domingo, 20 de setembro de 2020

Os Verdadeiros Libertadores da América

Você sabe quem a Taça Libertadores da América? Os verdadeiros libertadores que lideraram a independência de seus países contra Espanha e Portugal. Você sabe quem são eles?

Em pé estão:
  • Pedro I (Brasil)
  • Bernardo O'Higgins (Chile)
  • Simón Bolívar (Venezuela)
  • José de San Martín (Argentina)
  • José Gervasio Artigas (Uruguai)
  • Fulgencio Yegros (Paraguai)

Agachados:
  • Francisco de Miranda (Venezuela)
  • Túpac Amaru (Peru)
  • Eugenio Espejo (Equador)
  • Andrés de Santa Cruz (Bolívia)
  • Antonio José de Sucre (Venezeuala)
  • Antonio Nariño (Colômbia)
O artista desta foto é o chileno Roberto Saavedra e se encontra na sede da CONMEBOL, em Luque (Paraguai).

sábado, 19 de setembro de 2020

Libertadores 2020: A Maior Derrota da História do Flamengo

O Flamengo sofreu nesta quinta-feira sua maior derrota na história da Taça Libertadores da América. O Urubu perdeu para o Independiente del Valle, do modesto Equador, por 5 a 0. A partida foi realizada em Quito (Equador).

O récorde negativo anterior ocorreu em 26 de junho de 1984 no Estádio Olímpico de Porto Alegre (Brasil). O Grêmio (Brasil) havia humilhado o rubro-negro por 5 a 1.

Em quatro ocasiões, o Mengão perdeu feio por 3 a 0: Boca Jrs. (Argentina) em 1991; Defensor (Uruguai) em 2007; Nacional (Uruguai) em 2008; e América (México) em 2008.

Com a derrota, o Flamengo caiu para o segundo lugar na classificação do grupo 1.

4ª Fase:

3ª Rodada:

15/09/20

(Chile) Colo Colo 2-1 Peñarol (Uruguai)

(Bolívia) Jorge Wilstermann 2-3 Athletico/PR (Brasil)

(Peru) Binacional 0-1 LDU de Quito (Equador)

(Brasil) Santos 0-0 Olimpia (Paraguai)

16/09/20

(Bolívia) Bolívar 1-2 Palmeiras (Brasil)

(Brasil) Internacional 4-3 América de Cali (Colômbia)

(Chile) Universidad Católica 2-0 Grêmio (Brasil)

(Venezuela) Estudiantes de Mérida 3-2 Alianza (Peru)

(Colômbia) Independiente de Medellín 2-3 Caracas (Venezuela)

17/09/20

(Equador) Independiente del Valle 5-0 Flamengo

(Equador) Barcelona 1-2 Atlético Júnior (Colômbia)

(Paraguai) Guaraní 4-1 Tigre (Argentina)

(Brasil) São Paulo 2-2 River Plate (Argentina)

(Argentina) Racing 0-1 Nacional (Uruguai)

(Paraguai) Libertad 0-2 Boca Jrs. (Argentina)

(Argentina) Defensa y Justicia 3-0 Delfín (Equador)


Classificação:

Grupo A:

1º Independiente del Valle - 9

2º Flamengo - 6

3º Atlético Júnior - 3

4º Barcelona - 0


Grupo B:

1º Palmeiras - 9

2º Guaraní - 6

3º Bolívar - 3

4º Tigre - 0


Grupo C:

1º Athletico/PR - 6

2º Colo Colo - 6

3º Jorge Wilstermann - 3

4º Peñarol - 3


Grupo D:

1º LDU de Quito - 6

2º River Plate - 4

3º São Paulo - 4

4º Binacional - 3


Grupo E:

1º Internacional - 7

2º Grêmio - 4

3º América de Cali - 3

4º Universidad Católica - 3


Grupo F:

1º Nacional/URU - 9

2º Racing - 6

3º Estudiantes de Mérida - 3

4º Alianza - 0


Grupo G:

1º Santos - 7

2º Olimpia - 5

3º Defensa y Justícia - 3

4º Delfín - 1


Grupo H:

1º Boca Jrs. - 7

2º Libertad - 6

3º Caracas - 4

4º Independiente de Medellín - 0

Copa do Brasil 2020: Fluminense e Botafogo Vencem pela 4ª Fase

O Fluminense venceu o Atlético (GO) num duelo entre clubes da primeira divisão do Campeonato Brasileiro e levará vantagem para a partida de volta em Goiânia (GO).

No clássico carioca, o Botafogo derrotou o Vasco da Gama por 1 a 0 e saiu na frente na eliminatória.

4ª Fase: 
Jogos de Ida: 
16/09/20 
Fluminense 1-0 Atlético (GO) 
(SC) Brusque 0-2 Ceará (CE) 
(SP) Ponte Preta 2-2 América (MG) 
17/09/20 
Botafogo 1-0 Vasco da Gama 
(RS) Juventude 2-0 CRB (AL)

4ª Divisão do Brasileirão 2020: 1ª Fase

A bola rolou pela primeira fase do Campeonato Brasileiro da 4ª Divisão de 2020, a Série D. Oito equipes se enfrentaram em mata-mata em ida e volta que valeram quatro vagas na fase principal, também chamada de fase de grupos.

Baré (RR), Brasiliense (DF), Ji-Paranaá (RO) e Real Noroeste (ES) seguem no torneio.

