quarta-feira, 29 de julho de 2020

FC Zenit São Petersburgo Bicampeão Russo de 2018/19/2019/20

O Zenit de São Petersburgo conquistou a Premier League Russa de 2019/20.

A temporada foi marcada pela interrupção da liga por conta do coronavirus.

Além do Zenit, Lokomotiv de Moscou e Krasnodar seguem para a Liga dos Campeões de 2020/21.

Rotor Volgogrado e Khimki sobem para a Premier League em 2020/21.

Classificação:
1º Zenit São Petersburgo - 72 - Campeão + Champions League (fase de grupos).
2º Lokomotiv de Moscou - 57 - Champions League (fase de grupos).
3º Krasnodar - 52 - Champions League (3ª fase).
4º CSKA de Moscou - 50 - Liga Europa (fase de grupos).
5º Rostov - 45 - Liga Europa (3ª fase)
6º Dínamo de Moscou - 41 - Liga Europa (2ª fase).
7º Spartak de Moscou - 39
8º Arsenal Tula - 38
9º Ufa - 38
10º Rubin Kazan - 35
11º Ural Ekaterimburgo - 35
12º Sochi - 33
13º Akhmat Grozny - 31
14º Tambov - 31
15º Krylia Sovetov Samara - 31 - Liga Nacional.
16º Orenburgo - 27 - Liga Nacional.

A Campanha:
2-1 Tambov - c
2-0 Sochi - f
2-0 Orenburgo - f
1-1 Krasnodar - c
2-0 Dínamo de Moscou - f
0-0 Akhmat Grozny - c
0-1 Ufa - f
1-0 Spartak de Moscou - f
3-1 Arsenal Tula - c
5-0 Rubin Kazan - c
0-1 Lokomotiv de Moscou - f
3-1 Ural Ekaterimburgo - f
6-1 Rostov - c
2-0 Krylia Sovetov - f
1-1 CSKA de Moscou - c
1-0 Arsenal Tula - f
2-1 Rubin Kazan - f
1-0 Spartak de Moscou - c
3-0 Dínamo de Moscou - c
0-0 Lokomotiv de Moscou - c
0-0 Ufa - c
7-1 Ural Ekaterimburgo - c
4-0 CSKA de Moscou - f
2-1 Krylia Sovetov - c
2-1 Tambov - f
4-2 Krasnodar - f
2-1 Sochi - c
1-1 Akhmat Grozny - f
4-1 Orenburgo - c
2-1 Rostov - f

Os Campeões:
1992 - FC Spartak Moscou
1993 - FC Spartak Moscou
1994 - FC Spartak Moscou
1995 - FC Spartak Vladikavkaz
1996 - FC Spartak Moscou
1997 - FC Spartak Moscou
1998 - FC Spartak Moscou
1999 - FC Spartak Moscou
2000 - FC Spartak Moscou
2001 - FC Spartak Moscou
2002 - FC Lokomotiv Moscou
2003 - PFC CSKA Moscou
2004 - FC Lokomotiv Moscou
2005 - PFC CSKA Moscou
2006 - PFC CSKA Moscou
2007 - FC Zenit São Petersburgo
2008 - FC Rubin Kazan
2009 - FC Rubin Kazan
2010 - FC Zenit São Petersburgo
2011/12 - FC Zenit São Petersburgo
2012/13 - PFC CSKA Moscou
2013/14 - PFC CSKA Moscou
2014/15 - FC Zenit São Petersburgo
2015/16 - PFC CSKA Moscou
2016/17 - FC Spartak Moscou
2017/18 - FC Lokomotiv Moscou
2018/19 - FC Zenit São Petersburgo
2019/20 - FC Zenit São Petersburgo

Ranking:
1º FC Spartak Moscou - 10
2º PFC CSKA Moscou - 6
2º FC Zenit São Petersburgo - 6
4º FC Lokomotiv Moscou - 3
5º FC Rubin Kazan - 2
6º FC Spartak Vladikavkaz - 1

terça-feira, 28 de julho de 2020

CR Vasco da Gama Campeão Brasileiro de 1974

O Vasco da Gama se sagrou campeão brasileiro de 1974. Trata-se do primeiro título carioca no formato de uma liga, um campeonato nacional.

Vale lembrar que o Botafogo já havia ganho a Taça Brasil de 1968 e o Fluminense faturara o Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1970 - ambos hoje são reconhecidos como títulos brasileiros.

O time-base campeão: Andrada; Fidélis, Miguel, Moisés, Alfinete; Alcir, Jorginho Carvoeiro, Zanata; Ademir, Roberto Dinamite, Luís Carlos. Técnico: Mário Travaglini.


Os Participantes

  • AL: CSA.
  • AM: Nacional e Rio Negro.
  • BA: Bahia e Vitória.
  • CE: Ceará e Fortaleza.
  • DF: CEUB.
  • ES: Desportiva.
  • GB: America, Botafogo, Flamengo, Fluminense, Olaria e Vasco da Gama.
  • MA: Sampaio Corrêa.
  • MT: Operário.
  • MG: América, Atlético e Cruzeiro.
  • PA: Paysandú e Remo.
  • PR: Atlético e Coritiba.
  • PE: Náutico, Santa Cruz e Sport.
  • PI: Tiradentes.
  • RN: América.
  • RS: Grêmio e Internacional.
  • SC: Avaí.
  • SE: Itabaiana.
  • SP: Corinthians, Guarani, Palmeiras, Portuguesa, Santos e São Paulo.


