1): Atlético.
  • Pernambuco (1): Santa Cruz.
  • Rio Grande do Sul (2): Grêmio e Internacional.
  • São Paulo (5): Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo e Ponte Preta.



A Criação do Campeonato Nacional de Clubes

O Torneio Roberto Gomes Pedrosa foi um grande sucesso. Ele acabou porque a Confederação Brasileira de Desportos decidiu ampliá-lo em 1971 e rebatizá-lo de Campeonato Nacional de Clubes.

O certame foi ampliado para vinte participantes. O estado de Minas Gerais ganhou uma terceira vaga no torneio, o de Pernambuco uma segunda e o Ceará passou a integrar a competição.

A primeira fase continou com dois grupos mas, desta vez, os seis melhores de cada chave passavam para uma segunda etapa, onde teríamos três grupos de quatro clubes. O vencedor de cada quadrangular fazia o triangular final do Campeonato Brasileiro.

O Atlético/MG se sagrou campeão.
  • Bahia (1): Bahia.
  • Ceará (1): Ceará.
  • Guanabara (5): America, Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama.
  • Minas Gerais (3): América, Atlético e Cruzeiro.
  • Paraná (1): Coritiba.
  • Pernambuco (2): Santa Cruz e Sport.
  • Rio Grande do Sul (2): Grêmio e Internacional.
  • São Paulo (5): Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo e Portuguesa.


Brasileirão de 1971 Teve Até Segunda Divisão

A primeira divisão do Campeonato Brasileiro se chamava Divisão Extra. A segunda divisão se chamava Primeira Divisão. 

Na segundona, o Villa Nova (MG) se sagrou campeão. No entanto, não havia no regulamento a previsão de promoção e rebaixamento entre as divisões. Sendo assim, as vagas para o Campeonato Brasileiro de 1972 eram discutidas em salas de reunião e sairiam dos campeonatos estaduais.


Leitura Complementar

domingo, 16 de agosto de 2020

O Clube dos 13

O Clube dos 13 foi fundado em 11 de julho de 1987 e ao longo de sua existência possuía uma sede em Porto Alegre (RS).

Seus fundadores foram:

O nascimento do Clube dos 13 se deu para defender o interesse dos grandes clubes do futebol brasileiro na organização do Campeonato Brasileiro. Sem dinheiro, a CBF havia anunciado que não faria um campeonato nacional em 1987.

Dirigentes dos doze grandes clubes de futebol do Rio, São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais se reuniram e, num primeiro momento, tiveram o aval da CBF para organizar seu próprio campeonato nacional. A entidade brasileira sugeriu convidar equipes do norte e nordeste para o certame poder ser chamado de "brasileiro". Foi aí que o Bahia passou a fazer parte da estória e o que seria Clube dos 12 passou a ser Clube dos 13.

Em 1987, o Clube dos 13 organizou a Copa União (denominada Troféu João Havelange pela CBF). Esta nova entidade passou a negociar os direitos de transmissão do rádio e da televisão, mantinha um diálogo com a CBF e também fazia o marketing (com sucesso) do seu campeonato. Executivos do C13 fecharam com Coca-Cola, Varig, Editora Abril, Açúcar União, Rede Globo e Dover para a Copa União de 1987, fato que surpreendeu a CBF.


A partir de 1988, o Clube dos 13 desistiu de organizar o campeonato, que voltou a ser exclusivo da CBF. O papel da entidade passou a ser somente um: negociar os direitos de transmissão com as redes de televisão.

Em 1997, Coritiba (PR), Goiás (GO) e Sport se tornaram membros do Clube dos 13, que passou a ter 16 afiliados.

Em 1999, Atlético (PR), Guarani (SP), Portuguesa (SP) e Vitória (BA) foram admitidos no C13, que passou a defender os interesses de 20 clubes.

A partir de 2007, diversos clubes passaram a ficar insatisfeitos com o Clube dos 13. Atlético (MG), Botafogo, Cruzeiro (MG), Flamengo e São Paulo (SP) já negociavam seus direitos de transmissão em paralelo.