Aquidauanense (MS), Nacional (AM), Tocantinópolis (TO) e Ypiranga (AP) precisam se classificar para a Série D de 2021.


1ª Fase:

Jogos de Ida:

06/09/20

(RO) Ji-Paraná 2-1 Nacional (AM)

(RR) Baré 3-0 Ypiranga (AP)

(ES) Real Noroeste 3-1 Aquidauanaense (MS)

(TO) Tocantinópolis 1-0 Brasiliense (DF)


Jogos de Volta:

13/09/20

(AM) Nacional 1-2 * Ji-Paraná (RO)

(AP) Ypiranga 0-1 * Baré (RR)

(MS) Aquidauanense 1-3 * Real Noroeste (ES)

(DF) Brasiliense * 4-0 Tocantinópolis (TO)


As Chaves da 2ª Fase

Com os resultados da primeira fase, foram definidos os grupos da segunda fase. 

O Luverdense (MT) desistiu da disputa e foi substituído pelo Sinop (MT).

O CRAC (GO) também desistiu e o Aparecidense (GO) entrou em seu lugar.

Já a vaga do Patrocinense (MG), que também abandonou a liga, ficou com o Villa Nova (MG).

Os times do Rio de Janeiro, Bangu, Cabofriense e Portuguesa, estão na chave 7. Eles desafiam FC Cascavel (PR), Ferroviária (SP), Mirassol (SP), Nacional (PR) e Toledo (PR).

Veja os grupos:

Grupo 1: Atlético (AC), Bragantino (PA), Fast (AM), Galvez (AC), Independente (PA), Ji-Paraná (RO), Rio Branco (AC) e Vilhenense (RO).

Grupo 2: Altos (PI), Baré (RR), Juventude (MA), Moto Club (MA), River (PI), Santos (AP), São Raimundo (RR) e Sinop (MT).

Grupo 3: Afogados (PE), América (RN), Atlético (PB), Campinense (PB), Floresta (CE), Globo (RN), Guarany (CE) e Salgueiro (PE).

Grupo 4: ABC (RN), Central (PE), Coruripe (AL), Frei Paulistano (SE), Itabaiana (SE), Jaciobá (AL), Potiguar de Mossoró (RN) e Vitória da Conquista (BA).

Grupo 5: Águia Negra (MS), Aparecidense (GO), Goianésia (GO), Goiânia (GO), Operário de Várzea Grande (MT), Real Noroeste (ES), União de Rondonópolis (MT) e Vitória (ES).

Grupo 6: Atlético (BA), Bahia de Feira (BA), Brasiliense (DF), Caldense (MG), Gama (DF), Palmas (TO), Tupynambás (MG) e Villa Nova (MG).

Grupo 7: Bangu, Cabofriense, FC Cascavel (PR), Ferroviária (SP), Mirassol (SP), Nacional (PR), Portuguesa e Toledo (PR).

Grupo 8: Caxias (RS), Joinville (SC), Marcílio Dias (SC), Novorizontino (SP), Pelotas (RS), São Caetano (SP), São Luiz (RS) e Tubarão (SC).

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Handebol Feminino do Vasco Terminou em 2015

A última vez que o Vasco da Gama teve uma grande equipe de handebol foi em 2015 com o naipe feminino.

Na ocasião, o Gigante da Colina alcançou as semifinais do Campeonato Brasileiro.

Veja a foto do plantel daquela época que deixa saudades.


quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Campeonato Brasileiro Masculino de Basquetebol de 2020/21

O Campeonato Brasileiro Masculino de Basquetebol de 2020/21 terá 16 times e eles jogarão entre si em turno e returno na temporada regular. Após o término da primeira fase, teremos os playoffs.

O Rio de Janeiro será representado pelo Flamengo. O Botafogo, atual campeão sul-americano, está fora da competição.

Além do Glorioso, em relação a 2019/20, Rio Claro (SP) e São José (SP) deixaram o Novo Basquete Brasil. Segundo a nota oficial da Liga Nacional de Basquete, os três clubes podem voltar na primeira divisão em 2020/21.


Os Participantes do NBB 2020/21

  • CE: Basquete Cearense.
  • DF: Brasília e Cerrado.
  • MG: Minas TC.
  • PB: UNIFACISA.
  • PR: Campo Mourão e Pato Branco.
  • RJ: Flamengo.
  • RS: Caxias do Sul.
  • SP: Bauru, Corinthians, Franca, Mogi das Cruzes, Paulistano, Pinheiros e São Paulo.

domingo, 13 de setembro de 2020

Edgard Augusto Santos

Um dos ícones da seleção brasileira e do Club de Regatas do Flamengo entre os anos 40 e 50 foi o Tenente Edgard Augusto Santos. Ele dividiu sua carreira esportiva entre as equipes militares ((FAB, AFA, EPCAR e Forças Armadas) e o Flamengo.

Em seu período áureo como atleta, ele obteve os seguintes resultados de destaque competindo pelo Flamengo.

  • Pentacampeão Estadual dos 100m rasos, 200m rasos e revezamento 4x100m rasos.
  • Pentacampeão sul-americano dos 100m rasos.
  • Recordista Sul-Americano do Revezamento 4x100m rasos em 1945 e em 1948.

A partir de 1951 ele deixou de ser atleta mas não conseguiu abandonar as pistas. Trabalhou como técnico de atletismo das Forças Armadas entre 1952 e 1980 ao mesmo tempo que se dedicou ao Flamengo entre 1951 e 1981. Ele foi um dos técnicos convocados para os Jogos Olímpicos da Cidade do México em 1970.