1ª Fase

1ª Rodada

09/03/74
  • Vasco da Gama 2-0 Coritiba
  • Bahia 2-1 Paysandú
  • Palmeiras 4-3 Santa Cruz
  • Ceará 1-1 Rio Negro
10/03/74
  • Fluminense 1-1 America
  • Grêmio 1-0 Olaria
  • Desportivo 1-0 Itabaiana
  • Atlético/PR 1-0 Internacional
  • Vitória 1-2 Tiradentes
  • Remo 2-2 Botafogo
  • Sampaio Corrêa 1-2 Flamengo
  • América/RN 1-1 Avaí
  • Cruzeiro 0-0 Guarani
  • Náutico 2-0 Atlético/MG
  • Santos 1-2 Portuguesa/SP
  • Fortaleza 2-0 América/MG
  • Nacional/AM 0-1 São Paulo
  • CEUB 1-2 Corinthians
  • Goiás 1-0 Sport
  • Operário/MT 3-2 CSA

2ª Rodada

13/03/74
  • Fluminense 2-1 Itabaiana
  • Grêmio 2-0 Atlético/PR
  • Desportiva 0-0 Vasco da Gama
  • Avaí 1-2 Internacional
  • Vitória 0-0 Olaria
  • Paysandú 3-1 Botafogo
  • Tiradentes 0-1 America
  • Sampaio Corrêa 2-2 Bahia
  • América/RN 0-2 Flamengo
  • Goiás 0-0 Corinthians
  • Operário/MT 1-0 Palmeiras
  • Cruzeiro 1-0 Náutico
  • Sport 1-0 Atlético/MG
  • Rio Negro 2-4 São Paulo
  • CEUB 1-0 Fortaleza
14/03/74
  • Remo 2-3 Coritiba
  • Nacional/AM 1-1 Santa Cruz

3ª Rodada

16/03/74
  • Botafogo 0-0 Olaria
  • Vitória 2-2 Atlético/PR
  • Coritiba 0-2 Grêmio
  • São Paulo 1-1 Guarani
  • Altético/MG 0-0 Rio Negro
17/03/74
  • Flamengo 1-1 Vasco da Gama
  • Internacional 5-1 Paysandú
  • Bahia 1-1 Remo
  • Tiradentes 0-0 Fluminense
  • Sampaio Corrêa 1-0 America
  • Desportiva 1-0 Avaí
  • América/RN 2-0 Itabaiana
  • Corinthians 0-0 Palmeiras
  • Santa Cruz 1-3 Cruzeiro
  • Fortaleza 2-1 Náutico
  • Nacional/AM 1-1 Ceará
  • América/MG 0-2 Santos
  • CEUB 0-0 Portuguesa/SP
  • Goiás 4-0 CSA
  • Operário/MT 1-1 Sport

4ª Rodada

20/03/74
  • Botafogo 3-1 Atlético/PR
  • Coritiba 0-1 América/RN
  • Avaí 0-1 Grêmio
  • Bahia 1-0 Olaria
  • Remo 1-2 Vasco da Gama
  • Sampaio Corrêa 3-1 Fluminense
  • Itabaiana 1-2 Internacional
  • America 1-2 Vitória
  • São Paulo 1-1 Náutico
  • Sport 0-0 Cruzeiro
  • Ceará 0-1 Guarani
  • América/MG 2-0 Rio Negro
  • CEUB 1-3 Santos
  • CSA 0-5 Atlético/MG 
  • Portuguesa 2-1 Fortaleza
  • Santa Cruz 2-1 Goiás

5ª Rodada

23/03/74
  • Flamengo 4-0 Tiradentes
  • Atlético/PR 1-0 Desportiva
  • Fluminense 2-3 Olaria
  • Grêmio 1-2 Internacional
  • Coritiba 3-2 Botafogo
  • B ahia 1-1 Vitória
  • Paysandú 0-0 Vasco da Gama
  • Sampaio Corrêa 1-0 Avaí
  • América/RN 1-3 America
  • Itabaiana 1-0 Remo
  • Náutico 2-0 Operário/MT
  • Corinthians 3-1 América/MG
  • Guarani 2-2 Santos
  • Cruzeiro 1-3 Atlético/MG
  • Santa Cruz 0-0 São Paulo
  • Ceará 1-1 Fortaleza
  • Rio Negro 0-4 Palmeiras
  • CEUB 1-0 Sport
  • Goiás 0-0 Portuguesa/SP
  • CSA 1-2 Nacional/AM

Jogos Antecipados

27/03/74
  • Tiradentes 3-0 América/RN
  • Portuguesa/SP 3-0 Operário/MT
  • Santa Cruz 3-0 CSA
  • Nacional/AM 2-1 Palmeiras
  • América/MG 2-1 Ceaerá

6ª Rodada

30/03/74
  • Bahia 0-2 Flamengo
  • Vasco da Gama 0-0 Botafogo
  • Internacional 2-0 Tiradentes
  • Atlético/PR 3-0 Fluminense
  • Avaí 3-0 Remo
  • Paysandú 1-1 Grêmio
  • Sampaio Corrêa 0-2 Coritiba
  • Itabaiana 1-3 America
  • Desportiva 1-1 Vitória
  • Guarani 3-0 Goiás
  • Atlético/MG 1-1 América/MG
  • Náutico 1-1 Santos
  • Ceará 0-1 Corinthians
  • CEUB 1-1 Santa Cruz
  • CSA 0-0 Portuguesa
  • Operário/MT 1-0 Fortaleza
31/03/74
  • Rio Negro 0-0 Cruzeiro

Jogos Antecipados

03/04/74
  • São Paulo 2-0 Ceará
  • Santa Cruz 2-3 América/MG
  • Fortaleza 3-0 Guarani
  • Náutico 0-0 Nacional/AM

7ª Rodada

03/04/74
  • Vasco da Gama 0-0 Bahia
06/04/74
  • Flamengo 2-1 America
  • Grêmio 1-0 Remo
  • Coritiba 3-2 Tiradentes
  • Avaí 2-2 Fluminense
  • Vitória 1-1 América/RN
  • Paysandú 1-1 Atlético/PR
  • Sampaio Corrêa 1-1 Internacional
  • Desportiva 2-3 Botafogo
  • Corinthians 2-2 Portuguesa/SP
  • Cruzeiro 3-0 Nacional/AM
  • Sport 1-1 Santos
  • Fortaleza 2-1 Goiás
  • CEUB 2-4 Atlético/MG
  • CSA 0-1 Guarani
  • Operário/MT 0-2 São Paulo
  • Rio Negro 2-1 Náutico

