quarta-feira, 16 de junho de 2021

Copa América

Confira a história dos campeões da Copa América abaixo.

Clique aqui para ver todos os participantes da Copa América.


Os Campeões

Campeonato Sul-Americano

  • 1916 - URUGUAI - Local: Argentina. Participantes da Fase Final: 4.
  • 1917 - URUGUAI - Local: Uruguai. Participantes da Fase Final: 4.
  • 1919 - BRASIL - Local: Brasil. Participantes da Fase Final: 4.
  • 1920 - URUGUAI - Local: Chile. Participantes da Fase Final: 4.
  • 1921 - ARGENTINA - Local: Argentina. Participantes da Fase Final: 4.
  • 1922 - BRASIL - Local: Brasil. Participantes da Fase Final: 5.
  • 1923 - URUGUAI - Local: Uruguai. Participantes da Fase Final: 4.
  • 1924 - URUGUAI - Local: Uruguai. Participantes da Fase Final: 4.
  • 1925 - ARGENTINA - Local: Argentina. Participantes da Fase Final: 3.
  • 1926 - URUGUAI - Local: Chile. Participantes da Fase Final: 5.
  • 1927 - ARGENTINA - Local: Peru. Participantes da Fase Final: 4.
  • 1929 - ARGENTINA - Local: Argentina. Participantes da Fase Final: 4.
  • 1935 - URUGUAI - Local: Peru. Participantes da Fase Final: 4.
  • 1937 - ARGENTINA - Local: Argentina. Participantes da Fase Final: 6.
  • 1939 - PERU - Local: Peru. Participantes da Fase Final: 5.
  • 1941 - ARGENTINA - Local: Chile. Participantes da Fase Final: 5.
  • 1942 - URUGUAI - Local: Uruguai. Participantes da Fase Final: 7.
  • 1945 - ARGENTINA - Local: Chile. Participantes da Fase Final: 7.
  • 1946 - ARGENTINA - Local: Argentina. Participantes da Fase Final: 6.
  • 1947 - ARGENTINA - Local: Equador. Participantes da Fase Final: 8.
  • 1949 - BRASIL - Local: Brasil. Participantes da Fase Final: 8.
  • 1953 - PARAGUAI - Local: Peru. Participantes da Fase Final: 7.
  • 1955 - ARGENTINA - Local: Chile. Participantes da Fase Final: 6.
  • 1956 - URUGUAI - Local: Uruguai. Participantes da Fase Final: 6.
  • 1957 - ARGENTINA - Local: Peru. Participantes da Fase Final: 7.
  • 1959 - ARGENTINA - Local: Argentina. Participantes da Fase Final: 7.
  • 1959 II - URUGUAI - Local: Equador. Participantes da Fase Final: 5.
  • 1963 - BOLÍVIA - Local: Bolívia. Participantes da Fase Final: 7.
  • 1967 - URUGUAI - Local: Uruguai. Participantes da Fase Final: 6.

Copa América

  • 1975 - PERU - Local: - Participantes da Fase Final: 10.
  • 1979 - PARAGUAI - Local: - Participantes da Fase Final: 10.
  • 1983 - URUGUAI - Local: - Participantes da Fase Final: 10.
  • 1987 - URUGUAI - Local: Argentina. Participantes da Fase Final: 10.
  • 1989 - BRASIL - Local: Brasil. Participantes da Fase Final: 10.
  • 1991 - ARGENTINA - Local: Chile. Participantes da Fase Final: 10.
  • 1993 - ARGENTINA - Local: Equador. Participantes da Fase Final: 12.
  • 1995 - URUGUAI - Local: Uruguai. Participantes da Fase Final: 12.
  • 1997 - BRASIL - Local: Bolívia. Participantes da Fase Final: 12.
  • 1999 - BRASIL - Local: Paraguai. Participantes da Fase Final: 12.
  • 2001 - COLÔMBIA - Local: Colômbia. Participantes da Fase Final: 12.
  • 2004 - BRASIL - Local: Peru. Participantes da Fase Final: 12.
  • 2007 - BRASIL - Local: Venezuela. Participantes da Fase Final: 12.
  • 2011 - URUGUAI - Local: Argentina. Participantes da Fase Final: 12.
  • 2015 - CHILE Local - Chile. Participantes da Fase Final: 12.

Copa América Centenário

  • 2016 - CHILE - Local: Estados Unidos. Participantes da Fase Final: 16.

Copa América

  • 2019 - BRASIL Local: Brasil. Participantes da Fase Final: 12.
  • 2021 - ? Local: Brasil. Participantes da Fase Final: 10.
  • 2024 - ? Local: Equador. Participantes da Fase Final: ??


Ranking

  • 1º Uruguai - 15
  • 2º Argentina - 14
  • 3º Brasil - 9
  • 4º Chile - 2
  • 4º Paraguai - 2
  • 4º Peru - 2
  • 7º Bolívia - 1
  • 7º Colômbia - 1

terça-feira, 15 de junho de 2021

Os Campeões Asiáticos

Confira a relação das seleções campeães da Ásia ou da Copa da AFC.

Clique aqui para ver todos os participantes da Copa da Ásia de seleções.


Os Campeões

  • 1956 - COREIA DO SUL em Hong Kong com 4 times na Fase Final.
  • 1960 - COREIA DO SUL na Coreia do Sul com 4 times na Fase Final.
  • 1960 - ISRAEL em Israel com 4 times na Fase Final.
  • 1968 - IRÃ no Irã com 5 times na Fase Final.
  • 1972 - IRÃ na Tailândia com 6 times na Fase Final.
  • 1976 - IRÃ no Irã com 6 times na Fase Final.
  • 1980 - CUAITE no Cuaite com 6 times na Fase Final.
  • 1984 - ARÁBIA SAUDITA na Cingapura com 10 times na Fase Final.
  • 1988 - ARÁBIA SAUDITA no Catar com 10 times na Fase Final.
  • 1992 - JAPÃO no Japão com 8 times na Fase Final.
  • 1996 - ARÁBIA SAUDITA nos Emirados Árabes com 8 times na Fase Final.
  • 2000 - JAPÃO no Líbano com 12 times na Fase Final.
  • 2004 - JAPÃO na China com 16 times na Fase Final.
  • 2007 - IRAQUE na Indonésia/Malásia/Tailândia/Vietnão com 16 times na Fase Final.
  • 2011 - JAPÃO no Catar com 16 times na Fase Final.
  • 2015 - AUSTRÁLIA na Austrália com 16 times na Fase Final.
  • 2019 - CATAR nos Emirados Árabes com 24 times na Fase Final.



Ranking

  • 1º Japão - 4
  • 2º Arábia Saudita -3
  • 2º Irã - 3
  • 4º Coreia do Sul - 2
  • 5º Austrália - 1
  • 5º Catar - 1
  • 5º Cuaite - 1
  • 5º Iraque - 1
  • 5º Israel - 1

segunda-feira, 14 de junho de 2021

Os Presidentes do Fluminene FC

Confira a relação de presidentes do Fluminense Football Club.

A foto é de Francisco Horta (presidente de 1975 a 1978).


Todos os Presidentes do Fluminense FC

  • 1902 a 1903 - Oscar Alfredo Sebstião Cox
  • 1903 a 1908 - Francis Henry Walter
  • 1908 a 1910 - Antônio Vaz de Carvalho Júnior
  • 1910 a 1912 - Antônio Cavalcanti de Albuqueque
  • 1912 a 1913 - Guilherme Guinle
  • 1913 a 1913 - Félix Ignácio Frias
  • 1913 a 1914 - Carlos Guinle
  • 1914 a 1916 - Joaquim da Cunha Freire Sobrinho
  • 1916 a 1931 - Arnaldo Guinle
  • 1936 a 1940 - Alaor Prata Soares
  • 1940 a 1941 - Mário Pollo
  • 1941 a 1943 - Marcos Cláudio Philippe Carneiro de Mendonça
  • 1943 a 1946 - Arnaldo Guinle
  • 1946 a 1949 - Manuel de Moraes Barros Netto
  • 1949 a 1953 - Fábio Carneiro de Mendonça
  • 1953 a 1955 - Antônio Leite
  • 1955 a 1957 - Jorge Amaro de Freitas
  • 1957 a 1963 - Jorge Frias de Paula
  • 1963 a 1966 - Nélson Vaz Moreira
  • 1966 a 1969 - Luíz Phelippe Saldanha da Gama Murgel
  • 1969 a 1972 - Francisco Leitão Cardoso Laport
  • 1972 a 1975 - Jorge Frias de Paula
  • 1975 a 1978 - Francisco Luiz Cavalcanti da Cunha Horta
  • 1978 a 1981 - Sílvio da Silva Vasconcelos
  • 1981 a 1984 - Sylvio Kelly dos Santos
  • 1984 a 1987 - Manoel Schwartz
  • 1987 a 1990 - Fábio José Egypto da Silva
  • 1990 a 1993 - Ângelo Luís Pereira Chaves
  • 1993 a 1996 - Arnaldo Santhiago Lopes
  • 1996 a 1998 - Álvaro Ferdinando Duarte Barcelos
  • 1998 a 1999 - Manoel Schwartz
  • 1999 a 2004 - David Fischel
  • 2004 a 2010 - Roberto Horcades Figueira
  • 2010 a 2016 - Peter Eduardo Siemsen
  • 2016 a 2019 - Pedro Eduardo Silva Abad
  • 2019 a 2022 - Mário Henrique Guimarães Bittencourt

EC Pinheiros (SP) Hexacampeão do Troféu Brasil de Atletismo de 2016/2017/2018/2019/2020/2021

O Pinheiros (SP) se sagrou hexacampeão do Troféu Brasil de Atletismo de 2016/2017/2018/2019/2020/2021.