Em 2011, quase todos os clubes já negociavam individualmente os direitos de transmissão. Em 23 de fevereiro, o Corinthians oficializou sua desfiliação do C13, que passou a ter 19 clubes. Esta mesma data é apontada como a de extinção do Clube dos 13. Em 25 de março, o Botafogo formaliza sua desfiliação do Clube dos 13, apesar dele já não mais existir.

AA Portuguesa Campeã do Torneio Octávio Pinto Guimarães de 1976

A Portuguesa surpreendeu o Benfica (Portugal) e se sagrou campeã do Torneio Octávio Pinto Guimarães de 1976.

O Benfica fazia sua pré-temporada para o Campeonato Português de 1975/76 no Rio de Janeiro e escolheu um adversário relativamente fraco para fazer um amistoso.

A ideia dos Encarnados era homenagear a colônia portuguesa que vivia na Cidade Maravilhosa e o palco escolhido para o duelo foi o estádio de São Januário.

Moinhos abriu o placar logo aos 5' minutos dando a impressão que o triunfo seria fácil. Só que os portugueses foram surpreendidos. Carlinhos empatou aos 20', Dinho virou aos 73' e Alberdã fechou a tampa aos 87'.

Os portugueses então perderam a cabeça e Malta recebeu o cartão vermelho após agredir Alberdã. Na sequência, Eurico e Toni também foram expulsos por reclamação.

O público pagante foi de 2.607 torcedores, insuficiente para cobrir a cota de US$ 25 mil dos visitantes. Os cartolas da Zebra tiveram que completar o restante do dinheiro.

A Portuguesa ergueu o troféu do Torneio Octávio Pinto Guimarães de 1976. Não confunda esta competição com o tradicional Torneio Octávio Pinto Guimarães de juniores, que é organizado anualmente pela FERJ.


As Escalações

  • Portuguesa: Beto; Sérgio, Edson, Luís Carlos e Dori; Carlinhos, Valinhos (Jair) e Serginho; Alberdã, Dinho e Luisinho.
  • Benfica: José Henrique (Bento); Malta, Barros, Eurico e Lopes; Vitor Martins, Toni e Nenê; Nelinho (Diamantino) (Shalana), Sheu e Moinhos.

Portuguesa Derrotou o Real Madrid (Espanha)

Em 04 de setembro de 1969, a Portuguesa foi convidada para um amistoso no estádio Santiago Bernabéu contra o Real Madrid (Espanha).

Na Lusa carioca jogava o único atrativo carioca, o atacante Escurinho, ídolo do Fluminense.

Era praticamente impossível imaginar que a Zebra bateria os Merengues em Madrid. Os espanhóis eram os tricampeões nacionais.

Logo aos 7', Miguel abriu a contagem para os brasileiros. O mesmo Miguel, o nome da partida, ampliou aos 42'. Na segunda etapa, os madrilenhos tentaram diminuir o vexame e Planelles descontou no último minuto. Era tarde, porém.

A Portuguesa venceu por 2 a 1. Além do artilheiro Miguel, Zeca e Escurinho foram bem. Alguns cartolas espanhós chegaram a conversar com Escurinho no vestiário, mas o atacante já tinha 39 anos e não fechou a transferência.

As Escalações

  • Real Madrid: Junquera; Espildora, Bibiloni, Benito e Jose Luiz; Tejada e Miguel Perez; Fleitas, Planelles, Grande e Bueno.
  • Portuguesa: Bruno; Choquinho, Jerry, Beto e Zeca; Carlos Pedro e Nei; Jorginho, Miguel, Jurandir (Paulo Mata) e Escurinho.
Apesar da grande vitória, o jogo era apenas um amistoso e não valeu nenhum troféu. Pena!

sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Fluminense Conquistou a Primeira Medalha Olímpica para o Brasil

Em 02 de agosto de 1920, o atleta do Fluminense Football Club Afrânio da Costa conquistava para o Brasil a primeira medalha olímpica do país.

O atirador ficou em segundo lugar na prova de pistola livre 50m e trouxe a medalha de prata para o Rio de Janeiro. Mais precisamente para as Laranjeiras.