Jogos Antecipados

10/04/74
  • São Paulo 2-1 Sport
  • Cruzeiro 1-1 Portuguesa
  • Ceará 2-1 CEUB

8ª Rodada

10/04/74
  • Olaria 1-2 América/RN
13/04/74
  • Fluminense 0-1 Grêmio
  • Internacional 1-1 Flamengo
  • Coritiba 0-1 America
  • Vitória 0-0 Vasco da Gama
  • Remo 2-2 Olaria
  • Itabaiana 2-1 Botafogo
  • Desportiva 0-0 Paysandú
  • Avaí 1-0 Atlético/PR
  • Santos 1-0 Cruzeiro
  • Guarani 2-1 Nacional/AM
  • Atlético/MG 2-1 Corinthians
  • Santa Cruz 0-0 Portuguesa/SP
  • Fortaleza 2-1 Palmeiras
  • CSA 1-0 CEUB
  • Operário/MT 1-1 Rio Negro
14/04/74
  • Tiradentes 3-0 Bahia

Jogos Antecipados

16/04/74
  • Portuguesa/SP 0-0 América/MG
  • Sport 1-0 Náutico
  • Botafogo 5-1 Avaí
17/04/74
  • Nacional/AM 0-2 CEUB

9ª Rodada

20/04/74
  • Internacional 3-0 Desportiva
  • Paysandú 2-0 Olaria
  • Tiradentes 0-0 Remo
  • Sampaio Corrêa 0-3 Vitória
  • América/RN 0-2 Grêmio
  • Palmeiras 0-4 Santos
  • Atlético/MG 1-0 Operário/MT
  • Náutico 2-0 Corinthians
  • Ceará 1-0 Santa Cruz
  • Goiás 0-1 Cruzeiro
21/04/74
  • Vasco da Gama 1-2 Fluminense
  • Atlético/PR 1-2 Flamengo
  • Avaí 0-2 America
  • Bahia 1-1 Coritiba
  • Rio Negro 1-0 Guarani
  • CSA 0-0 São Paulo

Jogos Antecipados

23/04/74
  • Corinthians 1-0 Operário/MT
24/04/74
  • Flamengo 4-0 Desportiva
  • Sport 1-1 Portuguesa
  • Rio Negro 1-0 Fortaleza
  • América/MG 0-1 Nacional/AM

10ª Rodada

24/04/74
  • Paysandú 1-2 Vitória
27/04/74
  • Botafogo 1-1 America
  • Grêmio 2-0 Sampaio Corrêa
  • Coritiba 1-1 Olaria
  • Avaí 0-1 Flamengo
  • Bahia 0-0 Internacional
  • Remo 1-1 Fluminense
  • América/RN 2-3 Vasco da Gam
  • Itabaiana 1-0 Atlético/PR
  • Desportiva 1-0 Tiradentes
  • São Paulo 0-0 Portuguesa
  • Guarani 1-0 Santa Cruz
  • Cruzeiro 1-0 CEUB
  • Sport 1-4 Corinthians
  • Ceará 1-2 Atlético/MG
  • CSA 0-1 Náutico
  • Operário/MT 1-0 América/MG
28/04/74
  • Nacional/AM 0-1 Santos

11ª Rodada

02/05/74
  • Fluminense 2-0 Paysandu
  • Santos 3-0 Rio Negro
04/05/74
  • Flamengo 0-0 Olaria
  • Grêmio 2-1 America
  • Atlético/PR 1-0 Bahia
  • Vitória 3-0 Avaí
  • Remo 1-0 Internacional
  • Tiradentes 2-1 Botafogo
  • Sampaio Corrêa 0-0 América/RN
  • Itabaiana 0-3 Vasco da Gama
  • Desportiva 0-1 Coritiba
  • Corinthians 1-1 Guarani
  • Náutico 2-1 Ceará
  • Fortaleza 3-3 Sport
  • América/MG 0-0 São Paulo
  • CEUB 0-0 Goiás
  • CSA 0-2 Palmeiras
  • Operário/MT 3-0 Santa Cruz
  • Nacional/AM 0-2 Atlético/MG

Jogos Antecipados

08/05/74
  • Coritiba 3-0 Itabaiana
  • Desportiva 2-1 Sampaio Corrêa
  • Tiradentes 0-0 Paysandú
  • Palmeiras 0-0 Guarani
  • Sport 0-2 Nacional/AM
  • América/MG 1-0 Goiás
  • Operário/MT 0-0 CEUB

12ª Rodada

08/05/74
  • Vasco da Gama 0-0 Olaria
11/05/74
  • Flamengo 1-0 Grêmio
  • Internacional 1-1 Vitória
  • Atlético/PR 2-0 Remo
  • Avaí 0-0 Tiradentes
  • Bahia 1-0 America
  • Paysandú 1-0 Coritiba
  • Sampaio Corrêa 1-1 Botafogo
  • América/RN 1-0 Fluminense
  • Corinthians 0-1 Cruzeiro
  • Sport 2-2 América/MG
  • Ceará 2-1 Portuguesa/SP
  • Goiás 3-2 Santos
12/05/74
  • Atlético/MG 0-1 Fortaleza
  • Rio Negro 2-0 Santa Cruz
29/05/74
  • CEUB 1-1 São Paulo

13ª Rodada

27/03/74
  • America 2-0 Desportiva
15/05/74
  • Botafogo 2-3 Internacoonal
  • Atlético/PR 4-0 Olaria
  • Vitória 0-0 Fluminense
  • Paysandú 0-0 Flamengo
  • Tiradentes 0-1 Vasco da Gama
  • América/RN 0-1 Bahia
  • Itabaiana 0-1 Grêmio
  • São Paulo 1-2 Atlético/MG
  • Náutico 1-1 Guarani
  • Fortaleza 0-2 Santos
  • Rio Negro 1-1 Corinthians
  • Goiás 3-1 Ceará
  • CSA 0-1 Cruzeiro
16/05/74
  • Remo 2-0 Sampaio Corrêa
  • Palmeiras 1-0 América/MG

14ª Rodada

18/05/74
  • America 3-0 Internacional
  • Flamengo 0-0 Fluminense
  • Grêmio 4-0 Tiradentes
  • Coritiba 0-1 Atlético/PR
  • Avaí 0-2 Olaria
  • Vitória 3-1 Botafogo
  • Remo 0-0 Paysandú
  • Sampaio Corrêa 2-0 Vasco da Gama
  • América/RN 0-0 Desportiva
  • Itabaiana 0-1 Bahia
  • Portuguesa/SP 2-2 Atlético/MG
  • Corinthians 1-1 Santos
  • Guarani 1-1 Sport
  • Cruzeiro 2-2 América/MG
  • Náutico 0-0 Santa Cruz
  • Fortaleza 1-1 São Paulo
  • Nacional/AM 1-1 Rio Negro
  • CEUB 1-1 Palmeiras
  • Goiás 0-0 Operário/MT
  • CSA 1-3 Ceará