Como treinador ele comemorou os títulos do Estadual Adulto pelo Flamengo de 1954, 1955, 1956, 1957, 1958, 1960, 1961, 1962, 1965, 1968, 1975 e 1976.

A foto mostra o treinador cumprimentando os atletas do seu clube no estádio José Bastos Padilha, que tinha pista de atletismo e áreas para saltos e lançamentos até os anos 1990.

Homenagem ao Atletismo do Fluminense

Em homenagem a todos os Atletas que um dia representaram o Fluminense no Atletismo, eis uma foto de 1925 ou 1926 da disputa do Campeonato Estadual na sede do tricolor. Na época, Flamengo e Fluminense eram as maiores forças do esporte.

Teodora Breitkof, Liliam Poetscher, Ary Façanha de Sá e Hannelore Poetscher aparecem treinando no Estádio das Laranjeiras nos anos 50.

A última foto foi publicada no Jornal dos Sports em 1959. Ela ilustra uma competição de Atletismo e mostra uma atleta do Fluminense no Lançamento de Peso.

Fluminense fechou seu departamento de Atletismo em 2011, segundo os passos, seguindo os passos de outros clubes, como Flamengo e Botafogo que fecharam seus departamentos do esporte no começo dos anos 2000.






Fluminense em Ação pela Taça Brasil Masculina de Basquete de 1972

Fluminense e Emmanuel Franca (SP) se enfrentaram pela Taça Brasil de 1972.

A Taça Brasil era o Campeonato Brasileriro da época. A edição de 1972 foi conquistada pelo Sírio (SP).

Fluminense FC Campeão da Taça Rio Masculina de Basquetebol de 1981

O Fluminense se sagrou campeão da Taça Rio Adulta Masculina de Basquetebol de 1981 de forma invicta.

Com o resultado, o Tricolor se classificou para as finais contra o Vasco da Gama, que acabaria se tornando o grande campeão estadual.

O time era formado por Bialzinho, Luisinho, Afonso, Mané, Paulão, Carlinhos, Zezé, Zé Paulo e Almir.

sábado, 12 de setembro de 2020

Renato Emílio, Arqueiro do Vasco da Gama

Renato Emílio é talvez o maior nome do Tiro com Arco do Rio de Janeiro Durante quase toda sua carreira, ele foi atleta do Vasco da Gama.

Entre seus feitos, ele se classificou para quatro Jogos Olímpicos: Moscou 1980, Los Angeles 1984, Seúl 1988 e Barcelona 1992.

Ele é filho de outro Renato Emílio, um dos pioneiros do tiro com arco no Rio de Janeiro.

Nos Jogos Pan-Americanos de Caracas 1983, o arqueiro ganhou duas medalhas de bronze, que se somaram às suas inúmeras conquistas brasileiras e estaduais.

Em 2012 ele deixou o Vasco da Gama para ajudar no desenvolvimento do Centauro Evokar. O vascaíno já trabalhava em outros projetos sociais.

Em 2018, Renato Emílio faleceu. Seu filho, Fábio Emílio, também ingressou no tiro com arco e foi atleta do Vasco da Gama até 2012 para entrar no Centauro Evokar.

Champions League da Oceania 2020 Cancelada

Duas fases haviam sido disputadas antes do cancelamento.

Na primeira fase, Lupe o le Soaga (Samoa) e Tupapa Maraerenga (Ilhas Cook) eliminaram Veitongo (Tonga) e Pago Youth (Samoa Americana).


Na segunda fase, tivemos quatro grupos de quatro. Eastern Suburbs (Nova Zelândia) e Galaxy (Vanuatu) passaram por Hekari United (Papua Nova Guiné) e Hienghène Sport (Nova Caledônia). No grupo B, Malampa Revivors (Vanuatu) e Henderson Eels (Ilhas Salomão) bateram Lae City (Papua Nova Guiné) e Lautoka (Fiji). Na chave C, Magenta (Nova Caledônia) e Solomon Warriors (Ilhas Salomão) desclassificaram Tiare Tahiti (Taiti) e Tupapa Maraerenga (Ilhas Cook). Finalmente, no Grupo D, deu Auckland City (Nova Zelândia) e Vénus (Taiti) diante de Lupe o le Soaga e Ba (Fiji).

As quartas de final estavam previstas para serem disputadas em abril e maio. O sorteio dos emparelhamentos não chegou a ser feito.

Os Campeões:
Copa dos Campeões:
1987 - Adelaide City FC (Austrália)
1999 - South Melbourne FC (Austrália)
2001 Wollongong City Wolves FC (Austrália)
2005 - Sydney FC (Austrália)
2006 - Auckland City FC (Nova Zelândia)
Liga dos Campeões:
2007 - Waitekere United (Nova Zelândia)
2007/08 - Waitekere United (Nova Zelândia)
2008/09 - Auckland City FC (Nova Zelândia)
2009/10 - PRK Hekari United (Papua Nova Guiné)
2010/11 - Auckland City FC (Nova Zelândia)
2011/12 - Auckland City FC (Nova Zelândia)
2012/13 - Auckland City FC (Nova Zelândia)
2013/14 - Auckland City FC (Nova Zelândia)
2014/15 - Auckland City FC (Nova Zelândia)
2015/16 - Auckland City FC (Nova Zelândia)
2016/17 - Auckland City FC (Nova Zelândia)
2017/18 - Team Wellington FC (Nova Zelândia)
2018/19 - Hienghène Sport (Nova Caledônia)
2019/20 - ----