Mais tarde, ainda em 02 de agosto de 1920, Afrânio da Costa fez parte da equipe brasileira que conquistou a medalha de bronze na prova por equipes de pistola livre 50m. Completaram o time Guilherme Paraense, Dario Barbosa, Sebastião Wolf e Fernando Soledade.

Todo o time de tiro do Brasil se preparou para as Olimpíadas no estande de tiro do Fluminense FC, que funciona até hoje. Guilherme Paraense, que conquistou o primeiro ouro para o nosso país, em 03 de agosto de 1920 na prova do tiro rápido de 25m, também treinou ali.

Os Jogos Olímpicos de 1920 aconteceram em Antuérpia, bonita cidade do interior da Bélgica. O estande de tiro tricolor foi inaugurado em 1919.

As medalhas de Afrânio da Costa estão expostas no museu do Fluminense. Basta visitar a sede das Laranjeiras para vê-las.

Vasco Apoia Daniel Rienda, da Fórmula FVee

O Vasco da Gama apoia o piloto Daniel Rienda da Fórmula FVee. O atleta disputa a Copa ECPA.

O piloto já passou pela Fórmula Super-V, a categoria de base da Fórmula FVee. O vascaíno Nélson Piquet também competiu nesta categoria nos anos 70.

Desejamos boa sorte ao Vasco no automobilismo e a Daniel Rienda na carreira.

quarta-feira, 12 de agosto de 2020

O Estádio Leônidas da Silva

O Estádio Leônidas da Silva pertence ao Bonsucesso Futebol Clube e também é conhecido como Estádio da Rua Teixeira de Castro, devido à sua localização.

Esta arena já teve capacidade para 13 mil pessoas.

O récorde de público no local é de 13.571 torcedores. No entanto, apenas 2.390 estiveram presentes na inauguração. Em rodada dupla, o Bonsucesso bateu o Madureira por 3 a 2 e no jogo de fundo Botafogo e Fluminense empataram em 5 a 5.

Vale lembrar que o Bonsuça mandava suas partidas em outras praças anteriormente: Rua Uranus e Avenida dos Democráticos. A estádio atual fica na Avenida Teixeira de Castro 54 (antes, ela se chamava Estrada do Norte, 38).

Leia mais sobre as sedes do Bonsucesso aqui.









O Campeonato Suburbano do Rio de Janeiro

No começo do Século XX, o futebol cresceu na cidade do Rio de Janeiro, que era a capital do Brasil. Muitos clubes, principalmente os do subúrbio, não tinham a mesma estrutura e o investimento dos principais clubes da época.

Com o futebol ainda em fase de consolidaçãoe de profissionalização no Rio, muitos times que não foram convidados a participar das principais ligas da cidade se organizaram em outras ligas.

A principal liga destas equipes "excluídas" foi a Liga Suburbana de Football (LSF) que organizou quatro campeonatos e tinham como afiliados times que enfrentavam os grandes clubes da época em partidas amistosas. Muitos destes afiliados posteriormente ingressaram nas ligas "oficiais".

Um detalhe curioso é que a LMDT (Liga Metropolitana de Desportos Terrestres) que organizava seu próprio Campeonato Carioca (até hoje não reconhecido pela FERJ), acabou desistindo de suas intenções. Em 1933, ela passou a organizar a segunda divisão da LCF (Liga Carioca de Football) e deixou de existir após a temporada de 1934.

Todos os campeonatos listados abaixo aconteceram. Estes são os campeões. Cerca de cem clubes da cidade e arredores competiram nestes certames. Com o passar dos anos, foram milhares de atletas e torcedores que acompanharam, sofreram, suaram e se emocionaram com estas partidas. Por isso, estes campeões merecem o nosso registro.