O Rio de Janeiro teve participação muito discreta. Além dos pontos conquistados por Pé de Vento e Instituto Mangueira do Futuro, vale ressaltar o retorno do Vasco da Gama às competições nacionais oficiais com a inscrição de dois atletas que obtiveram índice para o torneio.


Classificação

  • 1º Pinheiros (SP) - 409 - Hexacampeão.
  • 2º ORCAMPI (SP) - 251
  • 3º CT Maranhão (MA) - 186
  • 4º União Catarinense de Atletismo (SC) - 121
  • 5º Instituto Elisângela Maria Adriano (SP) - 95

....

  • 34º Pé de VEnto (RJ) - 13
  • 40º Instituto Mangueira do Futuro - 9


Os Campeões Brasileiros (não-oficial)

Troféu Ademar de Barros

  • 1940.1 - EC Pinheiros (SP)
  • 1940.2 - AD Floresta (SP)
  • 1941.1 - Fluminense FC (RJ)
  • 1941.2 - Fluminense FC (RJ)
  • 1942 - Fluminense FC (RJ)
  • 1943 - ----
  • 1944 - ----

I Troféu Brasil

  • 1945 - São Paulo FC (SP)
  • 1946 - São Paulo FC (SP)
  • 1947 - São Paulo FC (SP)
  • 1948 - São Paulo FC (SP)
  • 1949.1 - São Paulo FC (SP)
  • 1949.2 - EC Pinheiros (SP)
  • 1950.1 - Botafogo FR (RJ)
  • 1950.2 - Botafogo FR (RJ)
  • 1951.1 - Botafogo FR (RJ)
  • 1951.2 - São Paulo FC (SP)

II Troféu Brasil

  • 1952.1 - Fluminense FC (RJ)
  • 1952.2 - CR Vasco da Gama (RJ)
  • 1953.1 - CR Vasco da Gama (RJ)
  • 1953.2 - CR Vasco da Gama (RJ)
  • 1954.1 - CR Vasco da Gama (RJ)
  • 1954.2 - CR Vasco da Gama (RJ)

III Troféu Brasil

  • 1955 - CR Vasco da Gama (RJ)
  • 1956.1 - CR Flamengo (RJ)
  • 1956.2 - CR Flamengo (RJ)
  • 1957.1 - CR Flamengo (RJ)
  • 1958 - CR Vasco da Gama (RJ)
  • 1959.1 - Grêmio FPA (RS)
  • 1959.2 - Grêmio FPA (RS)
  • 1960 - CR Tietê (SP)
  • 1961 - CR Flamengo (RJ)

IV Troféu Brasil

  • 1962.1 - CR Flamengo (RJ)
  • 1962.2 - CR Flamengo (RJ)
  • 1963 - CR Flamengo (RJ)
  • 1964.1 - CR Flamengo (RJ)
  • 1964.2 - CR Flamengo (RJ)
  • 1965.1 - CR Flamengo (RJ)
  • 1965.2 - Botafogo FR (RJ)

V Troféu Brasil

  • 1966.1 - CR Flamengo (RJ)
  • 1966.2 - EC Pinheiros (SP)
  • 1967.1 - CR Flamengo (RJ)
  • 1967.2 - CR Flamengo (RJ)
  • 1968.1 - EC Pinheiros (SP)
  • 1968.2 - EC Pinheiros (SP)
  • 1969.1 - EC Pinheiros (SP)
  • 1969.2 - Botafogo FR (RJ)
  • 1970 - EC Pinheiros (SP)

VI Troféu Brasil

  • 1971 - EC Pinheiros (SP)
  • 1972.1 - EC Pinheiros (SP)
  • 1972.2 - CR Flamengo (RJ)
  • 1973 - EC Pinheiros (SP)
  • 1974 - EC Pinheiros (SP)
  • 1975 - ----
  • 1976 - ----
  • 1977.1 - GE SESI Santo André (SP)
  • 1977.2 - GE SESI Santo André (SP)
  • 1978 - AA Universidade Gama Filho (RJ)
  • 1979 - AA Universidade Gama Filho (RJ)
  • 1980 - AA Universidade Gama Filho (RJ)

VII Troféu Brasil

  • 1981.1 - AA Guaru (SP)
  • 1981.2 - AA Universidade Gama Filho (RJ)
  • 1982 - AA Universidade Gama Filho (RJ)
  • 1983 - AA Universidade Gama Filho (RJ)

VIII Troféu Brasil

  • 1984 - AA Universidade Gama Filho (RJ)
  • 1985 - GE SESI Santo André (SP)
  • 1986 - Ultracred Clube (SP)
  • 1987 - Ultracred Clube (SP)
  • 1988 - GE SESI Santo André (SP)
  • 1989 - GE SESI Santo André (SP)

IX Troféu Brasil

  • 1990 - GE SESI São Caetano do Sul (SP)

X Troféu Brasil

1991 - GE SESI São Caetano do Sul (SP)

XI Troféu Brasil

1992 - GE SESI São Caetano do Sul (SP)

XII Troféu Brasil

  • 1993 - UE Funilense (SP)

XIII Troféu Brasil

  • 1994 - UE Funilense (SP)

XIV Troféu Brasil

  • 1995 - UE Funilense (SP)

XV Troféu Brasil

  • 1996 - UE Funilense (SP)

XVI Troféu Brasil:

  • 1997 - UE Funilense (SP)

XVII Troféu Brasil:

  • 1998 - UE Funilense (SP)

XVIII Troféu Brasil

  • 1999 - UE Funilense (SP)

XIX Troféu Brasil

  • 2000 - UE Funilense (SP)

XX Troféu Brasil

  • 2001 - UE Funilense (SP)

XXI Troféu Brasil

  • 2002 - UE Funilense (SP)

XXII Troféu Brasil

  • 2003 - BM&F (SP)

XXIII Troféu Brasil

  • 2004 - BM&F (SP)

XXIV Troféu Brasil

  • 2005 - BM&F (SP)

XXV Troféu Brasil

  • 2006 - BM&F (SP)

XXVI Troféu Brasil

  • 2007 - BM&F (SP)

XXVII Troféu Brasil

  • 2008 - BM&F (SP)

XXVIII Troféu Brasil

  • 2009 - BM&F (SP)

XXIX Troféu Brasil

  • 2010 - BM&F (SP)

XXX Troféu Brasil

  • 2011 - BM&F (SP)

XXXI Troféu Brasil

  • 2012 - BM&F (SP)

XXXII Troféu Brasil

  • 2013 - BM&F (SP)

XXXIII Troféu Brasil

  • 2014 - BM&F (SP)

XXXIV Troféu Brasil

  • 2015 - BM&F (SP)

XXXV Troféu Brasil

  • 2016 - EC Pinheiros (SP)

XXXVI Troféu Brasil

  • 2017 - EC Pinheiros (SP)

XXXVII Troféu Brasil

  • 2018 - EC Pinheiros (SP)

XXXVIII Troféu Brasil

  • 2019 - EC Pinheiros (SP)

XXXIX Troféu Brasil

  • 2020 - EC Pinheiros (SP)

XL Troféu Brasil

  • 2021 - EC Pinheiros (SP)


    Ranking (Não-oficial)

    • 1º EC Pinheiros (SP) - 17
    • 2º CR Flamengo (RJ) - 14
    • 3º BM&F (SP) - 12
    • 4º UE Funilense (SP) - 10
    • 5º AA Universidade Gama Filho (RJ) - 7
    • 5º CR Vasco da Gama (RJ) - 7
    • 7º São Paulo FC (SP) - 6
    • 8º Botafogo FR (RJ) - 5
    • 8º GE Santo André (SP) - 5
    • 10º Fluminense FC (RJ) - 4
    • 11º GE SESI São Caetano do Sul (SP) - 3
    • 12º Grêmio FPA (RS) - 2
    • 12º Ultracred Clube (SP) - 2
    • 14º AD Floresta (SP) - 1
    • 14º AA Guaru (SP) - 1
    • 14º CR Tietê (SP) - 1


    Ranking por Estado (Não-oficial)

