quarta-feira, 31 de março de 2021

Taça Libertadores da América de 2021

Estão definidos todos os participantes e o reegulamento da Taça Libertadores da América de 2021.

Após três fases preliminares de mata-mata com partidas de ida e de volta, teremos a tradicional fase de grupos. Serão oito chaves com quatro clubes cada. Os dois melhores times de cada grupo avançam para as oitavas de final. A partir daí teremos mata-mata em ida e volta até conhecermos os finalistas, que se enfrentam em jogo único em sede neutra. Os "melhores eliminados" das fases preliminares e de grupos se classificam para a Copa Sudamericana.

O Rio de Janeiro será representado por Flamengo e Fluminense.


Os Participantes

  • Argentina: Argentinos Jrs., Boca Jrs., Racing, River Plate, San Lorenzo e Vélez Sarsfield.
  • Bolívia: Always Ready, Bolívar, Royal Pari e The Strongest.
  • Brasil: Atlético/MG, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Santos e São Paulo.
  • Chile: Unión Española, Unión La Calera, Universidad Católica e Universidad de Chile.
  • Colômbia: América de Cali, Atlético Júnior, Independiente Santa Fé e Nacional.
  • Equador: Barcelona, Independiente del Valle, LDU de Quito e Universidad Católica.
  • Paraguai: Cerro Porteño, Guaraní, Libertad e Olimpia.
  • Peru: Ayacucho, César Vallejo, Sporting Cristal e Universitario.
  • Uruguai: Liverpool, Nacional, Rentistas e Wanderers.
  • Venezuela: Caracas, Deportivo La Guaira, Deportivo Lara e Táchira.
  • Atual Campeão: Palmeiras (Brasil).
  • Campeão da Copa Sudamericana: Defensa y Justicia (Argentina).

Bangu AC Campeão Estadual da 2ª Divisão de 1911


conquistou seu primeiro título do Campeonato Estadual e seu acesso à elite em 1911.

A curiosidade do campeonato foi a desistência do Haddock Lobo FC que se fundiu com o America FC.

No mesmo ano, outro Haddock Lobo FC foi criado mas este nunca chegou a disputar campeonatos oficiais.

Bangu, São Cristóvão e Mangueira, os três primeiros colocados, foram promovidos à primeira divisão do Rio de Janeiro.


A Campanha

  • 7-0 Mangueira – c
  • WO-0 Haddock Lobo – f
  • 6-1 Guarany – c
  • 3-1 Cascadura – c
  • 2-0 São Cristóvão – f
  • 1-4 Mangueira – f
  • WO-0 Haddock Lobo – c
  • 6-0 Cascadura – f
  • WO-0 Guarany - f
  • 1-1 São Cristóvão – c


Classificação

  • 1º Bangu - Campeão.
  • 2º São Cristóvão
  • 3º Mangueira
  • 4º Guarany
  • 5º Cascadura
  • 6º Haddock Lobo

terça-feira, 30 de março de 2021

Paysandu CC Campeão Estadual da 2ª Divisão de 1910

O Paysandu Cricket Club se sagrou campeão carioca da 2ª divisão de 1910.

A Federação resolveu promover uma competição no formato mata-mata para os novos clubes que surgiam na época. O prêmio seria uma vaga na 1ª Divisão de 1911.

O torneio foi todo ele disputado em abril de 1911 e foi reconhecido como a segunda divisão de 1910, já que não houve segundona em 1910.

O Paysandu conquistou o título e o direito de jogar na elite em 1911.

Anos mais tarde, este Paisandu mudaria seu nome para Payssandu Atlético Clube.


1ª Fase

Jogos 1

02/04/11
  • Paysandu * 5-2 Mangueira
  • São Cristóvão 2-2 Bangu

Jogo de Desempate

13/04/11
  • São Cristóvão * 2-0 Bangu


Final

16/04/11
  • Paysandu ** 4-0 São Cristóvão


A Campanha

1ª Fase

  • 5-2 Mangueira - n

Final

  • 4-0 São Cristóváo - n


Classificação Final

  • 1º Paysandu - Campeão.
  • 2º São Cristóvão
  • 3º Bangu
  • 4º Mangueira

Riachuelo FC Campeão Estadual da 2ª Divisão de 1906

O Riachuelo FC foi o primeiro Campeão Estadual da 2ª Divisão. Em 1906, três clubes disputaram a primeira Segundona: o tradicional America, o Colégio Latino-Americano e o próprio Riachuelo FC.

O título não foi suficiente para o Riachuelo FC subir. Em partida válida pela promoção, o time foi derrotado por 5-2 no Estádio das Laranjeiras pelo Football & Athletic, lanterna da 1ª Divisão do Campeonato Estadual. O resultado manteve o Riachuelo na 2ª Divisão de 1907.

O time-base do Riachuelo era: C. Joppert, Nabuco Prado e E. Almeida; Alarico de Freitas,Joppert e Carlos Fonseca; João Pereira, Luiz Nascimento, Barroso Magno, Armando Joppert e D. Ferreira.


A Campanha

1ª Fase

  • 1-1 Colégio Latino-Americano - c
  • 2-1 America - f
  • 1-1 Colégio Latino-Americano - f
  • 2-2 America - c

Final

  • 5-1 America - n


Classificação Final

  • 1º Riachuelo FC - Campeão.
  • 2º America
  • 3º Colégio Latino-Americano

Amavôlei Maringá (PR) Campeã Brasileira Feminina da 2ª Divisão de Voleibol de 2021

Amavôlei Maringá
A Amavôlei Maringá (PR) se sagrou campeã brasileira feminina da 2ª Divisão de voleibol de 2021.

A competição foi encerrada precocemente por conta da pandemia de coronavirus.

O Flamengo representou o Rio de Janeiro mas não conseguiu o acesso à primeira divisão. Subiram para a elite a Amavôlei Maringá (PR) e o CC Valinhos (SP). Não houve rebaixamento.


1ª Fase

1ª Rodada

22/03/21

  • Flamengo 2-3 Minas Náutico (DF)
  • (SP) Bradesco 0-3 Bluvôlei (SC)
  • (PR) Amavôlei Maringá 1-3 CC Valinhos (SP)

2ª Rodada

23/02/21

  • Flamengo 3-2 Bluvôlei (SC)
  • (SP) Bradesco 1-3 Minas Náutico (DF)
  • (SP) CC Valinhos 3-0 Francana (SP)

3ª Rodada

24/02/21

  • Flamengo 3-1 Bradesco (SP)
  • (SC) Bluvôlei 3-0 Minas Náutico (DF)
  • (PR) Amavôlei Maringá 3-1 Francana (SP)


Classificação

Grupo A

  • 1º Bluvolei - 7 - 2ª Fase.
  • 2º Flamengo - 6 - 2ª Fase.
  • 3º Minas Náutico - 5
  • 4º Bradesco - 0

Grupo B

  • 1º CC Valinhos - 8 - 2ª Fase.
  • 2º Amavôlei Maringá - 5 - 2ª Fase.
  • 3º Francana - 0

Obs: O Itajaí Vôlei (SC) desistiu da disputa.



2ª Fase

25/02/21

  • (SC) Bluvôlei 0-3 * Amavôlei Maringá (PR)
  • (SP) CC Valinhos * 3-2 Flamengo


Final

26/02/21

  • (PR) Amavôlei Maringá ** 3-2 CC Valinhos (SP)


Os Campeões

Liga Nacional

  • 2002 - São José dos Campos (SP)
  • 2003 - Buettner Vôlei (SC)
  • 2004 - Mogi das Cruzes (SP)
  • 2005 - Blumenau (SC)
  • 2006 - Florianópolis (SC)
  • 2007 - Brusque (SC)
  • 2008 - Praia TC (MG)
  • 2009 - Cativa (SC)
  • 2010 - PC Uberlândia (MG)
  • 2011 - Rio do Sul (SC)
  • 2012 - São Caetano (SP)
  • 2013 - ADC Bradesco (SP)

Superliga B

  • 2014 - São José dos Campos (SP)
  • 2015 - ALB Bauru (SP)
  • 2016 - UNIARA (SP)
  • 2017 - Barueri (SP)
  • 2018 - Círculo Militar do Paraná (PR)
  • 2019 - CC Valinhos (SP)
  • 2020 - ----
  • 2021 - Amavôlei Maringá (PR)

segunda-feira, 29 de março de 2021

Os Campeões Brasileiros da 3ª Divisão

Olaria Campeão da Taça de Bronze de 1981
O Campeonato Brasileiro da 3ª Divisão foi criado em 1981 e o seu primeiro campeão foi o Olaria do Rio de Janeiro - foto.