Os Campeões de Primeiros Quadros

Liga Suburbana de Football (LSF)

Os Campeões da 1ª Divisão

  • 1916 - Engenho de Dentro FC
  • 1917 - Engenho de Dentro AC
  • 1918 - Engenho de Dentro AC
  • 1919 - Bonsucesso FC

Os Campeões da 2ª Divisão

  • 1917 - Confiança AC
  • 1918 - Bonsucesso FC
  • 1919 - Brasil FC

Os Campeões da 3ª Divisão

  • 1917 - Mavilis FC

Alliança Sportiva Municipal (ASM)

  • 1919 - Pereira Passos FC

Associação Athletica Suburbana (AAS)

  • 1915 - Metropolitano FC
  • 1915 - Oposição FC
  • 1916 - Magno FC
  • 1917 - Irajá AC
  • 1918 - América Suburbano FC
  • 1919 - Fidalgo FC

Associação Brasileiras de Sports Athleticos (ABSA)

  • 1915 - Athletique FC
  • 1916 - Americano FC
  • 1917 - Municipal FC
  • 1918 - Mauá FC

Associação Brasileira de Sports Terrestres (ABST)

  • 1919 - Mauá FC

Associação Carioca de Football (ACF)

  • 1915 - Confiança AC
  • 1916 - Esperança FC

Associação Carioca de Sports Athleticos (ACSA)

  • 1919 - Olaria FC

Federação Brasileira de Football (FBF)

  • 1915 - Real Grandeza FC

Liga Brasileira de Desportos (LBD)

  • 1921 - Manguinhos FC
  • 1922 - Municipal FC
  • 1923 - Botafogo AC
  • 1924 - Botafogo AC
  • 1925 - Light Garage FC
  • 1926 - Municipal FC
  • 1926 - Municipal FC
  • 1927 - Municipal FC
  • 1928 - SC União
  • 1929 - Jequiá FC
  • 1930 - AA Portuguesa
  • 1931 - SC Ideal
  • 1932 - SC Ideal

Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (LMDT):

  • 1933 - Viação Excelsior FC
  • 1934 - Sport Club São José

Liga Municipal de Football (LMF)

  • 1916 - Lisboa-Rio FC
  • 1917 - Villa Guarany FC
  • 1918 - Pereira Passos FC

Liga Sportiva de Football (LSF)

  • 1913 - Portinho FC
  • 1914 - São Paulo-Rio FC

Liga Sportiva Suburbana (LSS)

  • 1912 - Real Grandeza FC

Liga Suburbana de Football (LSF)

  • 1907 - Riachuelo FC.

União das Sociedades do Remo da Lagoa Rodrigo de Freiras (USRLRF):

  • 1919 - CR Lage

União Sportiva Fluminense (USF)

  • 1907 - SC José Floriano



Os Campeões de Segundos Quadros

Liga Suburbana de Football (LSF)

  • 1916 - Engenho de Dentro FC
  • 1918 - Modesto FC

Alliança Sportiva Municipal (ASM)

  • 1919 - Pereira Passos FC

Associação Athletica Suburbana (AAS)

  • 1915 - Fidalgo FC
  • 1916 - Opposição FC
  • 1917 - Fidalgo FC
  • 1918 - Fidalgo FC
  • 1919 - Fidalgo FC

Associação Brasileiras de Sports Athleticos (ABSA)

  • 1915 - Americano FC
  • 1916 - Municipal FC
  • 1917 - Real Grandeza FC
  • 1918 - São Paulo Rio FC

Associação Carioca de Football (ACF)

  • 1916 - Victória FC

Associação Carioca de Sports Athleticos (ACSA)

  • 1919 - Henrique Valladares FC

Liga Brasileira de Desportos (LBD) 

  • 1921 - SC Cantuária
  • 1922 - Municipal FC
  • 1923 - Municipal FC
  • 1924 - Municipal FC
  • 1925 - Sul América FC
  • 1926 - Brasiil FC
  • 1927 - Vascaíno FC
  • 1928 - Jardim FC
  • 1929 - SC União
  • 1930 - Jardim FC
  • 1931 - Jardim FC
  • 1932 - Jardim FC

Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (LMDT)

  • 1933 - Viação Excelsior FC
  • 1934 - Sport Club Boa Vista

Liga Municipal de Football (LMF)

  • 1917 - Pereira Passos FC
  • 1918 - Pereira Passos FC

Liga Sportiva de Football (LSF)

  • 1913 - Rio Branco FC
  • 1914 - São Paulo-Rio FC

Liga Sportiva Suburbana (LSS)