Jogos Antecipados

22/05/74
  • Vitória 2-0 Itabaiana
  • América/RN 0-1 Atlético/PR
  • Santos 1-0 CSA
  • Guarani 2-0 CEUB
  • Sport 1-1 Rio Negro
  • Goiás 1-1 Palmeiras

15ª Rodada

25/05/74
  • Internacional 2-0 Olaria
  • Coritiba 2-1 Flamengo
  • Avaí 1-2 Paysandú
  • Bahia 1-0 Fluminense
  • Tiradentes 2-2 Atlético/PR
  • América/RN 1-0 Botafogo
  • Itabaiana 2-1 Sampaio Corrêa
  • Desportiva 0-5 Grêmio
  • Remo 3-1 Vitória
  • Palmeiras 2-2 Portuguesa
  • Atlético/MG 0-1 Guarani
  • Santa Cruz 0-0 Corinthians
  • Ceará 1-1 Santos
  • Operário/MT 0-0 Cruzeiro
26/05/74
  • Vasco da Gama 0-1 America
  • Nacional/AM 2-0 Fortaleza
  • Goiás 0-3 São Paulo

Jogos Antecipados

29/05/74
  • Vasco da Gama 1-0 Avaí
  • América/RN 0-0 Paysandú
  • Fortaleza 1-0 CSA
  • América/MG 0-3 Náutico
  • Goiás 2-0 Rio Negro
  • Sport 1-1 Palmeiras
30/05/74
  • Olaria 4-0 Itabaiana

16ª Rodada

01/06/74
  • Flamengo 3-0 Remo
  • Corinthians 5-0 Nacional/AM
02/06/74
  • Botafogo 1-0 Fluminense
  • Grêmio 1-0 Vasco da Gama
  • Coritiba 1-1 Internacional
  • Bahia 1-1 Desportiva
  • Paysandú 0-1 America
  • Tiradentes 2-0 Olaria
  • Sampaio Corrêa 0-1 Atlético/PR
  • Itabaiana 2-0 Avaí
  • Santos 1-1 São Paulo
  • Guarani 3-3 América/MG
  • Cruzeiro 0-0 Palmeiras
  • Santa Cruz 3-3 Atlético/MG
  • Ceará 0-0 Operário/MT
  • Rio Negro 0-1 Portuguesa/SP
  • CEUB 0-2 Náutico
  • CSA 0-1 Sport

17ª Rodada

22/05/74
  • Olaria 2-0 Sampaio Corrêa
05/06/74
  • Botafogo 0-0 Bahia
  • Internacional 3-0 América/RN
  • Avaí 1-2 Coritiba
  • Vitória 1-0 Grêmio
  • Remo 2-4 America
  • Itabaiana 0-1 Flamengo
  • Palmeiras 1-1 Ceará
  • Atlético/MG 3-1 Goiás
  • Santa Cruz 0-3 Sport
  • Fortaleza 0-2 Cruzeiro
  • Nacional/AM 0-1 Portuguesa/SP
  • CSA 0-3 Corinthians
  • Operário/MT 1-0 Santos

18ª Rodada

08/06/74
  • America 2-0 Olaria
  • Coritiba 1-1 Vitória
  • Paysandú 2-0 Itabaiana
  • Santa Cruz 0-0 Fortaleza
  • Rio Negro 3-1 CSA
  • CEUB 0-2 América/MG
09/06/74
  • Botafogo 0-2 Flamengo
  • Atlético/PR 1-1 Vasco da Gama
  • Bahia 0-1 Grêmio
  • Remo 3-1 Desportiva
  • Tiradentes 2-0 Sampaio Corrêa
  • Guarani 1-0 Portuguesa/SP
  • São Paulo 1-1 Corinthians
  • Atlético/MG 2-1 Santos
  • Náutico 0-1 Palmeiras
  • Ceará 1-1 Cruzeiro
  • Nacional/AM 1-2 Operário/MT
19/06/74
  • Internacional 1-1 Fluminense

19ª Rodada

12/06/74
  • Fluminense 1-1 Coritiba
  • Paysandú 1-0 Sampaio Corrêa
  • Santos 1-1 Santa Cruz
  • Sport 1-1 Ceará
  • Rio Negro 1-0 CEUB
  • Goiás 0-0 Náutico
  • Palmeiras 1-0 São Paulo
13/06/74
  • Vasco da Gama 3-1 Internacional
  • Grêmio 2-2 Botafogo
  • Altético/PR 1-2 America
  • Avaí 0-2 Bahia
  • Vitória 1-0 Flamengo
  • Remo 2-0 América/RN
  • Tiradentes 1-0 Itabaiana
  • Desportiva 0-1 Olaria
  • América/MG 1-0 CSA
  • Palmeiras 1-2 Atlético/MG
  • Cruzeiro 0-1 São Paulo
  • Náutico 3-1 Portuguesa/SP
  • Fortaleza 2-0 Corinthians
  • Nacional/AM 0-3 Goiás
  • Operário/MG 1-0 Guarani


Classificação

Grupo A

  • 1º Grêmio - 30 - 2ª Fase.
  • 2º Flamengo - 29 - 2ª Fase.
  • 3º America - 26 - 2ª Fase.
  • 4º Vitória - 25 - 2ª Fase.
  • 5º Internacional - 24 - 2ª Fase.
  • 6º Atlético/PR - 22 - 2ª Fase.
  • 7º Vasco da Gama - 22 - 2ª Fase.
  • 8º Bahia - 22 - 2ª Fase.
  • 9º Coritiba - 21 - 2ª Fase.
  • 10º Paysandú - 20 - 2ª Fase.
  • 11º Tiradentes - 19
  • 12º Remo - 16
  • 13º Olaria - 16
  • 14º América/RN - 15
  • 15º Botafogo - 15
  • 16º Fluminense - 15 - 2ª Fase.
  • 17º Desportiva - 15
  • 18º Sampaio Corrêa - 12
  • 19º Itabaiana - 10
  • 20º Avaí - 7