    • 1º SP - 57
    • 2º RJ - 37
    • 3º RS - 2


    Os Detentores do Tróféu Brasil (oficial)

    Troféu Ademar de Barros

    • 1940 a 1942 - Fluminense FC (RJ)

    Troféu Brasil

    • 1945 a 1951 - São Paulo FC (SP)
    • 1952 a 1954 - CR Vasco da Gama (RJ)
    • 1955 a 1961 - CR Flamengo (RJ)
    • 1962 a 1965 - CR Flamengo (RJ)
    • 1966 a 1970 - EC Pinheiros (SP)
    • 1971 a 1980 - Universidade Gama Filho (RJ)
    • 1981 a 1983 - Universidade Gama Filho (RJ)
    • 1984 a 1989 - GE SESI Santo André (SP)
    • 1990 - GE SESI São Caetano do Sul (SP)
    • 1991 - GE SESI São Caetano do Sul (SP)
    • 1992 - GE SESI São Caetano do Sul (SP)
    • 1993 - UE Funilense (SP)
    • 1994 - UE Funilense (SP)
    • 1995 - UE Funilense (SP)
    • 1996 - UE Funilense (SP)
    • 1997 - UE Funilense (SP)
    • 1998 - UE Funilense (SP)
    • 1999 - UE Funilense (SP)
    • 2000 - UE Funilense (SP)
    • 2001 - UE Funilense (SP)
    • 2002 - UE Funilense (SP)
    • 2003 - BM&F (SP)
    • 2004 - BM&F (SP)
    • 2005 - BM&F (SP)
    • 2006 - BM&F (SP)
    • 2007 - BM&F (SP)
    • 2008 - BM&F (SP)
    • 2009 - BM&F (SP)
    • 2010 - BM&F (SP)
    • 2011 - BM&F (SP)
    • 2012 - BM&F (SP)
    • 2013 - BM&F (SP)
    • 2014 - BM&F (SP)
    • 2015 - BM&F (SP)
    • 2016 - EC Pinheiros (SP)
    • 2017 - EC Pinheiros (SP)
    • 2018 - EC Pinheiros (SP)
    • 2019 - EC Pinheiros (SP)
    • 2020 - EC Pinheiros (SP)
    • 2021 - EC Pinheiros (SP)


    Ranking (oficial)

    • 1º BM&F - 13
    • 2º UE Funilense - 10
    • 3º EC Pinheiros - 7
    • 4º GE SESI São Caetano do Sul - 3
    • 5º CR Flamengo - 2
    • 5º AA Universidade Gama Filho - 2
    • 7º Fluminense FC - 1
    • 7º São Paulo FC - 1
    • 7º CR Vasco da Gama - 1
    • 7º GE SESI Santo André - 1


    Ranking por Estado (oficial)

    • 1º SP - 35
    • 2º RJ - 6

    domingo, 13 de junho de 2021

    GE Quintino Bocayuva Campeão Estadual Feminino de Basquetebol de 1952

    GE Quintino Bocayuva Campeão Estadual Feminino de Basquetebol de 1952
    O Grêmio Esportivo Quintino Bocayuva se sagrou campeão estadual adulto feminino de basquetebol de 1952.

    O time-base campeão era formado por Nivea Figueiredo Silva, Norma, Ivone Santos, Irani Costa e Eugênia Rindeika. Completaram o elenco Glicínia Carvalho, Lourdes Dias, Abigail Marina, Dirci, Eunice e Zombinha. O técnico era Charles Borer, que futuramente seria o presidente do Botafogo.


    Os Participantes

    • America FC (Rio de Janeiro) 
    • Botaogo FR (Rio de Janeiro)
    • Carioca EC (Rio de Janeiro)
    • CR Flamengo (Rio de Janeiro)
    • Fluminense FC (Rio de Janeiro)
    • Madureira AC (Rio de Janeiro)
    • GE Quintino Bocayuva (Rio de Janeiro)
    • CR Vasco da Gama (Rio de Janeiro)


    Fonte da Pesquisa: História do Futebol.

    Definida a Seleção Olímpica de Surfe

    A seleção olímpica de surfe foi definida com base no Campeonato Mundial de 2019.


    A Seleção Brasileira de Surfe em Tóquio 2020

    • Gabriel Medina - Avulso.
    • Ítalo Ferreira - Avulso.
    • Tatiana Weston-Webb - Avulso.
    • Silvana Lima - Avulso.

    Modesto FC Campeão Estadual de 1927

    O Modesto se sagrou campeão estadual de 1927 pela LMDT - enquanto que o Flamengo faturou o título da AMEA.

    O Modesto FC conquistou o bicampeonato da LMDT. Ele enfrentou Americano, Campo Grande, Dramático, Engenho de Dentro, Esperança, Fidalgo, Mavilis, Metropolitano e São Paulo-Rio. Não temos mais detalhes.

    Infelizmente, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro não reconhece os campeões da LMDT.

    CR Flamengo Campeão Estadual de 1927

    O Flamengo conquistou o Campeonato Carioca da AMEA, enquanto que o Modesto faturou o Bicampeonato da LMDT em 1927.

    O artilheiro da AMEA foi Nilo (Botafogo), com 30 gols. 

    O time da foto do Flamengo: Amado, Helcio, Couto, Penha, Flávio Costa, Benevenuto, Edson (Newton), Vadinho, Fragoso, Angenor e Moderato. 


    A Campanha do Flamengo (AMEA)

    • 5-2 Villa Isabel - c 
    • 3-2 Andarahy - f 
    • 2-1 São Cristóvão - c 
    • 2-9 Botafogo - c 
    • 5-2 Bangu - f 
    • 1-0 Fluminense - f 
    • 3-0 Vasco da Gama - c 
    • 6-1 SC Brasil - c 
    • 1-3 America - f 
    • 4-2 Villa Isabel - f 
    • 3-1 Andarahy - c 
    • 1-0 SC Brasil - f 
    • 1-1 São Cristóvão - f 
    • 3-5 Botafogo - f 
    • 2-0 Bangu - c 
    • 1-1 Fluminense - c 
    • 2-1 Vasco da Gama - f 
    • 2-1 America - c 


    Classificação

    • 1º Flamengo - Bicampeão.
    • 2º Fluminense 
    • 3º America 
    • 4º Vasco da Gama 
    • 4º Botafogo 
    • 6º São Cristóvão 
    • 7º Bangu 
    • 8º Andarahy 
    • 9º SC Brasil 
    • 10º Villa Isabel 


    quarta-feira, 9 de junho de 2021

    CR Vasco da Gama Bicampeão Estadual Masculino de Basquetebol de 1978/1979

    CR Vasco da Gama Bicampeão Estadual Masculino de Basquetebol de 1978/1979
    O Vasco da Gama se sagrou bicampeão estadual adulto masculino de basquetebol de 1978/1979.

    O time vascaíno terminariam como tetracampeão estadual em 1981.

    Os jogadores da foto são: Fábio, Paulão, Miguel Ângelo, Márvio, Luisinho, Luis Brasília, Marcão e Cid Fernandes (técnico). Agachados estão Papagaio, Bira, Mauro e Manteiga.

    terça-feira, 8 de junho de 2021

    Os Campeões Africanos

    Confira os campeões africanos de todos os tempos. A Copa Africana das Nações teve sua primeira edição em 1957 e o Egito foi seu primeiro campeão.

    Leia sobre todos os participantes da Copa Africana aqui.


    Os Campeões

    • 1957 - EGITO no Sudão com 3 times na Fase Final.
    • 1959 - EGITO no Egito com 3 times na Fase Final.
    • 1962 - ETIÓPIA na Etiópia com 4 times na Fase Final.
    • 1963 - GANA em Gana com 6 times na Fase Final.
    • 1965 - GANA na Tunísia com 6 times na Fase Final.
    • 1968 - R.D. CONGO na Etiópia com 8 times na Fase Final.
    • 1970 - SUDÃO no Sudão com 8 times na Fase Final.
    • 1972 - CONGO em Camarões com 8 times na Fase Final.
    • 1974 - ZAIRE no Egito com 8 times na Fase Final.
    • 1976 - MARROCOS na Etiópia com 8 times na Fase Final.
    • 1978 - GANA em Gana com 8 times na Fase Final.
    • 1980 - NIGÉRIA na Nigéria com 8 times na Fase Final.
    • 1982 - GANA na Líbia com 8 times na Fase Final.
    • 1984 - CAMARÕES na Costa do Marfim com 8 times na Fase Final.
    • 1986 - EGITO no Egito com 8 times na Fase Final.
    • 1988 - CAMARÕES no Marrocos com 8 times na Fase Final.
    • 1990 - ARGÉLIA na Argélia com 8 times na Fase Final.
    • 1992 - COSTA DO MARFIM no Senegal com 12 times na Fase Final.
    • 1994 - NIGÉRIA na Tunísia com 12 times na Fase Final.
    • 1996 - ÁFRICA DO SUL na África do Sul com 15 times na Fase Final.
    • 1998 - EGITO em Burquina Faso com 16 times na Fase Final.
    • 2000 - CAMARÕES na Nigéria com 16 times na Fase Final.
    • 2002 - CAMARÕES no Máli com 16 times na Fase Final.
    • 2004 - TUNÍSIA na Tunísia com 16 times na Fase Final.
    • 2006 - EGITO no Egito com 16 times na Fase Final.
    • 2008 - EGITO em Gana com 16 times na Fase Final.
    • 2010 - EGITO em Angola com 15 times na Fase Final.
    • 2012 - ZÂMBIA em Guiné Equatorial/Gabão com 16 times na Fase Final.
    • 2013 - NIGÉRIA na África do Sul com 16 times na Fase Final.
    • 2015 - COSTA DO MARFIM  no Guiné-Equatorial com 16 times na Fase Final.
    • 2017 - CAMARÕES no Gabão com 16 times na Fase Final.
    • 2019 - ARGÉLIA no Egito com 24 times na Fase Final.
    • 2022 - ???? em Camarões com 24 times na Fase Final.
    • 2023 - ???? na Costa do Marfim com ?? times na Fase Final.
    • 2025 - ???? no Guiné com ?? times na Fase Final.