Entre 1982 e 1987 e nas temporadas de 1989, 1991, 2000 a competição não aconteceu.

O Rio de Janeiro festejou ainda as conquistas de 1999 (com o Fluminense), e de 2014 (com o Macaé).


Os Campeões

Taça de Bronze

  • 1981 - Olaria AC (RJ)
  • 1982 - ----
  • 1983 - ----
  • 1984 - ----
  • 1985 - ----
  • 1986 - ----

Copa União Módulo Azul / Módulo Branco

  • 1987 - ----

Divisão de Acesso

  • 1988 - União São João EC (SP)
  • 1989 - ----

Campeonato Brasileiro da 3a Divisão

  • 1990 - C Atlético G (GO)
  • 1991 - ----
  • 1992 - Tuna Luso B (PA)
  • 1994 - GE Novorizontino (SP)
  • 1995 - XV N Piracicaba (SP)
  • 1996 - Vila Nova FC (GO)
  • 1997 - Sampaio Corrêa FC (MA)
  • 1998 - Avaí FC (SC)
  • 1999 - Fluminense FC (RJ)
  • 2000 - ----

Campeonato Brasileiro da Série C

  • 2001 - Paulista FC (SP)
  • 2002 - Brasiliense FC (DF)
  • 2003 - Ituano FC (SP)
  • 2004 - União A Barbarense FC (SP)
  • 2005 - C Remo (PA)
  • 2006 - Criciúma EC (SC)
  • 2007 - CA Bragantino (SP)
  • 2008 - Atlético CG (GO)
  • 2009 - América FC (MG)
  • 2010 - ABC FC (RN)
  • 2011 - Joinville EC (SC)
  • 2012 - Oeste FC (SP)
  • 2013 - Santa Cruz FC (PE)
  • 2014 - Macaé EFC (RJ)
  • 2015 - Vila Nova FC (GO)
  • 2016 - Boa EC (MG)
  • 2017 - CSA (AL)
  • 2018 - Operário FEC (PR)
  • 2019 - C Náutico C (PE)
  • 2020 - Vila Nova FC (GO)
  • 2021 - Ituano FC (SP)


Ranking

  • 1º Vila Nova FC/GO - 3
  • 2º Atlético CG/GO  - 2
  • 2º Ituano FC - 2
  • 4º ABC FC - 1
  • 4º América FC/MG - 1
  • 4º Americano FC - 1
  • 4º Avaí FC - 1
  • 4º Boa EC - 1
  • 4º CA Bragantino - 1
  • 4º Brasiliense FC - 1
  • 4º Criciúma EC - 1
  • 4º CSA - 1
  • 4º Fluminense FC - 1
  • 4º Joinville EC - 1
  • 4º Macaé EFC - 1
  • 4º C Náutico C - 1
  • 4º GE Novorizontino - 1
  • 4º Oeste FC - 1
  • 4º Olaria AC - 1
  • 4º Operário FC/MS - 1
  • 4º Operário FEC/PR - 1
  • 4º Paulista FC - 1
  • 4º C Remo - 1
  • 4º Sampaio Corrêa FC - 1
  • 4º Santa Cruz FC - 1
  • 4º Tuna Luso B - 1
  • 4º União A Barbarense FC - 1
  • 4º União São João EC - 1
  • 4º EC XV N Piracicaba - 1


Ranking por Estado

  • 1º SP - 9
  • 2º GO - 5
  • 3º RJ - 3
  • 3º SC - 3
  • 5º MG - 2
  • 5º PA - 2
  • 5º PE - 2
  • 8º AL - 1
  • 8º DF - 1
  • 8º MA - 1
  • 8º PR - 1
  • 8º RN - 1

sábado, 27 de março de 2021

Guia do Brasileirão 2021

O Campeonato Brasileiro ainda não é disputado numa fórmula ideal, não respeita as datas da seleção brasileira e os melhores jogadores do país continuam a ir embora muito cedo. Mesmo assim, vem aí a principal liga do país.

O Rio de Janeiro será representado por quatro clubes no Brasileirão. Na elite estarão Flamengo e Fluminense.

Na 2ª Divisão teremos Botafogo e .

Na 3ª Divisão teremos o Volta Redonda.

Nós seremos representados na 4ª Divisão por Bangu, Boavista e Madureira.


Os Clubes da 1ª Divisão

Os favoritos são Atlético (MG), Flamengo, Palmeiras (SP), São Paulo (SP).
Devem cair Bahia (BA), Chapecoense (SC), Fortaleza (CE) e Sport (PE).

América FC (MG)

  • Fundação:1912.
  • Mascote: Coelho.
  • Material Esportivo: Sparta.
  • Patrocinador Principal: Banco Semear.
  • Ranking CBF: 17º.
  • Títulos: Duas 2ª Divisão (1997 e 2017) e uma 3ª Divisão (2009).
  • Em 2021: Briga pela Libertadores.
  • Na elite: Desde 2021.
  • Cores: Branca, preta e verde.
  • Estádio: Independência.(23.018 pessoas).
  • Outros Esportes: Voleibol.

C Athlético P (PR)

  • Fundação: 1924.
  • Mascote: Furacão e Cartola.
  • Material Esportivo: Umbro.
  • Patrocinador Principal: Philco.
  • Ranking CBF: 
  • Títulos: Uma 1ª Divisão (2001); uma Copa (2019); e uma 2ª Divisão (1995).
  • Em 2021: Briga pela Copa Sudamericana.
  • Na elite: Desde 2013.
  • Cores: Vermelha e Preta.
  • Estádio: Arena da Baixada (43 mil pessoas).
  • Outros Esportes: Nenhum.

Atlético CG (GO)

  • Fundação: 1937.
  • Mascote: Dragão.
  • Material Esportivo: Dragão Premium.
  • Patrocinador Principal: Não tem.
  • Ranking CBF: 19º.
  • Títulos: Uma 2ª Divisão (2016); e duas 3ª Divisão (1990 e 2008).
  • Em 2021: Briga pela Copa Sudamericana.
  • Na elite: Desde 2020.
  • Cores: Branca, preta e vermelha.
  • Estádio:Antônio Accioly (12.500 pessoas).
  • Outros Esportes: Nenhum.

C Atlético M (MG)

  • Fundação: 1908.
  • Mascote: Galo.
  • Material Esportivo: Le Coq Sportif.
  • Patrocinador Principal: Banco BMG.
  • Ranking CBF: 9º.
  • Títulos: Uma 1ª Divisão (1971); uma Copa (2015); uma 2ª Divisão (2006).
  • Em 2021: Luta pelo título.
  • Na elite: Desde 2007.
  • Cores: Branca e Preta.
  • Estádio: Mineirão (48 mil pessoas).
  • Outros Esportes: Atletismo, Futebol Americano e Futsal.

EC Bahia (BA)

  • Fundação: 1931.
  • Mascote: Super-Homem.
  • Material Esportivo: Esquadrão.
  • Patrocinador Principal: CasadeAposta.com
  • Ranking CBF: 11º.
  • Títulos: Duas 1ª Divisão (1959 e 1988).
  • Em 2021: Luta contra o Rebaixamento.
  • Na elite: Desde 2017.
  • Cores: Azul, branca e vermelha.
  • Estádio: Arena Fonte Nova (50.025 pessoas).
  • Outros Esportes: X

RB Bragantino (SP)

  • Fundação: 1928.
  • Mascote: Leão.
  • Material Esportivo: Nike.
  • Patrocinador Principal: Red Bull.
  • Ranking CBF: 22º.
  • Títulos: Duas 2ª Divisão (1989 e 2019) e uma 3ª Divisão (2007).
  • Em 2021: Briga pela Libertadores.
  • Na elite: Desde 2020.
  • Cores: Branca e preta.
  • Estádio: Nabi Abi Chedid (17 mil pessoas).
  • Outros Esportes: Nenhum.