Grupo B

  • 1º Atlético/MG - 26 - 2ª Fase.
  • 2º Cruzeiro - 24 - 2ª Fase.
  • 3º Guarani - 24 - 2ª Fase.
  • 4º São Paulo - 24 - 2ª Fase.
  • 5º Santos - 23 - 2ª Fase.
  • 6º Náutico - 22 - 2ª Fase.
  • 7º Operário/MT - 22 - 2ª Fase.
  • 8º Corinthians - 22 - 2ª Fase.
  • 9º Portuguesa/SP - 21 - 2ª Fase.
  • 10º Fortaleza - 20 - 2ª Fase.
  • 11º Goiás - 20 - 2ª Fase.
  • 12º Palmeiras - 20 - 2ª Fase.
  • 13º Rio Negro - 19
  • 14º Sport - 18
  • 15º América/MG - 16
  • 16º Ceará - 16
  • 17º Nacional/AM - 14 - 2ª Fase.
  • 18º Santa Cruz - 13
  • 19º CEUB - 12
  • 20º CSA - 4


2ª Fase

1ª Rodada

30/06/74
  • Fluminense 0-1 São Paulo
  • Internacional 1-1 Atlético/PR
  • Goiás 0-1 Portuguesa/SP
02/07/74
  • Palmeiras 3-1 Flamengo
  • Guarani 3-1 Bahia
03/07/74
  • Cruzerio 4-1 Paysandu
  • Vitória 1-0 Corinthians
  • Operário/MT 1-3 Atlético/MG
  • Nacional/AM 0-0 Vasco da Gama
  • America 0-2 Santos
  • Náutico 4-2 Coritiba
  • Fortaleza 1-3 Grêmio

2ª Rodada

03/07/74
  • Goiás 1-1 São Paulo
  • Internacional 2-0 Fluminense
  • Atlético/PR 1-1 Portuguesa/SP
06/07/74
  • Cruzeiro 1-0 Guarani
  • Paysandú 1-2 Palmeiras
  • Bahia 1-1 Flamengo
  • Corinthians 2-2 Nacional/AM
  • Operário/MT 0-2 Vitória
07/07/74
  • Grêmio 0-1 Santos
  • Coritiba 2-0 America
  • Fortaleza 0-0 Náutico

3ª Rodada

06/07/74
  • Internacional 1-1 Goiás
  • Fluminense 0-1 Atlético/PR
07/07/74
  • São Paulo 1-1 Portuguesa/SP
10/07/74
  • Palmeiras 2-1 Guarani
  • Atlético/MG 0-2 Vasco da Gama
  • America 0-1 Grêmio
11/07/74
  • Corinthians 0-0 Operário/MT
13/07/74
  • Palmeiras 2-0 Bahia
  • Flamengo 1-3 Cruzeiro
  • Coritiba 0-0 Fortaleza
15/07/74
  • Náutico 0-2 Santos

4ª Rodada

13/07/74
  • São Paulo 0-0 Atlético/PR
14/07/74
  • Paysandú 0-1 Guarani
  • Vasco da Gama 2-0 Corinthians
  • Atlético/MG 2-2 Vitória
  • Nacional/AM 0-1 Operário/MT
  • Portuguesa/SP 0-1 Internacional
  • Goiás 1-1 Fluminense
17/07/74
  • Flamengo 6-0 Paysandu
  • Bahia 0-1 Cruzeiro
  • Náutico 2-2 America
  • Grêmio 1-0 Coritiba
18/07/74
  • Santos 1-1 Fortaleza 

Jogos Adiados

17/07/74
  • Atlético/MG 3-0 Nacional/AM
18/07/74
  • Vitória 0-0 Vasco da Gama

5ª Rodada

29/06/74
  • Flamengo 3-0 Guarani
  • Cruzeiro 2-1 Palmeiras
  • Bahia 1-1 Paysandú
  • Vasco da Gama 3-0 Operário/MT
  • Santos 2-1 Coritiba
  • Grêmio 2-1 Náutico
  • Fortaleza 3-0 America
30/06/74
  • Corinthians 1-0 Atlético/MG
  • Nacional/AM 1-0 Vitória
17/07/74
  • Atlético/PR 2-1 Goiás
  • São Paulo 0-1 Internacional
18/07/74
  • Fluminense 3-1 Portuguesa/SP

 

Classificação

Grupo 1

  • 1º Cruzeiro - 10 - 3ª Fase.
  • 2º Palmeiras - 8
  • 3º Flamengo - 5
  • 4º Guarani - 4
  • 5º Bahia - 2
  • 6º Paysandu - 1

Grupo 2

  • 1º Vasco da Gama - 8 - 3ª Fase.
  • 2º Vitória - 6
  • 3º Atlético/MG - 5
  • 4º Corinthians - 4
  • 5º Nacional/MG - 4
  • 6º Operário/MT - 3

Grupo 3

  • 1º Santos - 9 - 3ª Fase.
  • 2º Grêmio - 8
  • 3º Fortaleza - 5
  • 4º Náutico - 4
  • 5º Coritiba - 3
  • 6º America - 1

Grupo 4

  • 1º Internacional - 8 - 3ª Fase.
  • 2º Atlético/PR - 7
  • 3º São Paulo - 5
  • 4º Portuguesa/SP - 4
  • 5º Fluminense - 3
  • 6º Goiás - 3


3ª Fase

1ª Rodada

21/07/74
  • Vasco da Gama 2-1 Santos
  • Internacional 1-1 Cruzeiro

2ª Rodada

24/07/74
  • Cruzeiro 1-1 Vasco da Gama
  • Santos 2-1 Internacional

3ª Rodada

28/07/74
  • Santos 1-3 Cruzeiro
  • Vasco da Gama 2-2 Internacional


Classificação

  • 1º Cruzeiro - 4 - Final.
  • 2º Vasco da Gama - 4 - Final.
  • 3º Santos - 2
  • 4º Internacional - 2