Ranking:
1º Auckland City FC - 9
2º Waitekere United - 2
3º Adelaide City FC - 1
3º Hienghène Sport - 1
3º PRK Hekari United - 1
3º South Melbourne FC - 1
3º Sydney FC - 1
3º Team Wellington FC - 1
3º Wollongong City Wolves FC - 1

Ranking por Federação:
1º Nova Zelândia - 12
2º Austrália - 5
3º Nova Caledônia - 1
3º Papua Nova Guiné - 1

Flamengo e Botafogo Jogam pelo Estadual de 1975 de Basquete Masculino

Flamengo e Botafogo se chocam pelo Campeonato Estadual Masculino de Basquetebol de 1975 no Maracanãzinho.

O Flamengo venceu os dois turnos do certame e se sagrou campeão.

O Botafogo não teve um grande desempenho e terminou em oitavo lugar entre doze concorrentes.

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Os Escudos do Mesquita

O Mesquita Futebol Clube não mudou muito seu escudo nos mais de cem anos de história.

A bola de futebol ganhou detalhes, a fonte do M. F. C. também foi alterada, assim como alguns traços do emblema. A faixa diagonal ficou mais larga.

Sala de Xadrez do Fluminense

Durante muitos anos, o Fluminense ficou sem seu tradicional departamento de Xadrez que fora desativado.

A foto é de 1952, época em que o clube era forte no esporte e organizou o I Torneio Internacional do Fluminense FC. Em 1953, tivemos a segunda edição do torneio.

Na foto, o grande-mestre iugoslavo Svetozar Gligoric enfrenta o mestre alemão Ludwig Engels nas Laranjeiras.

O Tricolor se sagrou Campeão Estadual da Classe A em 1928, 1929, 1938, 1945, 1946, 1949, 1950, 1952, 1953, 1955, 1957, 1959, 1960 e 1979.

O Pó de Arroz voltou ao esporte em 2017. Desde então faturou o Campeonato Estadual Geral de 2018, o Campeonato Estadual da Classe A de 2017 e de 2019 e o Campeonato Estadual da Classe B de 2018.

Os Escudos do Vasco da Gama

A imagem ao lado mostra a evolução do escudo do Vasco da Gama.

O formato redondo foi trocado por um escudo. A linha diagonal foi introduzida na terceira versão do distintivo.

A caravela permanece desde a primeira versão do emblema do Vasco da Gama.

Apesar de chamarem de Cruz de Malta, esta não é a verdadeira Cruz de Malta das expedições cristãs.

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Os Escudos do Fluminense FC

O Fluminense começou com um escudo cinza, branco e grená.

Com o passar dos anos, o cinza foi substituído pelo verde e as três cores predominam até hoje: branco, verde e grená, fanzedo fo Fluzão o clube Tricolor do Rio de Janeiro.

As letras do escudo passaram por mudanças ao longo dos anos e tentaram avermelhar o grená nos anos 80, o que não foi muito simpático.

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Os Escudos do Botafogo

O Botafogo de Futebol & Regatas é fruto da fusão do Club de Regatas Botafogo e do Botafogo Football Club.

Curiosamente, ambos os clubes optaram pelas cores branca e preta o que facilitou a criação do novo distintivo.

O clube de regatas, que não era exclusivo do remo, forneceu a Estrela Solitária para o novo emblema. Já a agremiação de futebol, que também praticava diversos esportes terrestres, ficou com o formato do novo escudo.

Os Escudos do Americano FC

O Americano Futebol Clube de Campos dos Goytacazes teve seu primeiro escudo inspirado no America Futebol Clube. Em vez de vermelho, utilizou-se o verde.

É que o America esteve na cidade em 1914. O clube carioca primeiro desafiou uma seleção da cidade com craques do Rio Branco, Aliança e Luso-Brasileiro. Vitória rubra por 3 a 1. Depois, goleou a seleção da Liga de Campos por 6 a 0.

Por causa da polêmica envolvendo qual time deveria enfrentar os cariocas, logo surgiu a ideia de se fundar um novo clube em Campos.

O primeiro escudo foi inspirado no America. O nome de Americano veio inspirado num antigo time de São Paulo. Finalmente, o segundo escudo em diante foi desenhado a partir do extinto Americano Futebol Clube do Rio de Janeiro, que tinha como cores o verde e o branco.

terça-feira, 8 de setembro de 2020

Os Escudos do Flamengo

O Flamengo tem basicamente três escudos.

O clube foi fundado com as cores amarelo e azul e se dedicava apenas às regatas. Mesmo tendo o remo sendo ultrapassado pelo futebol, o Flamengo manteve seu escudo de regatas, preservado no estatuto. Em determinadas épocas ele é usado no uniforme dos atletas do remo e em outras aparece também nos demais esportes, no uniforme reserva.

Quando deixou de se dedicar exclusivamente ao remo, o Flamengo criou outro escudo que se popularizou mundo afora. Apesar disso, durante boa parte de sua vida, o Flamengo estampou apenas as suas iniciais CRF nas camisas, maiôs, sungas, toucas e quimonos de seus atletas.

Portanto, o Flamengo tem três escudos oficiais em estatudo: o de regatas, o do clube em geral e as iniciais CRF (Club de Regatas do Flamengo).

domingo, 6 de setembro de 2020

INTZ e-Sports Campeão do 2º Split do CBLoL de 2020

O INTZ e-Sports bateu o paiN Gaming por 3 a 1 e conquistou o 2º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends de 2020.2.