Ceará SC (CE)

  • Fundação: 1914.
  • Mascote: Vovô.
  • Material Esportivo: Vozão.
  • Patrocinador Principal: Nenhum.
  • Ranking CBF: 14º
  • Títulos: ----
  • Em 2021: Briga pela Copa Sudamericana.
  • Na Elite: Desde 2018.
  • Cores: Branca e preta.
  • Estádio: Arena Castelão (63.903 pessoas).
  • Outros Esportes: Futsal.

A Chapecoense F (SC)

  • Fundação: 1973.
  • Mascote: Índio Condá.
  • Material Esportivo: Umbro.
  • Patrocinador Principal: Aurora.
  • Ranking CBF: 15º
  • Títulos: Uma 2ª Divisão (2020).
  • Em 2021: Luta contra o Rebaixamento.
  • Na Elite: Desde 2021.
  • Cores: Verde.
  • Estádio: Arena Castelão (63.903 pessoas).
  • Outros Esportes: Nenhum.

SC Corinthians P (SP)

  • Fundação: 1910.
  • Mascote: Mosqueteiro.
  • Material Esportivo: Nike.
  • Patrocinador Principal: Neo Química.
  • Ranking CBF: 7º.
  • Títulos: Sete 1ª Divisão (1990, 1998, 1999, 2005, 2011, 2015 e 2017); três Copas (1995, 2002 e 2009); e uma 2ª Divisão (2008).
  • Na elite: Desde 2009.
  • Em 2021: Luta pela Copa Sudamericana.
  • Cores: Branca e Preta.
  • Estádio: Arena Corinthians (48 mil pessoas).
  • Outros Esportes: Asa Delta, Automobilismo, Basquetebol, Basquetebol em Cadeira de Rodas, Bocha, Boxe, Footgolf, Futebol Americano, Futebol de Praia, Futebol Paralímpico, Futebol Society, Futmesa, Futsal, Handebol, Judô, MMA, Natação, Paratriatlo, Peteca, Remo, Skate, Surfe, Taekwondo, Tamboréu, Tênis, Vôlei Sentado, Voleibol e Xadrez.

Cuiabá EC (MT)

  • Fundação: 2001.
  • Mascote: Peixe Dourado.
  • Material Esportivo: Umbro.
  • Patrocinador Principal: Drebor.
  • Ranking CBF: 28º
  • Títulos: nenhum.
  • Em 2021: Luta contra o rebaixamento.
  • Na Elite: Desde 2021.
  • Cores: Amarela e verde.
  • Estádio: Arena Castelão (63.903 pessoas).
  • Outros Esportes: Nenhum.

CR Flamengo (RJ)

  • Fundação: 1895.
  • Mascote: Popeye e Urubu.
  • Material Esportivo: Adidas.
  • Patrocinador Principal: BRB.
  • Ranking CBF: 1º.
  • Títulos: Sete 1ª Divisão (1980, 1982, 1983, 1992, 2009, 2019 e 2020); e três Copas (1990, 2006 e 2013).
  • Em 2021: Briga pelo título.
  • Na elite: Desde sempre.
  • Cores: Preta e vermelha.
  • Estádio: Maracanã (65.000 pessoas).
  • Outros Esportes: Basquetebol, Canoagem, Caratê, ESports, Futebol Americano, Futebol de Praia, Futmesa, Futsal, Ginástica Artística, Natação, Natação Artística, Polo Aquático, Remo, Tênis e Voleibol.

Fluminense FC (RJ)

  • Fundação: 1902.
  • Mascote: Cartola.
  • Material Esportivo: Umbro.
  • Patrocinador Principal: Não tem.
  • Ranking CBF: 12º.
  • Títulos: Quatro 1ª Divisão (1970, 1984, 2010 e 2012); uma Copa (2007); e uma 3ª Divisão (1999).
  • Em 2021: Briga pela Copa Sudamericana.
  • Na elite: Desde 2000.
  • Cores: Branca e verde e vermelha.
  • Estádio: Maracanã (65 mil pessoas).
  • Outros Esportes: Basquetebol, Futmesa, Futsal, Ginástica Artística, Judô, Maratonas Aquáticas, Natação, Natação Artística, Polo Aquático, Saltos Ornamentais, Tênis, Tênis de Mesa, Tiro, Tiro Prático, Voleibol e Xadrez.

Fortaleza EC (CE)

  • Fundação: 1918.
  • Mascote: Leão.
  • Material Esportivo: Leão 1918..
  • Patrocinador Principal: X
  • Ranking CBF: 18º.
  • Títulos: Uma 2ª Divisão (2018).
  • Em 2021: Luta contra o Rebaixamento.
  • Na Elite: Desde 2019.
  • Cores: Azul, branca e vermelha.
  • Estádio: Castelão (63.903 pessoas).
  • Outros Esportes: Basquetebol, Basquetebol em Cadeira de Rodas, Beisebol, Futsal, Handebol e Power Soccer.

Grêmio (RS) FPA

  • Fundação: 1903.
  • Mascote: Mosqueteiro.
  • Material Esportivo: Umbro.
  • Patrocinador Principal: Banrisul.
  • Ranking CBF: 3º.
  • Títulos: Duas 1ª Divisão (1981 e 1996); cinco Copas (1989, 1993, 1997, 2001 e 2016); e uma 2ª Divisão (2005).
  • Em 2021: Briga pela Copa Sudamericana.
  • Na elite: Desde 2006.
  • Cores: Azul, Branca e Preta.
  • Estádio: Arena do Grêmio (55 mil pessoas).
  • Outros Esportes: Escotismo.

SC Internacional (RS)

  • Fundação: 1909.
  • Mascote: Saci-pererê.
  • Material Esportivo: Adidas.
  • Patrocinador Principal: Banrisul.
  • Ranking CBF: 4º.
  • Títulos: Três 1ª Divisão (1975, 1976 e 1979); e 1 Copa (1992).
  • Em 2021: Briga pela Libertadores.
  • Na elite: Desde 2018.
  • Cores: Vermelho.
  • Estádio: Beira-Rio (50.128 pessoas).
  • Outros Esportes: e-Sports.

EC Juventude (RS)

  • Fundação: 1913.
  • Mascote: Periquito.
  • Material Esportivo: 19Treze.
  • Patrocinador Principal: Banrisul.
  • Ranking CBF: 27º.
  • Títulos: Uma Copa do Brasil (1999); uma 2ª Divisão (1994).
  • Em 2021: Luta contra o Rebaixamento.
  • Na Elite: Desde 2021.
  • Cores: Branca e verde.
  • Estádio: Alfredo Jaconi (19.924 pessoas).
  • Outros Esportes: Nenhum.

SE Palmeiras (SP)

  • Fundação: 1914.
  • Mascote: Periquito e Porco.
  • Material Esportivo: Puma.
  • Patrocinador Principal: Crefisa.
  • Ranking CBF: 2º.
  • Títulos: Dez 1ª Divisões (1960, 1967, 1967 II, 1969, 1972, 1973, 1993, 1994, 2016 e 2018); quatro Copas (1998, 2012, 2016 e 2020); e duas 2ª Divisões (2003 e 2013).
  • Em 2021: Briga pelo título.
  • Na elite: Desde 2014.
  • Cores: Verde.
  • Estádio: Allianz Parque (43 mil pessoas).
  • Outros Esportes: Atletismo, Basquetebol, Boxe, Caratê, Futebol Americano, Futmesa, Futsal, Ginástica Acrobática, Ginástica Aeróbica, Ginástica Artística, Hóquei em Linha, Judô, Patinação Artística, Taekwondo, Tênis, Tênis de Mesa e Tiro com Arco.