Final

01/08/74
  • Vasco da Gama ** 2-1 Cruzeiro


A Campanha

1ª Fase

  • 2-0 Coritiba (PR) - c
  • 0-0 Desportiva (ES) - f
  • 1-1 Flamengo (GB) - f
  • 2-1 Remo (PA) - f
  • 0-0 Paysandu (PA) - f
  • 0-0 Botafogo (GB) - c
  • 0-0 Bahia (BA) - c
  • 0-0 Vitória (BA) - f
  • 1-2 Fluminense (GB) - c
  • 3-2 América (RN) - f
  • 3-0 Itabaiana (SE) - f
  • 1-1 Olaria (GB) - c
  • 1-0 Tiradentes (PI) - f
  • 0-2 Sampaio Corrêa (MA) - f
  • 0-1 America (GB) - c
  • 1-0 Avaí (SC) - c
  • 0-1 Grêmio (RS) - f
  • 1-1 Atlético (PR) - f
  • 3-1 Internacional (RS) - c

2ª Fase

  • 0-0 Nacional (AM) - f
  • 2-0 Atlético (MG) - f
  • 2-0 Corinthians (SP) - c
  • 0-0 Vitória (BA) - f
  • 3-0 Operário (MS) - c

3ª Fase

  • 2-1 Santos (SP) - c
  • 1-1 Cruzeiro (MG) - f
  • 2-2 Internacional (RS) - c

Final

  • 2-1 Cruzeiro (MG) - c


Classificação Final

  • 1º Vasco da Gama - Campeão + Taça Libertadores da América.
  • 2º Cruzeiro - Taça Libertadores da América.
  • 3º Santos
  • 4º Internacional
  • 5º Grêmio
  • 6º Flamengo
  • 7º Atlético/MG
  • 8º Vitória
  • 9º Atlético/PR
  • 10º São Paulo
  • 11º Palmeiras
  • 12º Guarnai
  • 13º America
  • 14º Náutico
  • 15º Corinthians
  • 16º Fortaleza
  • 17º Operário/MT
  • 18º Portuguesa/SP
  • 19º Coritiba
  • 20º Bahia
  • 21º Goiás
  • 22º Paysandu
  • 23º Nacional/AM
  • 24º Fluminense
  • 25º Tiradentes
  • 26º Rio Negro
  • 27º Sport
  • 28º Olaria
  • 29º Remo
  • 30º América/MG
  • 31º Ceará
  • 32º América/RN
  • 33º Botafogo
  • 34º Desportiva
  • 35º Santa Cruz
  • 36º Sampaio Corrêa
  • 37º CEUB
  • 38º Itabaiana
  • 39º Avaí
  • 40º CSA

segunda-feira, 27 de julho de 2020

A Evolução do Escudo do Bonsucesso

O Bonsucesso FC já mudou de escudo algumas vezes desde sua criação.

As iniciais BFC foram mantidas em azul. A flor em vermelho foi alterada. Ela também ganhou um contorno de um escudo para que o escudo do clube ficasse mais parecido com um brasão, como os de outros clubes da cidade.

FC Porto Campeão Português de 2019/20

O Porto conquistou seu vigésimo-nono título da liga portuguesa ao faturar o Campeonato Português de 2019/20.

O Dragão garantiu presença na fase de grupos da Liga dos Campeões de 2020/21.

Farense e Nacional sobem para a primeira divisão de 2020/21 substituindo Portimonense e Desportivo das Aves.


A Campanha

  • 1-2 Gil Vicente - f
  • 4-0 Vitória de Setúbal - c
  • 2-0 Benfica - f
  • 3-0 Vitória de Guimarães - c
  • 3-2 Portimonense - f
  • 2-0 Santa Clara - c
  • 1-0 Rio Ave - f
  • 3-0 Famalicão - c
  • 1-1 Marítimo - f
  • 1-0 Desportivo das Aves - c
  • 1-0 Boavista - f
  • 2-0 Paços Ferreira - c
  • 1-1 Belenenses - f
  • 3-0 Tondela - c
  • 2-1 Sporting - f
  • 4-2 Moreirense - f
  • 1-2 Braga - c
  • 2-1 Gil Vicente - c
  • 4-0 Vitória de Setúbal - f
  • 3-2 Benfica - c
  • 2-1 Vitória de Guimarães - f
  • 1-0 Portimonense - c
  • 2-0 Santa Clara - f
  • 1-1 Rio Ave - c
  • 1-2 Famalicão - f
  • 1-0 Marítimo - c
  • 0-0 Desportivo das Aves - f
  • 4-0 Boavista - c
  • 1-0 Paços Ferreira - f
  • 5-0 Belenenses - c
  • 3-1 Tondela - f
  • 2-0 Sporting - c
  • 6-1 Moreirense - c
  • 1-2 Braga - f


Classificação

  • 1º Porto - 82 - Campeão + Champions League (fase de grupos).
  • 2º Benfica - 77 - Champions League (3ª fase).
  • 3º Braga - 60 - Liga Europa (fase de grupos).
  • 4º Sporting - 60 - Liga Europa (3ª fase).
  • 5º Rio Ave - 55 - Liga Europa (2ª fase).
  • 6º Famalicão - 54
  • 7º Vitória de Guimarães - 50
  • 8º Moreirense - 43
  • 9º Santa Clara - 43
  • 10º Gil Vicente - 43
  • 11º Marítimo - 39
  • 12º Boavista - 39
  • 13º Paços Ferreira - 39
  • 14º Tondela - 36
  • 15º Belenenses - 35
  • 16º Vitória de Setúbal - 34
  • 17º Portimonense - 33 - LigaPro.
  • 18º Desportivo das Aves - 17 - LigaPro.

sábado, 25 de julho de 2020

Paris Saint-Germain FC Campeão da Coupe de France de 2019/20

O Paris Saint-Germain FC não teve dificuldades para conquistar a Coupe de France de 2019/20.

O gol do título foi marcado por Neymar, aos 14 minutos do primeiro tempo.

A final foi disputada no estádio Saint-Denis, nos arredores de Paris. Cerca de 5 mil pessoas acompanharam a partida.


A Campanha

1ª Fase

  • Isento.

2ª Fase

  • Isento.

3ª Fase

  • Isento.

4ª Fase

  • Isento.

5ª Fase

  • Isento.

6ª Fase

  • Isento.

7ª Fase

  • Isento.

8ª Fase

  • Isento.