    Ranking

    • 1º Egito - 7
    • 2º Camarões - 5
    • 3º Gana - 4
    • 4º Argélia - 2
    • 4º Nigéria - 2
    • 6º África do Sul - 1
    • 6º Congo - 1
    • 6º R. D. Congo - 1
    • 6º Costa do Marfim - 1
    • 6º Etiópia - 1
    • 6º Marrocos - 1
    • 6º Sudão - 1
    • 6º Tunísia - 1
    • 6º Zaire - 1
    • 6º Zâmbia - 1

    Basquete Feminino do Vasco em 1965

    basquete feminino vasco 1965
    Confira uma foto rara do do basquetebol feminino do Vasco da Gama de 1965.

    Na temporada 1965, o Flamengo acabou com o título do Campeonato Estadual. No entanto, o Vasco tinha um grande time e, junto também do Botafogo, protagonizou um dos melhores campeonatos do Rio de Janeiro do naipe feminino.

    segunda-feira, 7 de junho de 2021

    Botafogo e Coritiba (PR) Decidem Copa do Brasil Sub-20

    Botafogo e Coritiba (PR) fazem a final da Copa do Brasil sub-20 de 2020.

    A equipe carioca carimbou seu passaporte para a grande final ao eliminar o Avaí (SC) por 2 a 1 no placar agregado.


    4ª Fase

    Jogos de Ida

    30/05/2021

    • Botafogo 2-0 Avaí (SC)

    31/05/2021

    • (RS) Internacional 1-1 Coritiba (PR)

    Jogos de Volta

    04/06/2021

    (PR) Coritiba * 3-2 Internacional (RS)

    05/06/2021

    • (SC) Avaí 1-0 * Botafogo

    domingo, 6 de junho de 2021

    Copa de Ouro da CONCACAF

    Confira todas as seleções campeães da CONCACAF. O Campeonato da CONCACAF, que começou a ser disputado em 1963 foi substituído pela Copa de Ouro da CONCACAF em 1991.

    De tempos em tempos, a CONCACAF convida seleções de outras confederações para o torneio.

    Confira aqui todos os participantes da Copa da CONCACAF.


    Os Campeões

    Campeonato da CONCACAF

    • 1963 - COSTA RICA em El Salvador com 13 times na Fase Final.
    • 1965 - MÉXICO na Guatemala com 6 times na Fase Final.
    • 1967 - GUATEMALA em Honduras com 6 times na Fase Final.
    • 1969 - COSTA RICA em casa com 6 times na Fase Final.
    • 1971 - MÉXICO em Trinidad & Tobago com 6 times na Fase Final.
    • 1973 - HAITI em casa com 6 times na Fase Final.
    • 1977 - MÉXICO em casa com 6 times na Fase Final.
    • 1981 - HONDURAS em casa com 6 times na Fase Final.
    • 1985 - CANADÁ sem sede fixa com 3 times na Fase Final.
    • 1989 - COSTA RICA sem sede fixa com 5 times na Fase Final.

    Copa de Ouro da CONCACAF

    • 1991 - ESTADOS UNIDOS em casa com 8 times na Fase Final.
    • 1993 - MÉXICO nos Estados Unidos/México com 8 times na Fase Final.
    • 1996 - MÉXICO nos Estados Unidos com 9 times na Fase Final.
    • 1998 - MÉXICO nos Estados Unidos com 10 times na Fase Final.
    • 2000 - CANADÁ nos Estados Unidos com 12 times na Fase Final.
    • 2002 - ESTADOS UNIDOS em casa com 12 times na Fase Final.
    • 2003 - MÉXICO nos Estados Unidos/México com 12 times na Fase Final.
    • 2005 - ESTADOS UNIDOS em casa com 12 times na Fase Final.
    • 2007 - ESTADOS UNIDOS em casa com 12 times na Fase Final.
    • 2009 - MÉXICO nos Estados Unidos com 12 times na Fase Final.
    • 2011 - MÉXICO nos Estados Unidos com 12 times na Fase Final.
    • 2013 - ESTADOS UNIDOS em casa com 12 times na Fase Final.
    • 2015 - MÉXICO no Canadá/Estados Unidos com 12 times na Fase Final.
    • 2017 - ESTADOS UNIDOS nos Estados Unidos com 12 times na Fase Final.
    • 2019 - MÉXICO nos Estados Unidos com 16 times na Fase Final.


    Ranking

    • 1º México - 11
    • 2º Estados Unidos - 6
    • 3º Costa Rica - 3
    • 4º Canadá - 1
    • 4º Guatemala - 1
    • 4º Haiti - 1
    • 4º Honduras - 1


    Ranking por Região

    • 1º América do Norte - 18
    • 2º América Central - 5
    • 3º Caribe - 1

    sábado, 5 de junho de 2021

    Convocada a Seleção Olímpica de Mountain Bike

    A Confederação Brasileira de Ciclismo definiu seus três atletas que representarão o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 na disciplina do Mountain Bike.


    A Seleção Brasileira Olímpica de Mountain Bike

    • Henrique Avancini - Cannondale Factory Racing (Alemanha).
    • Luiz Cocuzzi - Equipe Lar (SP).
    • Jaqueline Mourão - Trek Factor Racing (MG).

    Convocada a Seleção Olímpica de Badminton

    O Brasil será representado por dois atletas no badminton em Tóquio 2020: Fabiana Silva e Ygor Coelho. Ygor é atleta da Associação Miratus e representará o Rio de Janeiro no torneio.


    A Seleção Brasileira Olímpica de Badminton

    • Fabiana Silva - C Fonte São Paulo
    • Ygor Coelho - A Miratus B

    sexta-feira, 4 de junho de 2021

    Os Campeões dos Emirados Árabes

    Confira todos os campeões dos Emirados Árabes, que organiza sua UAE Liga Pro.


    Os Campeões

    • 1973/74 - Al Oroba
    • 1974/75 - Al Ahli
    • 1975/76 - Al Ahli
    • 1976/77 - Al Ain
    • 1977/78 - Al Nasr
    • 1978/79 - Al Nasr
    • 1979/80 - Al Ahli
    • 1980/81 - Al Ain
    • 1981/82 - Al Wasl
    • 1982/83 - Al Wasl
    • 1983/84 - Al Ain
    • 1984/85 - Al Wasl
    • 1985/86 - Al Nasr
    • 1986/87 - Sharjah
    • 1987/88 - Al Wasl
    • 1988/89 - Sharjah
    • 1989/90 - Al Shabab
    • 1991/92 - Al Wasl
    • 1992/93 - Al Ain
    • 1993/94 - Sharjah
    • 1994/95 - Al Shabab
    • 1995/96 - Sharjah
    • 1996/97 - Al Wasl
    • 1997/98 - Al Ain
    • 1998/99 - Al Wahda
    • 1999/00 - Al Ain
    • 2000/01 - Al Wahda
    • 2001/02 - Al Ain
    • 2002/03 - Al Ain
    • 2003/04 - Al Ain
    • 2004/05 - Al Wahda
    • 2005/06 - Al Ahli
    • 2006/07 - Al Wasl
    • 2007/08 - Al Shabab
    • 2008/09 - Al Ahli
    • 2009/10 - Al Wahda
    • 2010/11 - Al Jazira
    • 2011/12 - Al Ain
    • 2012/13 - Al Ain
    • 2013/14 - Al Ahli
    • 2014/15 - Al Ain
    • 2015/16 - Al Ahli
    • 2016/17 - Al Jazira
    • 2017/18 - Al Ain
    • 2018/19 - Sharjah
    • 2019/20 - ----
    • 2020/21 - Al Jazira


    Ranking

    • 1º Al Ain - 13
    • 2º Al Ahli - 7
    • 2º Al Wasl - 7
    • 4º Al Ahli - 4
    • 4º Al Wahda - 4
    • 6º Al Jazira - 3
    • 6º Al Nasr - 3
    • 6º Al Shabab - 3
    • 9º Al Oroba - 1

    quarta-feira, 2 de junho de 2021

    Começou o Estadual de Remo de 2021

    remo flamengo 2021
    Começou o Estadual de remo de 2021.