Santos FC (SP)

  • Fundação: 1912.
  • Mascote: Baleia e Peixe.
  • Material Esportivo: Umbro.
  • Patrocinador Principal: Nenhum.
  • Ranking CBF: 6º.
  • Títulos: Oito 1ª Divisão (1960, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968, 2002 e 2004); e uma Copa (2010).
  • Em 2021: Briga pela Libertadores.
  • Na elite: Desde 1980.
  • Cores: Branca e preta.
  • Estádio: Vila Belmiro (16.068 pessoas).
  • Outros Esportes: Futsal e Goalbol.

São Paulo FC (SP)

  • Fundação: 1935.
  • Mascote: São Paulo.
  • Material Esportivo: Adidas.
  • Patrocinador Principal: X
  • Ranking CBF: 8º.
  • Títulos: Seis 1ª Divisão (1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008).
  • Em 2021: Luta pelo título.
  • Na elite: Desde 1980.
  • Cores: Branca, preta e vermelha.
  • Estádio: Morumbi (72.039 mil pessoas).
  • Outros Esportes: Atletismo, Basquetebol, Beach Tennis, Biribol, Boxe, Capoeira, Carteado, Futevôlei, Futsal, Ginástica Aeróbica, Ginástica Artística, Ginástica Rítmica, Golfe, Handebol, Jiu-Jitsu, Judô, Kick Boxing, Natação, Pádel, Patinação Artística, Sinuca, Tênis, Tênis de Mesa, Vôlei de Praia e Voleibol.

Sport CR (PE)

  • Fundação: 1905.
  • Mascote: Leão.
  • Material Esportivo: Umbro.
  • Patrocinador Principal: Não tem.
  • Ranking CBF: 20º.
  • Títulos: Uma 1ª Divisão (1987); uma Copa do Brasil (2008); e uma 2ª Divisão (1990).
  • Em 2021: Luta contra o Rebaixamento.
  • Na elite: Desde 2020.
  • Cores: Vermelha e preta.
  • Estádio: Ilha do Retiro (26.418 pessoas).
  • Outros Esportes: Atletismo, Badminton, Basquetebol, Caratê, Capoeira, Ciclismo, Futebol de Praia, Futebol Society, Futmesa, Futsal, Handebol, Hóquei sobre Patins, Jiu-Jitsu, Judô, Luta Greco-Romana, Natação, Para-atletismo, Remo, Taekwondo, Tênis, Tênis de Mesa, Vôlei de Praia, Voleibol e Xadrez.



Os Clubes da 2
ª
 Divisão

 A 2ª Divisão traz Avaí (SC), Botafogo, Remo (PA) e Vasco da Gama como favoritos a subirem para a elite.

Quatro são os mais fortes candidatos a cair: Brusque (SC), Confiança (SE), Operário (PR), Vila Nova (GO).


Avaí FC (SC)

  • Fora da Elite: Desde 2019.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2020.
  • Em 2021: Luta pelo título.
  • Títulos: Uma 3ª Divisão (1998).

Botafogo FR (RJ)

  • Fora da Elite: Desde 2020.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2021.
  • Em 2021: Luta pelo título.
  • Títulos: Duas 1ª Divisão (1968 e 1995) e uma 2ª Divisão (2015).

GE Brasil (RS)

  • Fora da Elite: Desde 2000.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2016.
  • Em 2021: Luta contra o rebaixamento.
  • Títulos: nenhum.

Brusque (SC)

  • Fora da Elite: Desde sempre.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2021.
  • Em 2021: Luta contra o rebaixamento.
  • Títulos: Uma 4ª Divisão (2019).

AD Confiança (SE)

  • Fora da Elite: Desde 1984.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2020.
  • Em 2021: Luta contra o rebaixamento.
  • Títulos: Nenhum.

Coritiba FC (PR)

  • Fora da Elite: Desde 2020.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2021.
  • Em 2021: Deve ficar na segundona.
  • Títulos: Uma 1ª Divisão (1985); e duas 2ª Divisão (2007 e 2010).

Cruzeiro EC (MG)

  • Fora da Elite: Desde 2019.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2020.
  • Em 2021: Luta pelo acesso.
  • Títulos: Três 1ª Divisão (1966, 2003 e 2014); e seis Copas (1993, 1996, 2000, 2003, 2017 e 2018).

CRB (AL)

  • Fora da Elite: Desde 2000.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2015.
  • Em 2021: Luta pelo acesso.
  • Títulos: nenhum.

CSA (AL)

  • Fora da Elite: Desde 2019.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2020
  • Em 2021: Deve ficar na segundona.
  • Títulos: Uma 3ª Divisão (2017).

Goiás EC  (GO)

  • Fora da Elite: Desde 2020.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2021
  • Em 2021: Deve ficar na segundona.
  • Títulos: Duas 2ª Divisão (1999 e 2012).

Guarani FC (SP)

  • Fora da Elite: Desde 2010.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2017.
  • Em 2021: Deve ficar na segundona.
  • Títulos: Uma 1ª Divisão (1978); e uma 2ª Divisão (1981).

Londrina (PR)

  • Fora da Elite: Desde 2000.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2021.
  • Em 2021: Deve ficar na segundona.
  • Títulos: Uma 2ª Divisão (1980).

C Náutico C (PE)

  • Fora da Elite: Desde 2013.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2020.
  • Em 2021: Deve ficar na segundona.
  • Títulos: Uma 3ª Divisão (2019).

Operário FEC (PR)

  • Fora da Elite: Desde 1979.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2019.
  • Em 2021:  Luta contra o rebaixamento.
  • Títulos: Uma 4ª Divisão (2017) e uma 3ª Divisão (2018).

AA Ponte Preta (SP)

  • Fora da Elite: Desde 2017.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2018.
  • Em 2021: Luta pelo acesso.
  • Títulos: Nenhum.

Remo (PA)

  • Fora da Elite: Desde 2000.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2021.
  • Em 2021: Luta pelo título.
  • Títulos:  Uma 3ª Divisão (2005).

Sampaio Corrêa FC (MA)

  • Fora da Elite: Desde 1986.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2020.
  • Em 2021:  Luta pelo acesso.
  • Títulos: Uma 2ª Divisão (1972), uma 3ª Divisão (1997) e uma 4ª Divisão (2012).

CR Vasco da Gama (RJ)

  • Fora da Elite: Desde 2020.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2021.
  • Em 2021: Luta pelo título.
  • Títulos: Quatro 1ª Divisão (1974, 1989, 1997 e 2000); uma Copa (2011); e uma 2ª Divisão (2009).

Vila Nova (GO)

  • Fora da Elite: Desde 2000.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2021.
  • Em 2021: Luta contra o rebaixamento.
  • Títulos: Três 3ª Divisão (1996, 2015 e 2020).

EC Vitória (BA)

  • Fora da Elite: Desde 2018.
  • Na 2ª Divisão: Desde 2019.
  • Em 2021: Deve ficar na segundona.
  • Títulos: Nenhum.


A 3ª Divisão

Os favoritos ao acesso na 3ª Divisão nacional são Botafogo (SP), Ferroviário (CE), Santa Cruz (PE) e Volta Redonda. 
Deverão ser rebaixados: Altos (PI), Jacuipense (BA), Mirassol (SP) e Ypiranga (RS).
  • Grupo A: Altos, Botafogo/PB, Ferroviário, Floresta, Jacuipense, Manaus, Paysandu, Santa Cruz, Tombense e Volta Redonda.
  • Grupo B: Botafogo/SP, Criciúma, Figueirense, Ituano, Mirassol, Novorizontino, Oeste, Paraná, São José/RS e Ypiranga.


A 4ª Divisão

Caxias (RS), Ferroviária (SP), Joinville (SC) e Salgueiro (PE) são os favoritos da Série D ao acesso.


quinta-feira, 25 de março de 2021

Centro Atletismo Sobradinho (DF) Eneiacampeão da Copa Brasil de Marcha Atlética de 2013/2014/2015/2016/2017/2018/2019/2020/2021

O Centro de Atletismo de Sobradinho (DF) se sagrou eneiacampeão da Copa Brasil de Marcha Atlética de 2013/2014/2015/2016/2017/2018/2019/2020/2021.