9ª Fase

  • 6-0 Linas-Montihéry - f

10ª Fase

  • 1-0 Lorient - f

11ª Fase

  • 2-0 Pau - f

12ª Fase

  • 6-1 Dijon - f

13ª Fase

  • 5-1 Lyon - f

Final

  • 1-0 Saint-Étienne - c

quarta-feira, 22 de julho de 2020

Estádio Giulitte Coutinho

O America deixou de ser um clube carioca. Pelo menos seu estádio de futebol não fica mais no Rio de Janeiro, apesar da sede social ainda estar localizada na Tijuca.

O Estádio Giulitte Coutinho fica em Mesquita, no bairro de Édson Passos.

Giulitte Coutinho foi um ex-presidente da CBF e foi homenageado com o nome do estádio. Ele era um presidente de honra do America, além de torcedor do rubro.

A construção do estádio se deu após a venda do terreno do estádio Wolney Braune pelo America. Ali se construiu um centro comercial. Em contrapartida, os americanos ganharam dinheiro e o estádio de Edson Passos.

A arena americana foi inaugurada em 23 de janeiro 2000 com vitória do America por 3 a 1 sobre a seleção carioca.

A capacidade de público é de 13.554 torcedores mas o recorde não chegou a dez mil. Em 08 de fevereiro de 2004, 9.009 pessoas pagaram para ver America 4-3 Flamengo pelo Campeonato Estadual.

O estádio poderá ser ampliado, caso necessário, para receber até 32 mil torcedores.







sábado, 18 de julho de 2020

Daniele Hypólito Inicia Quarta Passagem pelo Flamengo

Daniele Hypólito é a ginasta mais completa do Brasil de todos os tempos. Ela foi apresentada em 18 de julho como novo reforço da ginástica artística rubro-negra.

Sua volta á Gávea faz com que ela viva três desejos: treinar ao lado de companheiras da seleção brasileira, estar sob o comando de Georgette Vidor e encerrar a carreira no clube de coração. Quem sabe ela não se torna treinadora do Flamengo no futuro?

Pela seleção brasileira ela ganhou uma medalha de prata de Campeonato Mundial; três pratas e sete bronzes nos Jogos Pan-Americanos; e seis ouros, sete pratas e dois bronzes em Campeonatos Pan-Americanos.


Os Clubes de Daniele Hypólito

  • 1992 a 1993 - SESI Santo André (SP).
  • 1994 a 2002 - CR Flamengo.
  • 2003 a 2007 - CEGIN (PR).
  • 2008 a 2012 - CR Flamengo.
  • 2013 a 2015 - CEGIN (PR)
  • 2016 - CR Flamengo.
  • 2017 a 2019 - São Bernardo do Campo (SP)
  • 2020 - CR Flamengo


Os títulos já conquistados pelo Flamengo e as medalhas de ouro, prata e bronze conquistadas no Campeonato Brasileiro de Ginástica são muitas.

Todos os Jogos do Mister Jorge Jesus no Comando do Flamengo

O técnico "Mister" Jorge Jesus anunciou esta semana que está trocando o Flamengo pelo Benfica (Portugal). Você conhece os números do Mister Jorge Jesus no Mais Querido do Brasil?

Confira abaixo o resumo que preparamos com todos os jogos do Mister Jorge Jesus no Flamengo. 

Todos os jogos, algumas estatísticas e os títulos conquistados.


Todos os Jogos de Jorge Jesus no Flamengo

  • 10 de julho de 2019: 1-1 Athletico (PR) - f - Copa do Brasil
  • 14 de julho de 2019: 6-1 Goiás (GO) - c - Brasileirão.
  • 17 de julho de 2019: 1-1 Athletico (PR) - c (1-3) - Copa do Brasil
  • 21 de julho de 2019: 1-1 Corinthians (SP) - f - Brasileirão
  • 24 de julho de 2019: 0-2 Emelec (Equador) - f - Taça Libertadores da América
  • 28 de julho de 2019: 3-2 Botafogo (RJ) - c - Brasileirão
  • 31 de julho de 2019: 2-0 Emelec (Equador) - c (4-2) - Taça Libertadores da América
  • 04 de agosto de 2019: 0-3 Bahia (BA) - f - Brasileirão
  • 10 de agosto de 2019: 3-1 Grêmio (RS) - c - Brasilerião
  • 17 de agosto de 2019: 4-1 Vasco da Gama (RJ) - f - Brasileirão
  • 21 de agosto de 2019: 2-0 Internacional (Brasil) - c - Taça Libertadores da América
  • 24 de agosto de 2019: 3-0 Ceará (CE) - f - Brasileirão
  • 28 de agosto de 2019: 1-1 Internacional (Brasil) - f - Taça Libertadores da América
  • 01 de setembro de 2019: 3-0 Palmeiras (SP) - c - Brasileirão
  • 07 de setembro de 2019: 3-0 Avaí (SC) - f - Brasileirão
  • 14 de setembro de 2019: 1-0 Santos (SP) - c- Brasileirão
  • 21 de setembro de 2019: 2-1 Cruzeiro (MG) - f - Brasileirão
  • 25 de setembro de 2019: 3-1 Internacional (RS) - c - Brasileirão
  • 28 de setembro de 2019: 0-0 São Paulo (SP) - c - Brasileirão
  • 02 de outubro de 2019: 1-1 Grêmio (Brasil) - f - Taça Libertadores da América
  • 06 de outubro de 2019: 1-0 Chapecoense (SC) - f - Brasileirão
  • 10 de outubro de 2019: 3-1 Atlético (MG) - c - Brasileirão
  • 13 de outubro de 2019: 2-0 Athletico (PR) - f - Brasileirão
  • 16 de outubro de 2019: 2-1 Fortaleza (CE) - f - Brasileirão
  • 20 de outubro de 2019: 2-0 Fluminense (RJ) - c - Brasileirão
  • 23 de outubro de 2019: 5-0 Grêmio (Brasil) - c - Taça Libertadores da América
  • 27 de outubro de 2019: 1-0 CSA (AL) - c - Brasileirão
  • 31 de outubro de 2019: 2-2 Goiás (GO) - f - Brasileirão
  • 03 de novembro de 2019: 4-1 Corinthians (SP) - c - Brasileirão
  • 07 de novembro de 2019: 1-0 Botafogo (RJ) - f - Brasileirão
  • 13 de novembro de 2019: 4-4 Vasco da Gama (RJ) - c - Brasileirão
  • 17 de novembro de 2019: 1-0 Grêmio (RS) - f - Brasileirão
  • 23 de novembro de 2019: 2-1 River Plate (Argentina) - n - Taça Libertadores da América
  • 27 de novembro de 2019: 4-1 Ceará (CE) - c - Brasileirão
  • 01 de dezembro de 2019: 3-1 Palmeiras (SP) - f - Brasileirão
  • 05 de dezembro de 2019: 6-1 Avaí (SC) - c - Brasileirão
  • 08 de dezembro de 2019: 0-4 Santos (SP) - f - Brasileirão
  • 17 de dezembro de 2019: 3-1 Al Hilal (Arábia Saudita) - n - Mundial Interclubes.
  • 21 de dezembro de 2019: 0-0 Liverpool (Inglaterra) - n (0-1) - Mundial Interclubes.
  • 03 de fevereiro de 2020: 3-1 Resende FC - f - Campeonato Estadual.
  • 08 de fevereiro de 2020: 2-0 Madureira - c - Campeonato Estadual
  • 12 de fevereiro de 2020: 3-2 Fluminense (RJ) - f - Campeonato Estadual
  • 16 de fevereiro de 2020: 3-0 Athletico (PR) - n - Supercopa do Brasil
  • 19 de fevereiro de 2020: 2-2 Independiente del Valle (Equador) - f - Recopa Sul-Americana
  • 22 de fevereiro de 2020: 2-1 Boavista (RJ) - f - Campeonato Estadual
  • 26 de fevereiro de 2020: 3-0 Independiente del Valle (Equador) - c - Recopa Sul-Americana
  • 29 de fevereiro de 2020: 4-1 Cabofriense (RJ) - f - Campeonato Estadual
  • 04 de março de 2020: 2-1 Atlético Júnior (Colômbia) - f - Taça Libertadores da América
  • 07 de março de 2020: 3-0 Botafogo (RJ)- c - Campeonato Estadual
  • 11 de março de 2020: 3-0 Barcelona (Equador) - c - Taça Libertadores da América
  • 14 de março de 2020: 2-1 Portuguesa (RJ) - c - Campeonato Estadual
  • 18 de junho de 2020: 3-0 Bangu (RJ) - f - Campeonato Estadual
  • 01 de julho de 2020: 2-0 Boavista (RJ) - c - Campeonato Estadual
  • 05 de julho de 2020: 2-0 Volta Redonda (RJ) - c - Campeonato Estadual
  • 08 de julho de 2020: 1-1 Fluminense (RJ) - f (2-3) - Campeonato Estadual
  • 12 de julho de 2020: 2-1 Fluminense (RJ) - f - Campeonato Estadual.
  • 15 de julho de 2020: 1-0 Fluminense (RJ) - c - Campeonato Estadual.