    O Flamengo remou na frente na Lagoa Rodrigo de Freitas, venceu a primeira regata do Campeonato Estadual de 2021 e assumiu a liderança do Campeonato Estadual.


    Classificação da 1ª Regata

    • 1º Flamengo - 129 - Vencedor.
    • 2º Botafogo - 76
    • 3º Vasco da gama - 50
    • 4º CR Rio de Janeiro - 6
    • 5º Escola Naval - 3
    • 6º Piraquê - 1


    Classificação do Campeonato Estadual

    • 1º Flamengo - 116
    • 2º Botafogo - 66
    • 3º Vasco da Gama - 40
    • 4º Escola Naval - 3

    CR Flamengo Campeão do Torneio Estadual Sub-19 Feminino de Polo Aquático de 2021

    CR Flamengo Campeão do Torneio Estadual Sub-19 Feminino de Polo Aquático de 2021
    O Flamengo se sagrou campeão do Torneio Estadual Sub-19 Feminino de Polo Aquático de 2021.

    Na grande final, as meninas da Gávea superaram o Tijuca TC por 17 a 0.


    Os Campeões

    • 2021 - CR Flamengo

    CR Flamengo Campeão do Torneio Estadual Sub-19 Masculino de Polo Aquático de 2021

    flamengo campeão torneio estadual sub-19 masculino polo aquatico 2021
    O Flamengo se sagrou campeão do Torneio Estadual sub-19 masculino de Polo Aquático de 2021.

    Na final, o Mengão superou o Tijuca TC por 15 a 4.


    Os Campeões

    • 2021 - CR Flamengo

    terça-feira, 1 de junho de 2021

    Os Clubes Campeões da África

    A Copa Africana dos Campeões, agora Liga dos Campeões Africanos, é a competição de maior prestígio da África. A cada temporada campeões de todos os países e territórios entram em campo para brigar pelo troféu mais importante do continente.


    Os Campeões

    Copa dos Campeões

    • 1964 - Oryx Douala (Camarões)
    • 1965 - ----
    • 1966 - Stade d´Abidjan (Costa do Marfim)
    • 1967 - Tout Puissant Englebert* (Zaire)
    • 1968 - Tout Puissant Englebert* (Zaire)
    • 1969 - Isamaili SC (Egito)
    • 1970 - Asante Kotoko SC (Gana)
    • 1971 - Canon K Yaoundé (Camarões)
    • 1972 - Hafia FC (Guiné)
    • 1973 - AS Vita Club (Zaire)
    • 1974 - CARA Brazzaville (Congo)
    • 1975 - Hafia FC (Guiné)
    • 1976 - Mouloudia C Alger (Argélia)
    • 1977 - Hafia FC (Guiné)
    • 1978 - Canon K Yaoundé (Camarões)
    • 1979 - Union S Douala (Camarões)
    • 1980 - Canon K Yaoundé (Camarões)
    • 1981 - Jeunesse Electronique Tizi-Ouzou** (Argélia)
    • 1982 - Al Ahly SC (Egito)
    • 1983 - Asante Kotoko SC (Gana)
    • 1984 - Zamalek SC (Egito)
    • 1985 - AS Forces Armées Royales Rabat (Marrocos)
    • 1986 - Zamalek SC (Egito)
    • 1987 - Al Ahly SC (Egito)
    • 1988 - Entente Plasticiens Sétif *** (Argélia)
    • 1989 - Raja CA (Marrocos)
    • 1990 - JS Kabylie (Argélia)
    • 1991 - Club Africain (Tunísia)
    • 1992 - Wydad AC (Marrocos)
    • 1993 - Zamalek SC (Egito)
    • 1994 - Espérance ST (Tunísia)
    • 1995 - Orlando Pirates FC (África do Sul)
    • 1996 - Zamalek SC (Egito)

    Liga dos Campeões

    • 1997 - Raja CA (Marrocos)
    • 1998 - ASEC Mimosas (Costa do Marfim)
    • 1999 - Raja CA (Marrocos)
    • 2000 - A Hearts of Oak SC (Gana)
    • 2001 - Al Ahly SC (Egito)
    • 2002 - Zamalek SC (Egito)
    • 2003 - Enyimba International FC (Nigéria)
    • 2004 - Enyimba Internacional FC (Nigéria)
    • 2005 - Al Ahly SC (Egito)
    • 2006 - Al Ahly SC (Egito)
    • 2007 - Étoile Sportif du Sahel (Tunísia)
    • 2008 - Al Ahly SC (Egito)
    • 2009 - Tout Puissant Mazembe (R. D. Congo)
    • 2010 - Tout Puissant Mazembe (R. D. Congo)
    • 2011 - Espérance ST  (Tunísia)
    • 2012 - Al Ahly SC (Egito)
    • 2013 - Al Ahly SC (Egito)
    • 2014 - ES Sétif (Argélia)
    • 2015 - Tout Puissant Mazembe (R. D. Congo)
    • 2016 - Mamelodi Sundowns (África do Sul)
    • 2017 - Wydad AC (Marrocos)
    • 2018 - Espérance ST  (Tunísia)
    • 2018/19 - Espérance ST  (Tunísia)
    • 2019/20 - Al Ahly SC (Egito)


    Ranking

    • 1º Al Ahly SC - 9
    • 2º Tout Puissant Mazembe - 5
    • 2º Zamalek SC - 5
    • 4º Espérance ST  - 4
    • 5º Canon K Yaoundé - 3
    • 5º Hafia FC  - 3
    • 5º Raja CA - 3
    • 8º Asante Kotoko SC - 2
    • 8º Enyimba International FC - 2
    • 8º JS Kabylie - 2
    • 8º Wydad AC - 2
    • 13º ES Sétif*** - 1
    • 13º ASEC Mimosas - 1
    • 13º CARA Brazzaville - 1
    • 13º Club Africain - 1
    • 13º Étoile Sportif du Sahel - 1
    • 13º AS Forces Armées Royales Rabat - 1
    • 13º A Hearts of Oak SC - 1
    • 13º Ismaili SC - 1
    • 13º Mamelodi Sundowns FC - 1
    • 13º Mouloudia C Alger - 1
    • 13º Orlando Pirates FC - 1
    • 13º Oryx Douala - 1
    • 13º Stade d´Abidjan - 1
    • 13º Union S Douala - 1
    • 13º AS Vita Club - 1
    Obs: O antigo nome do Tout Puissant Mazembe é Tout Puissant Englebert.
    Obs2: O atual nome do Jeunesse Electronique Tizi-Ouzou é JS Kabylie.
    Obs3: O atual nome do Entente Plasticien Sétif é Entente Sportive de Sétif.


    Ranking por País

    • 1º Egito - 15
    • 2º Marrocos - 6
    • 3º Argélia - 5
    • 3º Camarões - 5
    • 3º Tunísia - 5
    • 6º Gana - 3
    • 6º Guiné - 3
    • 6º R. D. Congo - 3
    • 6º Zaire - 3
    • 10º África do Sul - 2
    • 10º Costa do Marfim - 2
    • 10º Nigéria - 2
    • 13º Congo - 1

    segunda-feira, 31 de maio de 2021

    História da Copa Interamericana

    A Copa Interamericana foi uma tentativa de criar um campeão para todo o continente americano. Dezoito edições da disputa aconteceram mas desde 1998 ela não é disputada.

    A ideia era colocar frente a frente o campeão da Taça Libertadores e o campeão da Copa dos Campeões da CONCACAF.

    O pouco interesse sul-americano pela taça foi uma das razões para o fim da Copa Interamericana. Em alguns anos, o vice-campeão da Libertadores foi quem representou o hemisfério sul na competição.

    A entrada dos mexicanos na Taça Libertadores, que seriam os principais interessados do hemisfério norte nesta rivalidade com o sul, esvaziou a Copa Interamericana de vez.

    O Rio de Janeiro só disputou uma vez a competição. Foi o Vasco da Gama em 1998. O título foi histórico para o futebol norte-americano. O jogo de ida em Washington DC, terminou 0 a 1 para os brasileiros. Mas o jogo de volta em Fort Laudardale (Estados Unidos), terminou com vitória americana por 0 a 2.

    A foto é do Nacional colombiano, campeão de 1990.