  • 1912 - The Brazil AC

Liga Suburbana de Football (LSF)

  • 1907 - Riachuelo FC

União das Sociedades do Remo da Lagoa Rodrigo de Freiras (USRLRF)

  • 1919 - Jardim FC



Os Campeões de Terceiros Quadros

Liga Suburbana de Football (LSF)

  • 1916 - Cascadura FC

Alliança Sportiva Municipal (ASM)

  • 1919 - Pereira Passos FC

Associação Athletica Suburbana (AAS)

  • 1915 - Oposição FC
  • 1916 - Independência FC
  • 1917 - Fidalgo FC
  • 1918 - Magno FC
  • 1919 - América Suburbano FC

Associação Brasileiras de Sports Athleticos (ABSA)

  • 1915 - Americano FC
  • 1916 - Americano FC

Liga Brasileira de Desportos (LBD)

  • 1921 - AC Brasil
  • 1922 - Municipal FC
  • 1923 - Municipal FC
  • 1924 - SC Africano
  • 1925 - SC Africano
  • 1926 - SC União
  • 1927 - SC Bemfica
  • 1928 - SC Bemfica
  • 1929 - SC União
  • 1930 - Mauá FC
  • 1931 - Jardim FC
  • 1932 - Jardim FC

Liga Municipal de Football (LMF)

  • 1917 - Pereira Passos FC
  • 1918 - Pereira Passos FC

KaBuM! e-Sports Campeão do 1º Split do CBLoL de 2020

O KaBuM! e-Sports foi bem superior ao Flamengo e conquistou o 1º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends de 2020.1

A Campanha do Flamengo:
1ª Fase:
  • paiN Gaming 0-1 Flamengo
  • Flamengo 1-0 Vivo Keyd
  • Flamengo 1-0 Prodigy ESports 
  • FURIA Uppercut 1-0 Flamengo
  • Flamengo 1-0 Redemption 
  • KaBuM! e-Sports 0-1 Flamengo
  • Flamengo 1-0 INTZ e-Sports 
  • Flamengo 1-0 paiN Gaming 
  • Vivo Keyd 1-0 Flamengo
  • Prodigy 1-0 Flamengo
  • Flamengo 1-0 FURIA Uppercut
  • REPA 1x0 Flamengo 
  • KaBuM! e-Sports 0-1 Flamengo 
  • Flamengo 1-0 INTZ e-Sports
  • paiN Gaming 1-0 Flamengo
  • Flamengo 0-1 Vivo Keyd 
  • Flamengo 0-1 Prodigy
  • FURIA Uppercut 0-1 Flamengo
  • Flamengo 1-0 Redemption
  • KaBuM! e-Sports 1-0 Flamengo
  • Flamengo 1-0 INTZ e-Sports 
2ª Fase:
  • Flamengo 3-0 FURIA Uppercut
Final:
  • KaBUM! e-Sports 3x0 Flamengo 
Final:
09/05/20
KaBuM! e-Sports ** 3-0 Flamengo

Classificação Final:
1º KaBuM! e-Sports – 33 – Campeão.
2º Flamengo – 39
3º Vivo Keyd - 42
4º FURIA Uppercut - 33
5º Prodigy ESports - 33
6º paiN Gaming – 30
7º INTZ e-Sports – 24 – Playout.
8º Redemption – 18 – Circuito Desafiante.

Os Campeões:
2014 - KaBuM! e-Sports
2015.1 - INTZ e-Sports
2015.2 - paiN Gaming
2016.1 - INTZ e-Sports
2016.2 - INTZ e-Sports
2017.1 - Red Canids
2017.2 - Team One e-Sports
2018.1 - KaBuM! e-Sports
2018.2 - KaBuM! e-Sports
2019.1 - INTZ e-Sports
2019.2 - CR Flamengo
2020.1 - KaBuM! e-Sports

Ranking:
1º INTZ e-Sports - 4
1º KaBuM! e-Sports - 4
3º CR Flamengo - 1
3º paiN Gaming - 1
3º Red Canids - 1
3º Team One e-Sports - 1