O representante do Rio de Janeiro foi novamente o Flamengo, que não passou da primeira fase.

Para 2021, deveremos ter uma ampliação da liga para dez times, sendo que eles deverão adquirir uma franquia da Riot Games.

A final do Circuito Desafiante será entre RED Canids e Team oNe.


A Campanha do Flamengo

1ª Fase:

  • paiN Gaming 1-0 Flamengo 
  • Flamengo 0-1 INTZ e-Sports 
  • Flamengo 0-1 FURIA Uppercut
  • Prodigy 0-1 Flamengo 
  • Flamengo 1-0 Vivo Keyd
  • KaBuM! e-Sports 0-1 Flamengo 
  • Flamengo 1-0 Santos 
  • Flamengo 0-1 paiN Gaming 
  • INTZ e-Sports 1-0 Flamengo 
  • FURIA Uppercut 1-0 Flamengo
  • Flamengo 0-1 Prodigy e-Sports 
  • Vivo Keyd 0-1 Flamengo 
  • Flamengo 1-0 KaBuM! e-Sports
  • Santos 0-1 Flamengo
  • paiN Gaming 1-0 Flamengo 
  • Flamengo 0-1 INTZ e-Sports
  • Flamengo 0-1 FURIA Uppercut
  • Prodigy e-Sports 0-1 Flamengo
  • Flamengo 1-0 Vivo Keyd 
  • KaBuM! e-Sports 0-1 Flamengo
  • Flamengo 0-1 Santos



Final

05/09/20
INTZ e-Sports ** 3-1 paiN Gaming


Classificação Final

  • 1º INTZ e-Sports - Campeão.
  • 2º paiN Gaming
  • 3º KaBuM! e-Sports
  • 4º Prodigy e-Sports
  • 5º Santos
  • 6º Flamengo
  • 7º FURIA Uppercut - Playout.
  • 8º Vivo Keyd - Circuito Desafiante.


Os Campeões do CBLoL

  • 2014 - KaBuM! e-Sports
  • 2015.1 - INTZ e-Sports
  • 2015.2 - paiN Gaming
  • 2016.1 - INTZ e-Sports
  • 2016.2 - INTZ e-Sports
  • 2017.1 - Red Canids
  • 2017.2 - Team One e-Sports
  • 2018.1 - KaBuM! e-Sports
  • 2018.2 - KaBuM! e-Sports
  • 2019.1 - INTZ e-Sports
  • 2019.2 - CR Flamengo
  • 2020.1 - KaBuM! e-Sports
  • 2020.2 - INTZ e-Sports

Ranking do CBLoL

  • 1º INTZ e-Sports - 5
  • 2º KaBuM! e-Sports - 4
  • 3º CR Flamengo - 1
  • 3º paiN Gaming - 1
  • 3º Red Canids - 1
  • 3º Team One e-Sports - 1

sábado, 5 de setembro de 2020

Campeonato Carioca Feminino de Futsal de 2020

Apesar do nome "Campeonato Carioca", a comeptição é aberta a times de todo o estado do Rio de Janeiro.

A competição será disputada pela primeira vez desde 2017.

Na primeira fase teremos três grupos de cinco times. Após turno e returno dentro das chaves, teremos mata-mata até conhecermos o campeão.

Os Participantes:
AFASE (?)
Arpão (Belford Roxo)
Braz de Pina (Rio de Janeiro)
Casa de España (Rio de Janeiro)
CEE Pró Rio (?)
Fênix (Queimados)
Hebraica (Rio de Janeiro)
Instituto SESSUB (Rio de Janeiro)
Madureira (Rio de Janeiro)
Mageense (Magé)
Marã TC (Rio de Janeiro)
Maria da Graça (Rio de Janeiro)
Odete São Paio (São Gonçalo)
Riostrense (Rio das Ostras)
Vasco da Gama (Rio de Janeiro)

Os Campeões:
Campeonato Metropolitano:
2008 - CR Flamengo
2009 - ----
2010 - ----
2011 - Rio Bonito AC
2012 - ARFA Bradesco
2013 - Rio Bonito AC
2014 - ----
2015 - ----
Campeonato Carioca:
2016 - Universidade Celso Lisboa
2017 - Universidade Celso Lisboa
2018 - ----

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Grêmio FBPA Tricampeão Gaúcho de 2018/2019/2020

O Grêmio se sagrou tricampeão gaúcho de 2018/2019/2020 e garantiu uma vaga do Rio Grande do Sul na Copa do Brasil de 2021. O Tricolor será acompanhado por Caxias e Internacional na competição nacional.

Para a Série D se classificaram Caxias e Esportivo.

Por conta da pandemia de coronavirus, os clubes decidiram que não haveria rebaixamento em 2020.