Os clubes do Rio de Janeiro não conseguiram nenhum ponto na Copa Brasil de Marcha Atlética de 2021.


Classificação

  • 50km Adulto Feminino: Sport CR (PE).
  • 50km Adulto Masculino: CA Sobradinho (DF).
  • 20km Adulto Feminino: CA Sobradinho (DF) 
  • 20km Adulto Masculino: CA Sobradinho (DF).
  • 10km Sub-20 Feminino: CA Sobradinho (DF).
  • 10km Sub-20 Masculino: CA Sobradinho (DF).
  • 10km Sub-18 Feminino: CA Sobradinho (DF).
  • 10km Sub-18 Masculino: CA Sobradinho (DF).
  • 5km Sub-16 Feminino: CA Sobradinho (DF).
  • 5km Sub-16 Masculino: AERO Club (RN).


Classificação

  • 1º CA Sobradinho (DF) - 103 - Eneiacampeão.
  • 2º PM Colombo - 29
  • 3º AABLU (SC) - 27
  • 4º Balneário Camboriú (SC) - 14
  • 4º Sport CR (PE) - 14
  • 6º FME Timbó - 11
  • 7º UCA - 10
  • 8º AEFV - 9
  • 9º Aero Club (RN) - 8
  • 10º Atletas Com Futuro - 6
  • 11º Curitiba SMELJ (PR) - 5
  • 12º CRIA Lavras (RS) - 3
  • 12º FECAM - 3
  • 12º Projeto Atletismo Campeão - 3
  • 15º AABB Currais Novos (RN) - 1
  • 15º Franca Atletismo (SP) - 1


Os Campeões

  • 2009 - ADEBLU (SC) / Centro Atletismo Sobradinho (DF)
  • 2010 - ADEBLU (SC)
  • 2011 - Centro Atletismo Sobradinho (DF)
  • 2012 - AA Blumenau (SC)
  • 2013 - Centro Atletismo Sobradinho (DF)
  • 2014 - Centro Atletismo Sobradinho (DF)
  • 2015 - Centro Atletismo Sobradinho (DF)
  • 2016 - Centro Atletismo Sobradinho (DF)
  • 2017 - Centro Atletismo Sobradinho (DF)
  • 2018 - Centro Atletismo Sobradinho (DF)
  • 2019 - Centro Atletismo Sobradinho (DF)
  • 2020 - Centro Atletismo Sobradinho (DF)
  • 2021 - Centro Atletismo Sobradinho (DF)

terça-feira, 23 de março de 2021

Histórico do Vasco da Gama na Liga Sudamericana Masculina de Basquetebol

O Vasco da Gama não vai jogar a edição 2019/20 da Liga Sudamericana masculina de Basquetebol. De qualquer forma, atualizamos as estatísticas do clube na competição.


Vasco Campeão da Liga Sudamericana de 1999

Na primeira participação vascaína da Liga Sudamericana, o time recebeu em São Januário um dos grupos da 1a Fase. O Vasco venceu uma das partidas do triangular e avançou ao mata-mata. Primeiro eliminou o fraco Cañoneros (Colômbia), antes de superar os tradicionais Welcome (Uruguai) e Boca Jrs. (Argentina) para conquistar o título inédito.


Vasco Bicampeão da Liga Sudamericana de 1999/2000

O Vasco defendeu seu título com êxito em 2000. A 1a Fase foi disputada em Barranquilla (Colômbia) e o time carioca teve 100% de aproveitamento. No mata-mata passou por Vasco Barueri (Brasil), Franca (Brasil) e o sempre dificílimo Atenas (Argentina), que resistiu cinco partidas mas saiu com o vice-campeonato.


Quartas de Final de 2001

Em 2001, o Vasco não conseguiu mais se manter no topo. A fase inicial foi disputada sem problemas em Osorno (Chile). No mata-mata caiu diante do Estudiantes Olavarría (Argentina) nas quartas-de-final.


Vice-Campeão de 2002

Em 2002, o Vasco jogou em Montevidéu (Uruguai) e obteve três vitórias em três partidas contra equipes de Argentina, Chile e Uruguai. No mata-mata, eliminou o San José (Paraguai) e o Cocodrilos (Venezuela). Na decisão, o Vasco venceu a primeira partida contra o Libertad Sunchales (Argentina) fora de casa mas perdeu três jogos seguidos e acabou com o vice-campeonato.


Todas as Partidas do Vasco da Gama na Liga Sudamericana de Basquete

  • 09/02/1999 - 105-82 Guaiqueries (Venezuela), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 11/02/1999 - 60-62 Atenas (Argentina), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 23/02/1999 - 87-70 Cañoneros (Colômbia), em Cúcuta, Colômbia.
  • 02/03/1999 - 104-86 Cañoneros (Colômbia), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 09/03/1999 - 90-75 Welcome (Uruguai), em Montevidéu, Uruguai.
  • 16/03/1999 - 90-75 Welcome (Uruguai), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 26/03/1999 - 77-73 Boca Jrs. (Argentina), em Buenos Aires, Argentina.
  • 30/03/1999 - 76-68 Boca Jrs. (Argentina), em Buenos Aires, Argentina.
  • 16/02/2000 - 94-68 Trotamundos (Venezuela), em Barranquilla, Colômbia.
  • 17/02/2000 - 106-54 UTE (Equador), em Barranquilla, Colômbia.
  • 18/02/2000 - 85-75 Caimanes (Colômbia), em Barranquilla, Colômbia.
  • 02/03/2000 - 100-97 Vasco Barueri (Brasil), em Barueri, Brasil.
  • 14/03/2000 - 83-73 Vasco Barueri (Brasil), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 27/03/2000 - 82-57 Franca (Brasil), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 03/04/2000 - 96-86 Franca (Brasil), em Franca, Brasil.
  • 10/04/2000 - 71-78 Atenas (Argentina), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 11/04/2000 - 70-67 Atenas (Argentina), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 14/04/2000 - 79-84 Atenas (Argentina), em Buenos Aires, Argentina.
  • 15/04/2000 - 87-75 Atenas (Argentina), em Buenos Aires, Argentina.
  • 17/04/2000 - 64-61 Atenas (Argentina), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 12/02/2001 - 87-88 Gimnásia y Esgrima Comodoro Rivadavia (Argentina), em Osorno, Chile.
  • 13/02/2001 - 111-57 Universidad Alas Peruanas (Peru), em Osorno, Chile.
  • 14/02/2001 - 88-71 Provincial Osorno (Chile), em Osorno, Chile.
  • 09/03/2001 - 67-91 Estudiantes de Olavarría (Argentina), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 16/03/2001 - 106-107 Estudiantes de Olavarría (Argentina), em Olavarría, Argentina.
  • 20/02/2002 - 91-81 Gimnásia y Esgrima Comodoro Rivadavia (Argentina), em Montevidéu, Uruguai.
  • 21/02/2002 - 109-59 Provincial Llanquihue (Chile), em Montevidéu, Uruguai.
  • 22/02/2002 - 96-80 Biguá (Uruguai), em Montevidéu, Uruguai.
  • 13/03/2002 - 79-89 San José (Paraguai), em Assunção Paraguai.
  • 17/03/2002 - 104-73 San José (Paraguai), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 04/04/2002 - 109-116 Cocodrilos (Venezuela), em Caracas, Venezuela.
  • 09/04/2002 - 104-90 Cocodrilos (Venezuela), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 23/04/2002 - 78-77 Libertad Sunchales (Argentina), em Sunchales, Argentina.
  • 24/04/2002 - 81-83 Libertad Sunchales (Argentina), em Sunchales, Argentina.
  • 30/04/2002 - 99-100 Libertad Sunchales (Argentina), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 01/05/2002 - 85-95 Libertad Sunchales (Argentina), em Sunchales, Argentina.


Números do Vasco na Liga das Américas Masculina de Basquete

  • Jogos: 36
  • Vitórias: 25
  • Derrotas: 11


Vasco da Gama x Argentina

  • 16 jogos, 7 vitórias e 9 derrotas.

Vasco da Gama x Brasil

  • 4 jogos, 4 vitórias e 0 derrotas.