    Os Campeões 

    • 1969 - Estudiantes LP (Argentina) 
    • 1972 - C Nacional F (Uruguai) 
    • 1973 - CA Independiente (Argentina) 
    • 1974 - CA Independiente (Argentina) 
    • 1976 - CA Independiente (Argentina) 
    • 1978 - C América (México) 
    • 1980 - C Olimpia (Paraguai) 
    • 1981 - CF Tigres de la UNAM (México) 
    • 1986 - AA Argentinos Juniors (Argentina) 
    • 1987 - CA River Plate (Argentina) 
    • 1989 - C Nacional F (Uruguai) 
    • 1990 - CA Nacional (Colômbia) 
    • 1991 - C América (México) 
    • 1992 - CSD Colo Colo (Chile) 
    • 1994 - CD Universidad Católica (Chile) 
    • 1996 - CA Vélez Sarsfield (Argentina) 
    • 1997 - CA Nacional (Colômbia) 
    • 1998 - Washington DC United (Estados Unidos) 


    Ranking

    • 1º CA Independiente - 3 
    • 2º C América - 2 
    • 2º C Nacional F (Uruguai) - 2 
    • 2º CA Nacional (Colômbia) - 2 
    • 5º AA Argentinos Jrs. - 1 
    • 5º CSD Colo Colo - 1 
    • 5º Estudiantes LP - 1 
    • 5º C Olimpia - 1 
    • 5º CA River Plate - 1 
    • 5º CF Tigres de la UNAM - 1 
    • 5º CD Universidad Católica - 1 
    • 5º CA Vélez Sarsfield - 1 
    • 5º Washington DC United - 1 


    Ranking por País

    • 1º Argentina - 7 
    • 2º México - 3 
    • 3º Chile - 2 
    • 3º Colômbia - 2 
    • 3º Uruguai - 2 
    • 6º Paraguai - 1 
    • 6º Estados Unidos - 1

    domingo, 30 de maio de 2021

    Os Presidentes do Botafogo FR

    Confira a relação de todos os presidentes do Botafogo. A foto ilustra Charles Borer.


    Presidentes do CR Botafogo

    • 1894 a 1895 - José Maria Dias Braga.
    • 1895 a 1895 - Eugênio Paiva de Azevedo.
    • 1895 a 1903 - Gastão Cardoso.
    • 1903 a 1903 - João Carlos de Mello.
    • 1904 a 1904 - Raul do Rego Macedo.
    • 1905 a 1905 - Tiro Valverde de Miranda.
    • 1906 a 1909 - Conrado Maia.
    • 1910 a 1916 - Gastão Cardoso.
    • 1917 a 1919 - Raul do Rego Macedo.
    • 1920 a 1921 - Álvaro Werneck.
    • 1922 a 1922 - Raul do Rego Macedo.
    • 1923 a 1923 - Álvaro Werneck.
    • 1924 a 1926 - Antônio Mendes de Oliveira Castro.
    • 1927 a 1928 - Álvaro Werneck.
    • 1928 a 1930 - Armando de Oliveira Flores.
    • 1930 a 1930 - Alberto Ruiz.
    • 1931 a 1935 - Octávio Costa Macedo.
    • 1935 a 1937 - Ibsen De Rossi.
    • 1937 a 1938 - Julius Anton Henrich Arp Júnior.
    • 1938 a 1938 - Mário Ferreira.
    • 1938 a 1939 - Abelardo Martins Torres.
    • 1939 a 1940 - Álvaro Gomes de Oliveira.
    • 1941 a 1942 - Augusto Frederico Schmidt.


    Presidentes do Botafogo FC

    • 1904 a 1904 - Flávio da Silva Ramos
    • 1904 a 1904 - Alfredo Guedes de Mello.
    • 1905 a 1905 - Waldermar Pereira da Cunha.
    • 1905 a 1907 - Joaquim Antônio de Souza Ribeiro.
    • 1908 a 1908 - Edwin Elkin Hime Júnior.
    • 1909 a 1910 - Joaquim Antônio de Souza Ribeiro.
    • 1911 a 1911 - Alberto Cruz Santos.
    • 1912 a 1914 - Joaquim de Lamare.
    • 1914 a 1914 - Miguel de Pino Machado.
    • 1915 a 1916 - Joaquim Antônio de Souza Ribeiro.
    • 1917 a 1918 - Miguel de Pino Machado.
    • 1919 a 1921 - Renato Pacheco.
    • 1922 a 1922 - Samuel de Oliveira.
    • 1923 a 1923 - Paulo Antînio Azeredo.
    • 1923 a 1924 - Gabriel Loureiro Bernardes.
    • 1925 a 1925 - Oldemar do Amaral Murtinho.
    • 1926 a 1936 - Paulo Antônio Azeredo.
    • 1936 a 1936 - Darke Bhering de Oliveira Mattos.
    • 1937 a 1939 - Sérgio Darcy.
    • 1940 a 1941 - João Lyra Filho.
    • 1941 a 1941 - Benjamin de Almeida Sodré.
    • 1942 a 1942 - Eduardo de Góes Trindade.


    Presidentes do Botafogo FR

    • 1942 a 1943 - Eduardo de Góes Trindade
    • 1944 a 1947 - Adhemar Alves Bebiano
    • 1947 a 1947 - Oswaldo Costa.
    • 1948 a 1951 - Carlos Martins da Rocha (o "Carlito Rocha")
    • 1952 a 1953 - Ibsen de Rossi.
    • 1954 a 1963 - Paulo Antônio Azeredo.
    • 1964 a 1967 - Ney Cidade Palmeiro.
    • 1968 a 1972 - Althemar Dutra de Castolho (o "Tetê")
    • 1973 a 1975 - Rivadávia Corrêa Meyer Jr.
    • 1976 a 1981 - Charles Borer.
    • 1982 a 1983 - Juca Mello Machado.
    • 1983 a 1984 - Emmanuel Sodré Viveiros de Castro.
    • 1985 a 1990 - Althemar Dutra de Castolho (o "Tetê").
    • 1991 a 1992 - Emil Pinheiro.
    • 1992 a 1992 - Jorge Aurélio Ribeiro Domingues.
    • 1992 a 1993 - Mauro Ney Machado Monteiro Palmeiro.
    • 1994 a 1996 - Carlos Augusto Saad Montenegro.
    • 1997 a 1999 - José Luiz Rolim.
    • 2000 a 2002 - Mauro Ney Machado Monteiro Palmeiro.
    • 2003 a 2008 - Paulo Roberto de Freitas (o "Bebeto de Freitas")
    • 2009 a 2011 - Maurício Assumpção Souza Junior (o "Nininho da Praia")
    • 2012 a 2014 - Maurício Assumpção Souza Junior (o "Nininho da Praia")
    • 2015 a 2017 - Maurício Assumpção Souza Junior (o "Nininho da Praia")
    • 2018 a 2020 - Nelso Mufarrej
    • 2021 a 2024 - Durcesio Mello

    Os Presidentes do Vasco da Gama

    antonio soares calçada e roberto dinamite
    Você conhece todos os presidentes do Vasco da Gama? A foto ilustra Roberto Dinamite e Antônio Soares Calçada. Confira a lista abaixo.                                                                                                                        

    Todos os Presidentes do Vasco

    • 1898 - Francisco Gonçalves Couto Júnior
    • 1899 - João Candido de Freitas
    • 1899 - Antônio Marciano Rosas
    • 1900 - Leandro Augusto Martins
    • 1901 - Francisco Gonçalves Couto Júnior
    • 1902 - Miguel Braz
    • 1902 - Alberto de Carvalho Silva
    • 1903 - Alberto de Carvalho Silva
    • 1904 - Francisco Muniz Freire
    • 1905 - Cândido José de Araújo
    • 1906 - Alberto de Carvalho Silva
    • 1906 - Augusto de Mattos Araújo
    • 1908 - Guilherme Isensée
    • 1909 - Felizardo Gonçalvez
    • 1910 - Álvaro Carneiro
    • 1911 - Mário magalhães Correia
    • 1912 - Marcílio Teles
    • 1913 - Aníbal Arthur de Mendonça Peixoto
    • 1914 - Antonio da Silva Duarte
    • 1915 - Alfredo Rebelo Júnior
    • 1915 - Raul da Silva Campos
    • 1916 - Marcílio Teles
    • 1917 - Vítor Farias Gonçalves
    • 1918 - Francisco Marques da Silva
    • 1919 - Francisco Marques da Silva]
    • 1920 - Marcílio Teles
    • 1921 - Francisco Marques da Silva
    • 1921 - Antonio de Almeida Pinho
    • 1922 - Antonio de Almeida Pinho
    • 1923 - Antînio da Silva Campos
    • 1924 - José Augusto Prestes
    • 1925 - Antônio de Almeida Pinho
    • 1926 - Raul da Silva Campos
    • 1932 - Antônio de Almeida Pinho
    • 1933 - Vitor J. P. de Morais
    • 1936 - Jorge Bhering de Matos
    • 1937 - Pedro Pereira Novaes
    • 1939 - Antônio da Silva Campos
    • 1942 - Cyro Aranha
    • 1944 - Manuel Ferreira de Castro Filho
    • 1945 - Jayme Fernandes Guedes
    • 1946 - Cyro Aranha
    • 1948 - Antônio Rodrigues Tavares
    • 1950 - Otávio Menezes Póvoa
    • 1952 - Cyro Aranha
    • 1954 - Artur Braga Rodrigues Pires
    • 1958 - Eurico da Costa Lisboa
    • 1961 - Allah Eurico da Silveira Baptista
    • 1963 - José da Silva Rocha
    • 1964 - Manuel Joaqueim Lopes
    • 1966 - João da Silva
    • 1967 - Reynaldo de Mattos Reis
    • 1969 - Agathyrno da Silva Gomes
    • 1970 - Agathyrno da Silva Gomes
    • 1973 - Agathyrno da Silva Gomes
    • 1976 - Agathyrno da Silva Gomes
    • 1980 - Alberto Pires Ribeiro
    • 1983 - Antônio Soares Calçada
    • 1986 - Antônio Soares Calçada
    • 1989 - Antônio Soares Calçada
    • 1992 - Antônio Soares Calçada
    • 1995 - Antônio Soares Calçada
    • 1998 - Antônio Soares Calçada
    • 2001 - Eurico Miranda
    • 2004 - Eurico Miranda
    • 2007 - Eurico Miranda
    • 2008 - Roberto Dinamite
    • 2011 - Roberto Dinamite
    • 2014 - Eurico Miranda
    • 2018 - Alexandre Campello
    • 2021 - Jorge Salgado