Classificação Final:
1º Grêmio - Campeão + Copa do Brasil.
2º Caxias - Copa do Brasil + Série D.
3º Internacional - Copa do Brasil.
4º Esportivo - Série D.
5º Ypiranga
6º São José
7º Aimoré
8º Juventude
9º Brasil de Pelotas
10º Novo Hamburgo
11º São Luiz
12º Pelotas

A Campanha:
1ª Fase:
1º Turno:
1ª Fase:
0-2 Caxias - c
1-0 Brasil de Pelotas - f
2-1 São José - c
5-0 Esportivo - c
1-2 Aimoré - f
2ª Fase:
1-0 Internacional - f
Final:
0-1 Caxias - f
2º Turno:
1ª Fase:
3-0 Juventude - c
1-0 Pelotas - f
3-2 São Luiz - c
1-0 Internacional - f
1-1 Ypiranga - c
0-0 Novo Hamburgo - f
2ª Fase:
4-3 Novo Hamburgo - c
Final:
2-0 Internacional - c
Final:
2-0 Caxias - f
1-2 Caxias - c

Os Campeões:
Campeonato Gaúcho:
1919 - GE Brasil
1920 - Guarany FC
1921 - Grêmio FBPA
1922 - Grêmio FBPA
1923 - ----
1924 - ----
1925 - GE Bagé
1926 - Grêmio FBPA
1927 - SC Internacional
1928 - SC Americano
1929 - EC Cruzeiro
1930 - EC Pelotas
1931 - Grêmio FBPA
1932 - Grêmio FBPA
1933 - SC São Paulo
1934 - SC Internacional
Campeonato Farroupilha:
1935 - GA Farroupilha
Campeonato Gaúcho:
1936 - SC Rio Grande
1937 - Grêmio FB Santanense
1938 - Guarany FC
1939 - FC Rio-Grandense
1940 - SC Internacional
1941  - SC Internacional
Campeonato Gaúcho de Profissionais:
1942 - SC Internacional
1943 - SC Internacional
1944 - SC Internacional
1945 - SC Internacional
1946 - Grêmio FBPA
1947 - SC Internacional
1948 - SC Internacional
1949 - Grêmio FBPA
1950 - SC Internacional
1951 - SC Internacional
Campeonato Gaúcho da Série A:
1952 - SC Internacional
1953 - SC Internacional
1954 - GE Renner
1955 - SC Internacional
1956 - Grêmio FBPA
1957 - Grêmio FBPA
1958 - Grêmio FBPA
1959 - Grêmio FBPA
1960 - Grêmio FBPA
Campeonato Gaúcho da Divisão Especial:
1961 - SC Internacional
1962 - Grêmio FBPA
1963 - Grêmio FBPA
1964 - Grêmio FBPA
Campeonato Gaúcho da Série A:
1965 - Grêmio FBPA
1966 - Grêmio FBPA
1967 - Grêmio FBPA
1968 - Grêmio FBPA
1969 - SC Internacional
1970 - SC Internacional
Campeonato Gaúcho:
1971 - SC Internacional
1972 - SC Internacional
1973 - SC Internacional
1974 - SC Internacional
Campeonato Gaúcho da Série A:
1975 - SC Internacional
Campeonato Gaúcho:
1976 - SC Internacional
Campeonato Gaúcho da Série A:
1977 - Grêmio FBPA
1978 - SC Internacional
1979 - Grêmio FBPA
1980 - Grêmio FBPA
1981 - SC Internacional
1982 - SC Internacional
1983 - SC Internacional
1984 - SC Internacional
1985 - Grêmio FBPA
1986 - Grêmio FBPA
1987 - Grêmio FBPA
1988 - Grêmio FBPA
1989 - Grêmio FBPA
1990 - Grêmio FBPA
1991 - SC Internacional
1992 - SC Internacional
1993 - Grêmio FBPA
1994 - SC Internacional
1995 - Grêmio FBPA
1996 - Grêmio FBPA
1997 - SC Internacional
1998 - EC Juventude
1999 - Grêmio FBPA
Copa Sport Club Rio Grande - Um Século de Futebol:
2000 - SER Caxias do Sul
Campeonato Gaúcho da Série A:
2001 - Grêmio FBPA
2002 - SC Internacional
2003 - SC Internacional
2004 - SC Internacional
2005 - SC Internacional
2006 - Grêmio FBPA
2007 - Grêmio FBPA
2008 - SC Internacional
2009 - SC Internacional
2010 - Grêmio FBPA
2011 - SC Internacional
2012 - SC Internacional
2013 - SC Internacional
2014 - SC Internacional
2015 - SC Internacional
2016 - SC Internacional
2017 - EC Novo Hamburgo
2018 - Grêmio FBPA
2019 - Grêmio FBPA
2020 - Grêmio FBPA

Ranking:
1º SC Internacional - 45
2º Grêmio FBPA - 39
3º Guarany FC - 2
4º SC Americano - 1
4º GE Bagé - 1
4º GE Brasil - 1
4º SER Caxias do Sul - 1
4º EC Cruzeiro - 1
4º GA Farroupilha - 1
4º Grêmio FB Santanense - 1
4º EC Juventude - 1
4º EC Novo Hamburgo - 1
4º EC Pelotas - 1
4º GE Renner - 1
4º FC Rio-Grandense - 1
4º SC Rio Grande - 1
4º SC São Paulo - 1

Ranking por Município:
1º Porto Alegre - 85
2º Bagé - 3
2º Pelotas - 3
2º Rio Grande - 3
5º Caxias do Sul - 2
6º Cachoeirinha - 1
6º Novo Hamburgo - 1
6º Santana do Livramento - 1

segunda-feira, 31 de agosto de 2020

C Atlético M Campeão Mineiro de 2020

O Atlético Mineiro se sagrou campeão estadual e impediu o tricampeonato do Cruzeiro.

América, Atlético, Caldense e Tombense se classificaram para a Copa do Brasil de 2021.