Vasco da Gama x Chile

  • 2 jogos, 2 vitórias e 0 derrotas.

Vasco da Gama x Colômbia

  • 3 jogos, 3 vitórias e 0 derrotas.

Vasco da Gama x Equador

  • 1 jogo, 1 vitória e 0 derrotas.

Vasco da Gama x Paraguai

  • 2 jogos, 1 vitória e 1 derrota.

Vasco da Gama x Peru

  • 1 jogo, 1 vitória e 0 derrotas.

Vasco da Gama x Uruguai

  • 3 jogos, 3 vitórias e 0 derrotas.

Vasco da Gama x Venezuela

  • 4 jogos, 3 vitórias e 1 derrota.
Obs: O Vasco da Gama nunca enfrentou equipes da Bolívia e dos Estados Unidos.

segunda-feira, 22 de março de 2021

Histórico do Vasco da Gama na Liga das Américas Masculina de Basquetebol

Será que o Vasco volta algum dia à Liga das Américas, agora chama de Americas' Champions League?


As Participações do Vasco da Gama na Liga das Américas


Copa dos Campeões Pan-Americanos 1999

A sede da competição foi Santo Domingo, na República Domicana. Um furacão atravessou o Caribe e parte da primeira rodada foi adiada, alterando as datas de toda a competição. O Vasco fez uma excelente campanha e decidiu o título contra o Franca (Brasil). O troféu escapou por apenas um ponto.

Copa dos Campeões Pan-Americanos 2000

Em Montevidéu (Uruguai), o Vasco venceu apenas uma partida na 1a Fase e teve de disputar o quinto lugar, o que acabou conquistando.


Todas as Partidas do Vasco na Liga das Américas de Basquete

  • 18/11/1999 - Vasco da Gama 88-87 Welcome (Uruguai), em Santo Domingo (República Dominicana).
  • 19/11/1999 - Vasco da Gama 80-74 Club Nacional de Ingenieros (Honduras), em Santo Domingo (República Dominicana).
  • 20/11/1999 - Vasco da Gama 80-69 Maurício Báez (República Dominicana), em Santo Domingo (República Dominicana).
  • 21/11/1999 - Vasco da Gama 74-61 Independiente de General Pico (Argentina), em Santo Domingo (República Dominicana).
  • 22/11/1999 - Vasco da Gama 87-88 Franca (Brasil), em Santo Domingo (República Dominicana).
  • 25/10/2000 - Vasco da Gama 76-82 Estudiantes (Argentina), em Montevidéu (Uruguai).
  • 26/10/2000 - Vasco da Gama 102-107 Mayas Yucatán (México), em Montevidéu (Uruguai).
  • 27/10/2000 - Vasco da Gama 88-82 Aguada (Uruguai), em Montevidéu (Uruguai).
  • 28/10/2000 - Vasco da Gama 93-88 Colosos (Panamá), em Montevidéu (Uruguai).
  • 29/10/2000 - Vasco da Gama 104-96 Mayas Yucatán (México), em Montevidéu (Uruguai).


Números do Vasco na Liga das Américas Masculina de Basquete

  • Jogos: 10
  • Vitórias: 7
  • Derrotas: 3

Vasco da Gama x Argentina

  • 2 jogos, 1 vitória e 1 derrota.

Vasco da Gama x Brasil

  • 1 jogo, 1 derrota.

Vasco da Gama x Honduras

  • 1 jogo, 1 vitória.

Vasco da Gama x México

  • 2 jogos, 1 vitória e 1 derrota.

Vasco da Gama x Panamá

  • 1 jogo, 1 vitória.

Vasco da Gama x República Dominicana

  • 1 jogo, 1 vitória.

Vasco da Gama x Uruguai

  • 2 jogos, 2 vitórias.

Obs: O Vasco da Gama nunca enfrentou equipes de Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Estados Unidos, Nicarágua, Porto Rico e Venezuela.

A Ferroviária E (Brasil) Campeã da Taça Libertadores da América Feminina de 2020

ferroviaria campea libertadores 2020
A Ferroviária (Brasil) se sagrou campeã da Taça Libertadores da América Feminina de 2020.

A edição de 2020 da Taça Libertadores da América Feminina foi toda disputada na Argentina. 

Foi o segundo tíulo da Ferroviária na história da Taça Libertadores da América Feminina.


1ª Fase

1ª Rodada

05/03/21

  • (Bolívia) Tropico 0-8 Kindermann (Brasil)
  • (Brasil) Corinthians 16-0 Nacional (Equador)
  • (Argentina) Boca Jrs. 1-1 Santiago Morning (Chile)
  • (Peru) Universitario 0-5 América de Colômbia (Colômbia)

06/03/21

  • (Brasil) Ferroviária 0-4 Libertad (Paraguai)
  • (Colômbia) Independiente Santa Fé 4-0 Atlético (Venezuela)
  • (Uruguai) Peñarol 0-1 Universidad de Chile (Chile)
  • (Argentina) River Plate 0-0 Sol de América (Paraguai)

2ª Rodada

08/03/21

  • (Chile) Santiago Morning 0-0 Kindermann (Brasil)
  • (Brasil) Corinthians 8-0 Universitario (Peru)
  • (Equador) Nacioanl 1-5 América de Cali (Colômbia)
  • (Argentina) Boca Jrs. 10-1 Tropico (Bolívia) 
09/03/21

  • (Venezuela) Atlético 1-2 Sol de América (Paraguai)
  • (Brasil) Ferroviária 1-1 Peñarol (Uruguai)
  • (Paraguai) Libertad 0-5 Universidad de Chile (Chile)
  • (Colômbia) Independiente Santa Fé 0-1 River Plate (Argentina)

3ª Rodada

11/03/21
  • (Equador) Nacional 1-1 Universitario (Peru)
  • (Colômbia) América de Cali 0-3 Corinthians (Brasil)
  • (Chile) Santiago Morning 9-0 Tropico (Bolívia)
  • (Brasil) Kindermann 0-1 Boca Jrs. (Argentina)
12/03/21
  • (Chile) Universidad de Chile 1-4 Ferroviária (Brasil)
  • (Paraguai) Libertad 0-0 Peñarol (Uruguai)
  • (Venezuela) Atlético 0-3 River Plate (Argentina)
  • (Paraguai) Sol de América 0-1 Independiente Santa Fé (Colômbia)


Classificação

Grupo A 

  • 1º Corinthians - 9 - 2ª Fase.
  • 2º América de Cali - 6 - 2ª Fase.
  • 3º Universitario - 1
  • 4º Nacional/Equador - 1

Grupo B

  • 1º Boca Jrs. - 7 - 2ª Fase.
  • 2º Santiago Morning - 5 - 2ª Fase.
  • 3º Kindermann - 4
  • 4 ºTropico - 0

Grupo C

  • 1º River Plate - 7 - 2ª Fase.
  • 2º Independiente Santa Fé - 6 - 2ª Fase.
  • 3º Sol de América - 4
  • 4º Atlético/Venezuela - 0

Grupo D

  • 1º Universidad de Chile - 6 - 2ª Fase.
  • 2º Ferroviária - 4 - 2ª Fase.
  • 3º Libertad - 4
  • 4º Peñarol - 2


2ª Fase

14/03/21
  • (Brasil) Corinthians * 7-0 Santiago Morning (Chile)
  • (Argentina) Boca Jrs. 1-2 * América de Cali (Colômbia)
15/03/21
  • (Chile) Universidad de Chile * 3-1 Independiente Santa Fé (Colômbia)
  • (Argentina) River Plate 0-1 * Ferroviária (Brasil)


3ª Fase

17/03/21
  • (Brasil) Corinthians 1-1 * América de Cali (Colômbia) (-) (3-4)
18/03/21
  • (Chile) Universidad de Chile 0-0 * Ferroviária (Brasil) (-) (6-7)


Final 3º e 4º

21/03/21
  • (Brasil) Corinthians * 4-0 Universidad de Chile (Chile)


Final

21/03/21
  • (Colômbia) América de Cali 1-2 ** Ferroviária (Brasil)