    O Projeto Vasco Olímpico de Sydney 2000

    Vasco Olímpico 2000
    Quando era dirigente e presidente do Vasco da Gama, Eurico Miranda colecionou polêmicas. Uma delas foi em relação ao projeto olímpico do Vasco da Gama para os Jogos Olímpicos de Sydney 2000.


    Vasco Investiu mais que o COB

    Entre 1999 e 2000, ninguém investiu mais no desporto olímpico brasileiro que o Vasco. O Gigante da Colina superou até o Comitê Olímpico Brasileiro. O cartola Eurico Miranda passou a ser um forte defensor dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro de 2007.

    A grande verdade é que muitos atletas não eram atletas do Vasco da Gama que não era federado a várias federações, como hipismo e vela. Mas a Cruz de Malta era um copatronacidor destes atletas, que se sustentavam com fundos públicos e outros patrocinadores. O Vasco pagava viagens para treinamentos e torneios e oferecia a estrutura de São Januário para treinamentos e aperfeiçoamentos.


    Vasco Campeão de Tudo

    Gustavo Borges
    Eurico Miranda não economizou dinheiro nem energia. Para o basquete masculino contratou o técnico Hélio Rubens e o craque Demétrius e o clube se sagrou bicampeão brasileiro de 1999 e 2000. No vôlei feminino, Fernanda Venturini vestiu a camisa vascaína no time comandado por Isabel Salgado que terminou a Superliga em segundo lugar. Gustavo Borges era o nome mais conhecido da natação que passou a ser o time mais forte do Brasil em 1999, 2000 e 2001.

    Em esportes como basquete, vôlei e natação, o investimento poderia trazer algum resultado, pois o clube desenvolvia suas escolinhas com o interesse das crianças e havia grande rivalidade com outros clubes, como o Flamengo. Ou seja, o Vasco estava sempre na mídia.

    Mas o programa megalomaníaco partiu para esportes como hipismo e vela, esportes que o Vasco não pratica, que seus maiores rivais tampouco se interessam. Mesmo assim, Rodrigo Pessoa e Robert Scheidt ganharam o patrocínio da Cruz de Malta, assim como Adriana Behar e Shelda do vôlei de praia.

    Esportes não-olímpicos também foram beneficiados como boliche, bodyboarding, windsurfe, rodeio e rali. o Futsal lotou o Maracanãzinho para ver Manoel Tobias e o Vasco ganhou a Taça Brasil e a Liga Nacional de 2000.

    Eurico justificava o investimento: "O brasileiro não se liga muito em ver atleta dando 40 voltas em uma pista, mas, se você botar uma camisa do Vasco, do Flamengo, do Botafogo, todos vão querer saber o resultado. É isso que nós queremos".


    Resultados Expressivos do Vasco

    Nos Jogos Pan-Americanos de 1999, o 160 dos 436 atletas da delegação brasileira eram vinculados ou patrocinados pelo Vasco. Nos Jogos Olímpicos de Sydney 2000, eram 83 atletas, que voltaram ao Brasil com 19 medalhas.

    Somente em 2000, o Vasco investiu cerca de R$ 30 milhões nos esportes olímpicos e amadores, mais que os R$ 23 milhões do COB.


    O Fim do Vasco Olímpico

    Vasco Olímpico Sydney 2000
    Financeiramente, o o projeto olímpico não era viável. Eurico conseguiu sustentá-lo até o o fim de Sydney 2000. Já em setembro surgiram as primeiras reclamações de atletas que não haviam sido pagos.

    Enquanto muitos dirigetens, cartolas e técnicos culpavam Eurico Mirando, o cartola respondia dizendo que a parceria entre o clube e o Bank of America havia terminado. Segundo ele, a empresa norte-americana era quem patrocinaria o esporte vascaíno.

    Muitos atletas entraram na justiça para conseguir primeiro a rescisão contratual e posteriormente os salários atrasados e indenizações.

    Qual era o objetivo de Eurico Miranda? Ser presidente do Vasco? Conseguiu. Ser presidente do COB ou liderar o projeto dos Jogos Pan-Americanos de 2007? Nisso ele falhou.

    Se está relacionado ou não, o Vasco não cedeu o estádio de São Januário para os Jogos Pan-Americanos, nem para os Jogos Olímpicos do Rio 2016.


    Os atletas do Vasco em Sydney 2000

    • Adriana Behar - Vôlei de Praia
    • Agnaldo Magalhães - Boxe
    • Alexandre Parededa - Vela
    • André Domingos - Atletismo
    • André Fonseca - Vela
    • Andréia - Futebol
    • Armando Barcellos - Triatlo
    • Carla Moreno - Triatlo
    • Carlos Jayme - Natação
    • Carmem Silva - Tae Kwon Do
    • Carolina Moraes - Nado Sincronizado
    • Cassius Duran - Saltos Ornamentais
    • César Quintaes - Natação
    • Chana - Handebol
    • Chicória - Handebol
    • Christoph Bergmann - Vela
    • Cidinha - Futebol
    • Cláudia Neves ("Claudinha") - Basquetebol
    • Claudinei Quirino - Atletismo
    • Cláudio Souza - Atletismo
    • Cleiton Conceição - Boxe
    • Cristina Mattoso - Vela
    • Daniel Hernandes - Judô
    • Eduardo Fischer - Natação
    • Edvaldo Valério - Natação
    • Emanuel - Vôlei de Praia
    • Eroníldes Araújo - Atletismo
    • Fabíola Molina - Natação
    • Fernanda Oliveira - Vela
    • Giovane - Voleibol
    • Gustavo Borges - Natação
    • Guto Campos - Canoagem de Velocidade
    • Hélton - Futebol
    • Hudson Souza - Atletismo
    • Hugo Hoyama - Tênis de Mesa
    • Isabela Mores - Nado Sincronizado
    • Janeth Arcain - Basquetebol
    • Joana Cortêz - Tênis
    • José Albuquerque - Boxe
    • Kelly - Basquetebol
    • Kiko Pelicano - Vela
    • Laudelino Barros - Boxe
    • Leonardo Costa - Natação
    • Lígia Silva - Tênis de Mesa
    • Loiola - Vôlei de Praia
    • Luciana Alves - Atletismo
    • Luiz Lima - Natação
    • Marcel Aragão - Judô
    • Marcelinho - Voleibol
    • Marcelo Ferreira - Vela
    • Márcio Simão - Atletismo
    • Marco Martins - Esgrima
    • Maria Elisabete Jorge - Levantamento de Peso
    • Maria Kahe - Vela
    • Mariana Ohata - Triatlo
    • Marília Gomes - Ginástica Artística
    • Maurício Santa Cruz - Vela
    • Maurren Maggi - Atletismo
    • Max - Voleibol
    • Nélson Júnior - Atletismo
    • Osmar Barbosa - Atletismo
    • Osmiro Silva - Atletismo
    • Pretinha - Futebol
    • Raphael Oliviera - Atletismo
    • Raquel - Voleibol
    • Ricardo - Vôlei de Praia
    • Ricardo Winicki - Vela
    • Robert Scheidt - Vela
    • Rodrigo Pessoa - Hipismo
    • Roger Caumo - Canoagem de Velocidade
    • Roseli - Futebol
    • Sanderlei Parrela - Atletismo
    • Sandra Soldan - Triatlo
    • Sebastian Cuattrin - Canoagem de Velocidade
    • Shelda - Vôlei de Praia
    • Sissi - Futebol
    • Sueli Pereira - Atletismo
    • Suzana - Futebol
    • Tânia Ferreira - Judô
    • Torben Grael - Vela
    • Vanderlei Lima - Atletismo
    • Vânia Ishii - Judô
    • Vicente Lenílson - Atletismo
    • Zé Marco - Vôlei de Praia

    Os Clubes Campeões da Ásia

    A Liga dos Campeões da Ásia já se chamou Torneio de Clubes Campeões Asiáticos e Campoenato Asiático de Clubes. 