Caldense, Patrocinense e Uberlândia jogam a quarta divisão do Brasileirão do ano que vem.

Já Villa Nova e Tupynambás acabaram rebaixados para o Módulo II, a segundona mineira.

A Campanha:
1ª Fase:
1-0 Uberlândia - f
5-0 Tupynambás - c
0-0 Coimbra - f
1-1 Tombense - c
1-0 URT - f
1-2 Caldense - c
1-1 Boa - f
2-1 Cruzeiro - c
3-1 Villa Nova - f
1-1 América - f
4-0 Patrocinense - c
2ª Fase:
2-1 América - c
3-0 América - f
Final:
2-1 Tombense - c
1-0 Tombense - f

Classificação Final:
1º Atlético - Campeão + Copa do Brasil.
2º Tombense - Copa do Brasil.
3º América - Copa do Brasil.
4º Caldense - Copa do Brasil + Série D.
5º Uberlândia - Série D.
6º Cruzeiro
7º Boa
8º Patrocinense - Série D.
9º URT
10º Coimbra
11º Villa Nova - Módulo II.
12º Tupynambás - Módulo II.

Os Campeões:
Campeonato da Cidade de Belo Horizonte:
1915 - C Atlético M
Campeonato Mineiro:
1916 - América FC
Campeonato Mineiro da Série A:
1917 - América FC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1918 - América FC
1919 - América FC
1920 - América FC
1921 - América FC
Campeonato Mineiro da Série A:
1922 - América FC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1923 - América FC
1924 - América FC
Campeonato Mineiro da Série A:
1925 - América FC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1926 - C Atlético M
1927 - C Atlético M
Campeonato Mineiro da Série A:
1928 - Palestra Itália
1929 - Palestra Itália
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1930 - Palestra Itália
1931 - C Atlético M
Campeonato Municipal de Belo Horizonte - Série A:
1932 - C Atlético M / Villa Nova AC
Campeonato Mineiro:
1933 - Villa Nova AC
1934 - Villa Nova AC
1935 - Villa Nova AC
1936 - C Atlético M
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1937 - EC Siderúrgica
Campeonato Mineiro:
1938 - C Atlético M
1939 - C Atlético M
1940 - Palestra Itália
1941 - C Atlético M
Campeonato Municipal de Belo Horizonte:
1942 - C Atlético M
1943 - Cruzeiro EC
1944 - Cruzeiro EC
1945 - Cruzeiro EC
1946 - C Atlético M
1947 - C Atlético M
1948 - América FC
1949 - C Atlético M
1950 - C Atlético M
1951 - Villa Nova AC
1952 - C Atlético M
1953 - C Atlético M
Campeonato Mineiro:
1954 - C Atlético M
Campeonato da Cidade de Belo Horizonte:
1955 - C Atlético M
Campeonato Municipal de Belo Horizonte:
1956 - C Atlético M / Cruzeiro EC
1957 - América FC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1958 - C Atlético M
1959 - Cruzeiro EC
1960 - Cruzeiro EC
1961 - Cruzeiro EC
Campeonato Mineiro da Divisão Extra:
1962 - C Atlético M
1963 - C Atlético M
1964 - EC Siderúrgica
1965 - Cruzeiro EC
1966 - Cruzeiro EC
1967 - Cruzeiro EC
1968 - Cruzeiro EC
1969 - Cruzeiro EC
Campeonato Mineiro:
1970 - C Atlético M
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1971 - América FC
Campeonato Mineiro:
1972 - Cruzeiro EC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1973 - Cruzeiro EC
1974 - Cruzeiro EC
1975 - Cruzeiro EC
1976 - C Atlético M
Campeonato Mineiro:
1977 - Cruzeiro EC
Campeonato Mineiro da Divisão Extra:
1978 - C Atlético M
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1979 - C Atlético M
1980 - C Atlético M
Campeonato Mineiro da Primeira Divisão:
1981 - C Atlético M
1982 - C Atlético M
1983 - C Atlético M
1984 - Cruzeiro EC
1985 - C Atlético M
1986 - C Atlético M
1987 - Cruzeiro EC
1988 - C Atlético M
1989 - C Atlético M
1990 - Cruzeiro EC
1991 - C Atlético M
1992 - Cruzeiro EC
1993 - América FC
1994 - Cruzeiro EC
1995 - C Atlético M
1996 - Cruzeiro EC
Campeonato Mineiro do Módulo I:
1997 - Cruzeiro EC
1998 - Cruzeiro EC
1999 - C Atlético M
2000 - C Atlético M
2001 - América FC
2002 - AA Caldense
2003 - Cruzeiro EC
2004 - Cruzeiro EC
2005 - Ipatinga FC
2006 - Cruzeiro EC
2007 - C Atlético M
2008 - Cruzeiro EC
2009 - Cruzeiro EC
2010 - C Atlético M
2011 - Cruzeiro EC
2012 - C Atlético M
2013 - C Atlético M
2014 - Cruzeiro EC
2015 - C Atlético M
2016 - América FC
2017 - C Atlético M
2018 - Cruzeiro EC
2019 - Cruzeiro EC
2020 - C Atlético M

Ranking:
1º C Atlético M - 45
2º Cruzeiro EC - 38
3º América FC - 16
4º Villa Nova AC - 5
5º EC Siderúrgica - 2
6º AA Caldense - 1
6º Ipatinga FC - 1

Ranking por Município:
1º Belo Horizonte - 99
2º Nova Lima - 5
3º Sabará - 2
4º Ipatinga - 1
4º Poços de Caldas - 1
Obs: Cruzeiro EC é o novo nome do Palestra Itália.

sábado, 29 de agosto de 2020

Sorteados os Grupos das Eliminatórias da CONCACAF

Todas as 35 seleções filiadas à FIFA se inscreveram nas Eliminatórias.