A Campanha

1ª Fase

  • 0-4 Libertad (Paraguai)
  • 1-1 Peñarol (Uruguai)
  • 4-1 Universidad de Chile (Chile)

2ª Fase

  • 1-0 River Plate (Argentina)

3ª Fase

  • 0-0 Universidad de Chile (Chile) (-) (7-6)

Final

  • 2-1 América de Cali (Colômbia)


Os Campeões

  • 2009 - Santos FC (Brasil)
  • 2010 - Santos FC (Brasil)
  • 2011 - São José EC (Brasil)
  • 2012 - CSD Colo Colo (Chile)
  • 2013 - São José EC (Brasil)
  • 2014 - São José EC (Brasil)
  • 2015 - A Ferroviária E (Brasil)
  • 2016 - C Sportivo Limpeño (Paraguai)
  • 2017 - GO Audax (Brasil)
  • 2018 - Atlético Huila (Colômbia)
  • 2019 - SC Corinthians P (Brasil)
  • 2020 - A Ferroviária E (Brasil)

domingo, 21 de março de 2021

Fluminense FC Campeão Brasileiro Sub-18 Feminino de 2020

fluminense campeao brasileiro sub-18 feminino 2020
O Fluminense se sagrou campeão brasileiro sub-18 feminino de 2020.

O time tricolor fez uma brilhante campanha e jogou a final com o regulamento de baixo do braço. O saldo de gols não era critério de desempate e o Pó de Arroz levou a disputa para os pênaltis, onde foi superior ao Internacional (RS).


Os Participantes

  • AM: Iranduba.
  • BA: Bahia, São Francisco e Vitória.
  • CE: Ceará e Fortaleza.
  • DF: Minas Brasília.
  • GO: Goiás.
  • MG: Atlético.
  • PE: Sport.
  • PR: Foz Cataratas e Toledo.
  • RJ: Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama.
  • RS: Grêmio e Internacional.
  • SC: Kindermann.
  • SP: Corinthians, Ferroviária, Palmeiras, Santos e São Paulo.


1ª Fase - Jogos dos Times do Rio de Janeiro

26/01/21
  • (RS) Grêmio 0-2 Fluminense
27/01/21
  • (GO) Goiás 2-2 Botafogo
  • Vasco da Gama 2-2 Ceará (CE)
  • Flamengo 3-1 Fortaleza (CE)
28/01/21
  • Fluminense 1-2 São Paulo (SP)
29/01/21
  • Botafogo 0-4 Flamengo
  • (DF) Minas Brasília 0-0 Vasco da Gama
30/01/21
  • (SP) Corinthians 0-1 Fluminense
31/01/21
  • Flamengo 2-0 Goiás (GO)
  • (CE) Fortaleza 4-0 Botafogo
  • Vasco da Gama 1-2 Ferroviária (SP)
01/02/21
  • Fluminense 1-0 Corinthians (SP)
02/02/21
  • (GO) Goiás 1-0 Flamengo
  • Botafogo 2-1 Fortaleza (CE)
  • (SP) Ferroviária 1-0 Vasco da Gama
03/02/21
  • (SP) São Paulo 1-0 Fluminense
04/02/21
  • Flamengo 6-0 Botafogo
  • Vasco da Gama 1-0 Minas Brasília (DF)
05/02/21
  • Fluminense 1-0 Grêmio (RS)
06/02/21
  • Botafogo 1-1 Goiás (GO)
  • (CE) Fortaleza 1-3 Flamengo
  • (CE) Ceará 1-2 Vasco da Gama


Classificação

Grupo A

  • 1º Internacional (RS) - 18 - 2ª Fase.
  • 2º Palmeiras (SP) - 12 - 2ª Fase.
  • 3º Toledo (PR) - 6
  • 4º Bahia (BA) - 0

Grupo B

  • 1º São Paulo (SP) - 15 - 2ª Fase.
  • 2º Fluminense - 12 - 2ª Fase.
  • 3º Corinthians (SP) - 6
  • 4º Grêmio (RS) - 0

Grupo C

  • 1º Santos (SP) - 18 - 2ª Fase.
  • 2º Atlético (MG) - 7
  • 3º Sport (PE) - 5
  • 4º Vitória (BA) - 4

Grupo D

  • 1º Kindermann (SC) - 18 - 2ª Fase.
  • 2º Iranduba (AM) - 9
  • 3º Foz Cataratas (PR) - 9
  • 4º São Francisco (BA) - 0

Grupo E

  • 1º Flamengo - 15 - 2ª Fase.
  • 2º Fortaleza (CE) - 9
  • 3º Goiás (GO) - 5
  • 4º Botafogo - 5

Grupo F

  • 1º Ferroviária (SP) - 16 - 2ª Fase.
  • 2º Vasco da Gama - 8
  • 3º Minas Brasília (DF) - 4
  • 4º Ceará (CE) - 3


2ª Fase - Jogos dos Times do Rio de Janeiro

09/02/21
  • (SP) Santos 1-0 Flamengo
  • (SP) São Paulo 1-0 Fluminense
11/02/21
  • Flamengo 1-1 Palmeiras (SP)
  • (SP) Ferroviária 0-1 Fluminense
13/02/21
  • (RS) Internacional 0-0 Flamengo
  • Fluminense 2-0 Kindermann (SC)


Classificação

Grupo G

  • 1º Santos (SP) - 6 - 3ª Fase.
  • 2º Interacional (RS) 5 - 3ª Fase.
  • 3º Flamengo - 2
  • 4º Palmeiras (SP) - 2

Grupo H

  • 1º São Paulo (SP) - 9 - 3ª Fase.
  • 2º Fluminense - 6 - 3ª Fase.
  • 3º Ferroviária (SP) - 3
  • 4º Kindermann (SC) - 0


3ª Fase

Jogos de Ida

27/02/21
  • Fluminense 1-1 Santos (SP)
  • (RS) Internacional 1-3 São Paulo (SP)

Jogos de Volta

06/03/21
  • (SP) Santos 1-5 * Fluminense
08/03/21
  • (SP) São Paulo 0-1 * Internacional (RS) (-) (4-5)


Final

Jogo de Ida

13/03/21
  • Fluminense 2-1 Internacional (RS)

Jogo de Volta

20/03/21
  • (RS) Internacional 4-1 ** Fluminense (-) (6-7)


A Campanha

1ª Fase

  • 2-0 Grêmio (RS) - f
  • 2-1 São Paulo (SP) - c
  • 1-0 Corinthians (SP) - f
  • 1-0 Corinthians (SP) - c
  • 0-1 São Paulo (SP) - f
  • 1-0 Grêmio (RS) - c

2ª Fase

  • 0-1 São Paulo (SP) - f
  • 1-0 Ferroviária (SP) - f
  • 2-0 Kindermann (SC) - c

3ª Fase

  • 1-1 Santos (SP) - c
  • 5-1 Santos (SP) - f

Final

  • 2-1 Internacional (RS) - c
  • 1-4 Internacional (RS) - f (-) (7-6)


Os Campeões

  • 2019 - SC Internacional (RS)
  • 2020 - Fluminense FC

Casa de España Campeã Carioca Sub-12 Masculino de Futsal de 2020

casa de españa
A Casa de España se sagrou campeã do Campeonato Carioca Sub-12 Masculino de Futsal de 2020.

Na grande final do Campeonato Carioca Sub-12 Masculino de Futsal de 2020, a Casa de España, do bairro do Humaitá, não tomou conhecimento do Flamengo e arrasou por 6 a 1.


A Campanha

1ª Fase

  • 6-4 Madureira - c
  • 7-1 São Gonçalo EC - c
  • 6-5 Jacarepaguá TC - f
  • 11-4 Maria da Graça - c
  • 13-3 Marã TC - c
  • 7-2 Bangu - f
  • 7-1 Colégio - f
  • 7-5 Ilha Clube - f
  • 6-7 Flamengo - c
  • 3-2 Grau 10 - f

2ª Fase

  • 11-7 Ilha Clube - f
  • 6-0 Ilha Clube - c

3ª Fase

  • 7-0 Grau 10 - c

Final

  • 6-1 Flamengo - n


Os Campeões

  • 2019 - CR Flamengo
  • 2020 - Casa de España

Botafogo FR Campeão Estadual Feminino de 2020

botafogo campeao feminino 2020
O Botafogo se sagrou campeão estadual feminino de 2020.