    Algumas mudanças ocorreram ao longo dos anos. Um das principais foi a exclusão de Israel por problemas diplomáticos. Os israelenses passaram a jogar os campeonatos interclubes da UEFA. Outra novidade foi a criação de outros torneios continentais. Assim, os piores países do ranking da Confederação Asiática de Futebol ficam de fora da Champions League.


    Os Campeões

    Torneio de Clubes Campeões Asiáticos

    • 1967 - Hapoel Tel-Aviv FC (Israel)
    • 1968 - Maccabi Tel-Aviv FC (Israel)
    • 1969 - ----
    • 1970 - Taj Teerã FC (Irã)
    • 1971 - Maccabi Tel-Aviv FC (Israel)
    • 1972 - ----
    • 1973 - ----
    • 1974 - ----
    • 1975 - ----
    • 1976 - ----
    • 1977 - ----
    • 1978 - ----
    • 1979 - ----
    • 1980 - ----
    • 1981 - ----
    • 1982 - ----
    • 1983 - ----
    • 1984 - ----
    • 1985 - ----

    Campeonato Asiático de Clubes

    • 1986 - Daewoo Royals FT (Coreia do Sul)
    • 1987 - Furukawa Electric (Japão)
    • 1988 - Yomiuri FC (Japão)
    • 1989 - Al Sadd SC (Qatar)
    • 1990 - Liaoning FC (China)
    • 1991 - Esteghlal FC (Irã)
    • 1992 - Al Hilal FC (Arábia Saudita)
    • 1993 - Paas Terrã FC (Irã)
    • 1994 - Thai Farmers Bank FC (Tailândia)
    • 1995 - Thai Farmers Bank FC (Tailândia)
    • 1996 - S Ilwa Chumna FC (Coreia do Sul)
    • 1997 - FC Pohang Steelers (Coreia do Sul)
    • 1998 - FC Pohang Steelers (Coreia do Sul)
    • 1999 - Jubilo Iwata YFC (Japão)
    • 2000 - Al Hilal FC (Arábia Saudita)
    • 2001 - Suwon Samsung Bluewings FC (Coreia do Sul)

    AFC Champions League

    • 2002 - Suwon Samsung Bluewings FC (Coreia do Sul)
    • 2003 - Al Ain FC (Emirados Árabes)
    • 2004 - Al Ittihad FC (Arábia Saudita)
    • 2005 - Al Ittihad FC (Arábia Saudita)
    • 2006 - Jeonbuk Hyundai Motors FC (Coreia do Sul)
    • 2007 - Urawa Red Diamonds (Japão)
    • 2008 - Gamba Osaka (Japão)
    • 2009 - FC Pohang Steelers (Coreia do Sul)
    • 2010 - S Ilwa Chumna FC (Coreia do Sul)
    • 2011 - Al Sadd SC (Qatar)
    • 2012 - Ulsan Hyundai FC (Coreia do Sul)
    • 2013 - Guangzhou Evergrande TFC (China)
    • 2014 - Western Sydney Wanderers FC (Austrália)
    • 2015 - Guangzhou Evergrande TFC (China)
    • 2016 - Jeonbuk Hyundai Motors FC (Coreia do Sul)
    • 2017 - Urawa Red Diamonds (Japão)
    • 2018 - Kashima Antlers (Japão)
    • 2019 - Al Hilal FC (Arábia Saudita)
    • 2020 - Ulsan Hyundai FC (Coreia do Sul)

    Obs: Esteghlal FC é o novo nome para o Taj Teerã FC.



    Ranking

    • 1º Al Hilal FC - 3
    • 1º FC Pohang Steelers - 3
    • 3º Esteghlal FC - 2
    • 3º Al Ittihad FC - 2
    • 3º Guangzhou Evergrande TFC - 2
    • 3º Jeonbuk Hyundai Motors FC - 2
    • 3º Maccabi Tel-Aviv FC - 2
    • 3º Suwon Samsung Bluewings FC - 2
    • 3º Thai Farmers Bank FC - 2
    • 3º S Ilwa Chumna FC - 2
    • 3º Ulsan Hyundai FC - 2
    • 3º Urawa Red Diamonds - 2
    • 14º Al Saad SC - 1
    • 14º Al Ain FC - 1
    • 14º Daewoo Royals - 1
    • 14º Furukawa Electric - 1
    • 14º Gamba Osaka - 1
    • 14º Hapoel Tel-Aviv FC - 1
    • 14º Jubilo Iwata YFC - 1
    • 14º Kashima Antlers - 1
    • 14º Liaoning FC - 1
    • 14º Paas Teerã FC - 1
    • 14º Yomiuri FC - 1
    • 14º Western Sydney Wanderers FC - 1

    Obs: Esteghlal FC é o novo nome para o Taj Teerã FC.



    Ranking por País

    • 1º Coreia do Sul - 12
    • 2º Japão - 6
    • 3º Arábia Saudita - 5
    • 4º China - 3
    • 4º Irã - 3
    • 4º Israel - 3
    • 7º Catar - 2
    • 7º Tailândia - 2
    • 9º Austrália - 1
    • 9º Emirados Árabes - 1

    Chelsea FC (Inglaterra) Campeão da Champions League de 2020/21

    O Chelsea (Inglaterra) se sagrou campeão da Champions League de 2020/21.

    Na grande final de O Porto (Portugal), o Chelsea superou o favorito Manchester City.

    Com estes resultados, o Chelsea está classificado para o Mundial Interclubes.


    A Campanha

    1ª Fase

    • Isento.

    2ª Fase

    • Isento.

    3ª Fase

    • Isento.

    4ª Fase

    • Isento.

    5ª Fase

    • Isento.

    6ª Fase

    • 0-0 Sevilla (Espanha) - c
    • 3-0 Krasnodar (Rússia) - f
    • 3-0 Rennes (França) - c
    • 2-1 Renens (França) - f
    • 4-0 Sevilla (Espanha) - f
    • 1-1 Krasnodar (Rússia) - c

    7ª Fase

    • 1-0 Atlético de Madrid (Espanha) - f
    • 2-0 Atlético de Madrid (Espanha) - c

    8ª Fase

    • 2-0 Porto (Portugal) - f
    • 0-1 Porto (Portugal) - c

    9ª Fase

    • 1-1 Real Madrid (Espanha) - f
    • 2-0 Real Madrid (Espanha) - c

    Final

    • 1-0 Manchester City (Inglaterra) - n

    sábado, 29 de maio de 2021

    Botafogo Chega à Semifinal da Copa do Brasil Sub-20

    O Botafogo eliminou o Floresta (CE) e passou à semifinal da Copa do Brasil Sub-20.

    Por outro lado, o Vasco da Gama foi desclassificado pelo Internacional (RS).

    A competição chega à semifinal e o Fogão encara o Avaí (SC).


    3ª Fase

    Jogos de Ida

    14/05/2021

    • Vasco da Gama 0-1 Internacional (RS)

    18/05/2021

    • (CE) Floresta 1-2 Botafogo

    Jogos de Volta

    22/05/2021

    • (RS) Internacional * 3-2 Vasco da Gama

    23/05/2021

    • Botafogo * 3-0 Floresta (CE)


    4ª Fase

    • (PR) Coritiba - Internacional (RS)
    • (SC) Avaí - Botafogo

    CR Vasco da Gama Campeão do Troféu Colombino de Huelva de 1980

    vasco colombino huelva 1980
    O Vasco da Gama se sagrou campeão do Troféu Colombino de Huelva de 1980.

    Para ser campeão, o Vasco teve que superar duas equipes espanholas e uma iugoslava.
     
    Na foto estão: Mazarópi, Paulinho Pereira, Orlando, Ivan, Dudu e Marco Antônio Agachados: Catinha, Guina, Roberto Dinamite, Marquinho e Wilsinho. 


    1ª Fase

    23/08/1980 
    • (Brasil) Vasco da Gama * 1-0 Español (Espanha) 
    • (Espanha) Recreativo Huelva * 3-2 Dinamo Zagreb (Iugoslávia) 


    Final 3º e 4º

    24/08/1980 
    • (Espanha) Español * 3-1 Dinamo Zagreb (Iugoslávia) 


    Final

    24/08/1980 
    • (Espanha) Recreativo Huelva 1-3 ** Vasco da Gama (Brasil)