1ª Fase:
Grupo A: Antigua & Barbuda, El Salvador, Grenada, Ilhas Virgens Americanas e Montserrat.
Grupo B: Aruba, Bermudas, Canadá, Ilhas Caimã e Suriname.
Grupo C: Cuba, Curação, Guatemala, Ilhas Virgens Britânicas e São Vicente & Granandinas.
Grupo D: Anguilla, Barbados, Dominica, Panamá e República Dominicana.
Grupo E: Belize, Haiti, Nicará, Turcos & Caicos e Santa Lúcia.
Grupo F: Bahamas, Guiana, Porto Rico, São Cristóvão & Nevis e Trinidad & Tobago.

2ª Fase:
+6

Fase Final:
Costa Rica
Estados Unidos
Honduras
Jamaica
México
+3

Os 10 Maiores Jogos do Flamengo no Maracanã

Sem ter um estádio de grande porte desde que o profissionalismo chegou ao futebol, o Flamengo fez do Maracanã a sua casa. Grandes conquistas, grandes exibições e até humilhantes derrotas (que não estão neste artigo) fazem para da história rubro-negra no estádio.


01 de junho de 1980: Flamengo 3-2 Atlético-MG

Depois de haver perdido o primeiro jogo por 1 a 0, o Flamengo precisava ganhar do Atlético-MG. O Mengão ficou duas vezes à frente do placar, mas o Galo havia empatado. A oito minutos do fim do duelo, diante de 154.355 pagantes, Nunes marcou o gol do título.


12 de julho de 1992: Flamengo 3-0 Botafogo

Com gols de Júnior, Nélio e Gaúcho, o Flamengo arrasou o Botafogo no primeiro embate da final do Campeonato Brasileiro de 1992. A equipe rubro-negro não tinha a melhor campanha mas cresceu durante a competição e transformou a segunda partida (2 a 2) num mero amistoso.


13 de dezembro de 1987: Flamengo 1-0 Internacional

Um gol de Bebeto, logo aos 16 minutos de jogo, selou o destino da Copa União (Troféu João Havelange) de 1987. O primeiro jogo da final da competição havia terminado 1 a 1 em Porto Alegre.


08 de novembro de 1981: Flamengo 6-0 Botafogo 

"O Jogo da Vingança". Assim é chamado o jogo em que o Flamengo devolveu os 6 a 0 sofridos em 1972 pelo Campeonato Brasileiro. Também pelo Brasileirão, em 1981, o Mengão goleou com gols de Zico (dois), Nunes, Lico, Adílio e Andrade. Este último balançou as redes a três minutos do apito final.


03 de dezembro de 1978: Flamengo 1-0 Vasco da Gama

Aos 41 minutos do segundo tempo, Rondinelli marca o gol do título do Campeonato Estadual do Flamengo. A conquista marca o início de seguidos troféus conquistados pelos flamenguistas na famosa "Era Zico".


27 de outubro de 1956: Flamengo 12-2 São Cristóvão

A maior goleada da história do Maracanã aconteceu numa partida do Campeonato Estadual de 1956. O Flamengo torturou e humilhou o São Cristóvão por incríveis 12 a 2. Evaristo (cinco), Índio (quatro), Luís Roberto, Paulinho e Joel marcaram para os da Gávea. Neca e Nonô descontaram para os Cadetes.


27 de maio de 2001 Vasco da Gama 1-3 Flamengo

Como havia perdido a primeira batalha da final do Campeonato Estadual, o Flamengo precisava ganhar do Vasco da Gama por dois gols de diferença. O marcador era de 2 a 1 até os 43' minutos do segundo tempo. A torcida vascaína já comemorava o título quando Edílson sofreu falta na intermediária. Petkovic cobrou com efeito e marcou o golaço do título. "Vice de Novo", gritavam os rubro-negros.


29 de maio de 1983: Flamengo 3-0 Santos

Com a presença de mais de 155 mil pagantes, o Maracanã foi abaixo com a goleada do Flamengo sobre o Santos, que havia ganho a primeira partida pro 2 a 1. Zico, Leandro e Adílio foram os autores dos tentos que deram ao rubro-negro seu terceiro título brasileiro.


23 de outubro de 2019: Flamengo 5-0 Grêmio

O timaço do Flamengo comandado por Jorge Jesus teve uma partida que ficou marcada na temporada: a goleada de 5 a 0 sobre o Grêmio (Brasil) pela semifinal da Taça Libertadores da América. Bruno Henrique, Gabigol (dois), Pablo Marí e Rodrigo Caio balançaram as redes dos gaúchos, que sempre foram uma pedra no sapato da representação da Gávea.


23 de março de 1995: Flamengo 3-2 Botafogo

Essa foi a melhor atuação do Baixinho Romário em sua passagem pelo Flamengo. Ele fez os três gols que deram o título da Taça Guanabara ao Urubu. Ele fez o primeiro aos sete e o segundo aos 22' do primeiro tempo. O Botafogo reagiu e empatou no segundo tempo (Adriano aos 28' e 33' fez os gols). Romário, porém, decidiu a partida numa falha de Márcio Teodoro aos 37'.