Este é o segundo título do Botafogo no Campeonato Estadual Feminino de futebol. Curiosamente, a primeira conquista, foi fruto da parceria entre Botafogo e Marinha, a mesma que hoje está no Flamengo e que já pasou pelo Vasco da Gama. 

Quando um clube grande quer e investe, consegue. O Botafogo de 2020 é campeão com méritos de seu próprio trabalho, sem Marinha ou times de aluguel.


2ª Fase

17/03/21

  • Botafogo * 3-0 Vasco da Gama
  • Flamengo 0-2 * Fluminense


Final

20/03/21

  • Botafogo ** 2-0 Fluminense


A Campanha

1ª Fase

  • WO-0 America (3-0) - c
  • 11-1 Angra dos Reis - c
  • 6-0 Portuguesa - c
  • 5-0 Boavista - c
  • 3-0 Pérolas Negras - c
  • 1-2 Flamengo - c
  • 1-0 Vasco da Gama  c
  • 0-1 Fluminense - f

2ª Fase

  • 3-0 Vasco da Gama - c

Final

  • 2-0 Fluminense - c


Classificação Final

  • 1º Botafogo - Campeão.
  • 2º Fluminense
  • 3º Flamengo
  • 4º Vasco da Gama
  • 5º Boavista 
  • 6º Portuguesa 
  • 7º Pérolas Negras 
  • 8º Angra dos Reis 
  • 9º America 


Os Campeões

  • 1983 - EC Radar
  • 1984 - EC Radar
  • 1985 - EC Radar
  • 1986 - EC Radar
  • 1987 - EC Radar
  • 1988 - EC Radar
  • 1989 - ----
  • 1990 - ----
  • 1991 - ----
  • 1992 - ----
  • 1993 - ----
  • 1994 - ----
  • 1995 - CR Vasco da Gama
  • 1996 - CR Vasco da Gama
  • 1997 - CR Vasco da Gama
  • 1998 - CR Vasco da Gama
  • 1999 - CR Vasco da Gama
  • 2000 - CR Vasco da Gama
  • 2001 - Barra FC
  • 2002 - ----
  • 2003 - ----
  • 2004 - Campo Grande AC
  • 2005 - CEPE Caxias
  • 2006 - CEPE Caxias
  • 2007 - CEPE Caxias
  • 2008 - Campo Grande AC
  • 2009 - Volta Redonda FC
  • 2010 - CR Vasco da Gama
  • 2011 - Duque de Caxias FC
  • 2012 - CR Vasco da Gama
  • 2013 - CR Vasco da Gama
  • 2014 - Botafogo FR
  • 2015 - CR Flamengo
  • 2016 - CR Flamengo
  • 2017 - CR Flamengo
  • 2018 - CR Flamengo
  • 2019 - CR Flamengo
  • 2020 - Botafogo FR


Ranking

  • 1º CR Vasco da Gama - 9
  • 2º EC Radar - 6
  • 3º CR Flamengo - 5
  • 4º CEPE Caxias - 3
  • 5º Botafogo FR - 2
  • 5º Campo Grande AC - 2
  • 7º Barra FC - 1
  • 7º Duque de Caxias FC - 1
  • 7º Volta Redonda FC - 1

quarta-feira, 17 de março de 2021

Histórico do Vasco da Gama na Copa Sudamericana

Confira o histórico de todas as participações do Vasco da Gama na Copa Sudamericana ao longo da história.


Todos os jogos do Vasco na Copa Sul-Americana

Confira jogo a jogo as participações do Vasco da Gama na Copa Sudamericana.

Copa CONMEBOL

  • 1993: 2-0 Colo Colo (Chile) no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 1993: 2-4 (-) (2-4) Colo Colo (Chile) em Santiago, Chile.
  • 1996: 0-1 Tolima (Colômbia), em Ibagué, Colômbia.
  • 1996: 4-0 Tolima (Colômbia), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 1996: 2-0 Emelec (Equador), em Guayaquil, Equador.
  • 1996: 0-1 Emelec (Equador), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 1996: 2-1 Independiente Santa Fé (Colômbia), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 1996: 0-1 Independiente Santa Fé (Colômbia), em Barranquilla, Colômbia.

Copa Sudamericana

  • 2003: 1-1 Grêmio (Brasil), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2003: 1-2 São Paulo (Brasil), em São Paulo, Brasil.
  • 2006: 0-1 Corinthians (Brasil), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2006: 1-3 Corinthians (Brasil), em São Paulo, Brasil.
  • 2007: 4-2 Atlético/PR (Brasil), em Curitiba, Brasil.
  • 2007: 2-0 Atlético/PR (Brasil), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2007: 0-2 Lanús (Argentina), em Lanús, Argentina.
  • 2007: 3-0 Lanús (Argentina), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2007: 0-2 América (México), na Cidade do México, México.
  • 2007: 1-0 América (México), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2008: 3-1 Palmeiras (Brasil), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2008: 0-3 Palmeiras (Brasil), em São Paulo, Brasil.
  • 2011: 2-0 Palmeiras (Brasil), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2011: 1-3 Palmeiras (Brasil), em São Paulo, Brasil.
  • 2011: 1-3 Aurora (Bolívia), em Cochabamba, Bolívia.
  • 2011: 8-3 Aurora (Bolívia), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2011: 0-2 Universitario (Peru), em Lima, Peru.
  • 2011: 5-2 Universitario (Peru), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2011: 1-1 Universidad de Chile (Chile), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2011: 0-2 Universidad de Chile (Chile), em Santiago, Chile.
  • 2018: 1-3 LDU de Quito (Equador), em Quito, Equador.
  • 2018: 1-0 LDU de Quito (Equador), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2020: 1-0 Oriente Petrolero (Bolívia), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2020: 0-0 Oriente Petrolero (Bolívia), em Santa Cruz de la Sierra, Bolívia.
  • 2020: 1-0 Caracas (Venezuela), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2020: 0-0 Caracas (Venezuela), no Rio de Janeiro, Brasil.
  • 2020: 1-1 Defensa y Justicia (Argentina), em Gobernador Costa, Argentina.
  • 2020: 0-1 Defensa y Justicia (Argentina), no Rio de Janeiro, Brasil.


Vasco da Gama x Americanos

  • O Vasco da Gama jamais enfrentou times americanos na Copa Sudamericana.

Vasco da Gama x Argentinos

  • 4 jogos, 1 vitória, 1 empate e 2 derrots.

Vasco da Gama x Bolivianos

  • 4 jogos, 2 vitórias, 1 empate e 1 derrota.

Vasco da Gama x Brasileiros

  • 10 jogos, 4 vitórias, 1 empate e 5 derrotas.

Vasco da Gama x Chilenos

  • 4 jogos, 1 vitória, 1 empate e 2 derrotas.

Vasco da Gama x Colombianos

  • 4 jogos, 2 vitórias, 0 empates e 2 derrotas.

Vasco da Gama x Costarriquenhos

  • O Vasco da Gama jamais enfrentou times costarriquenhos na Copa Sudamericana.

Vasco da Gama x Equatorianos

  • 4 jogos, 2 vitórias, 0 empates e 2 derrotas.

Vasco da Gama x Hondurenhos

  • O Vasco da Gama jamais enfrentou times hondurenhos na Copa Sudamericana.

Vasco da Gama x Mexicanos

  • 2 jogos, 1 vitória e 1 derrota.

Vasco da Gama x Paraguaios

  • O Vasco da Gama jamais enfrentou times paraguaios na Copa Sudamericana.

Vasco da Gama x Peruanos

  • 2 jogos, 1 vitória e 1 derrota.

Vasco da Gama x Uruguaios

  • O Vasco da Gama jamais enfrentou times uruguaios na Copa Sudamericana.

Vasco da Gama x Venezuelanos

  • 2 jogos, 1 vitória e 1 empate.