Numeros Totais

  • Vitórias: 41
  • Empates: 11
  • Derrotas: 3
  • Vitórias nos pênaltis: 1
  • Derrotas nos pênaltis: 2
  • Vitórias em prorrogações: 0.
  • Derrotas em prorogações: 1.
  • Maior Goleada: 6-1 Avaí (SC) e 6-1 Goiás (GO).
  • Pior Goleada: 0-4 Santos (SP)
  • Maior Empate: 4-4 Vasco da Gama.
  • Títulos Conquistados: Taça Libertadores da América de 2019; Brasileirão de 2019; Supercopa do Brasil de 2020; Recopa Sul-Americana de 2020; Campeonato Estadual de 2020; e Taça Guanabara de 2020.

Aumento de Clubes no Campeonato Estadual

O aumento de clubes no Campeonato Estadual é sempre uma triste notícia.

O Campeonato Estadual do Rio de Janeiro já teve a importância do Campeonato Brasileiro. Os tempos mudaram.

O futebol em outros estados evoluiu. Times de torcida, como America, São Cristóvão, Canto do Rio, Bonsucesso e Bangu, minguaram.

É preciso enxergar a realidade. O Campeonato Estadual do Rio não comporta mais 16 times, muito menos 17 ou 18.

Provavelmente nem 12 dá mais! Durante muito tempo este foi o número de participantes da primeira divisão.

É preciso repensar o Campeonato Estadual sem ter medo de cara feia. Muitos clubes não têm capacidade sequer de receber times grandes em seus estádios ou cidades.

O Esporte Rio sugere uma primeira divisão com oito clubes e uma segunda com dez. Dois campeonatos fortes. Isso se é que devemos ainda ter os Estaduais no calendário...


Número de Participantes a cada temporada

  • 1906 - 6
  • 1907 - 4
  • 1908 - 6
  • 1909 - 6
  • 1910 - 6
  • 1911 - 5
  • 1912 - 6 e 8 *
  • 1913 - 10
  • 1914 - 7
  • 1915 - 7
  • 1916 - 7
  • 1917 - 10
  • 1918 - 10
  • 1919 - 10
  • 1920 - 10
  • 1921 - 7 **
  • 1922 - 7 **
  • 1923 - 8 **
  • 1924 - 23 e 8 *
  • 1925 - 10
  • 1926 - 10
  • 1927 - 10
  • 1928 - 11
  • 1929 - 11
  • 1930 - 11
  • 1931 - 11
  • 1932 - 12
  • 1933 - 10 e 6 *
  • 1934 - 5 e 7 *
  • 1935 - 6 e 8 *
  • 1936 - 7 e 6 *
  • 1937 - 12
  • 1939 - 9
  • 1940 - 9
  • 1941 - 10
  • 1942 - 10
  • 1943 - 10
  • 1944 - 10
  • 1945 - 10
  • 1946 - 10
  • 1947 - 11
  • 1948 - 11
  • 1949 - 11
  • 1950 - 11
  • 1951 - 11
  • 1952 - 11
  • 1953 - 12
  • 1954 - 12
  • 1955 - 12
  • 1956 - 12
  • 1957 - 12
  • 1958 - 12
  • 1959 - 12
  • 1960 - 12
  • 1961 - 12
  • 1962 - 13
  • 1963 - 13
  • 1964 - 13
  • 1965 - 8
  • 1966 - 12
  • 1967 - 12
  • 1968 - 12
  • 1969 - 12
  • 1970 - 12
  • 1971 - 12
  • 1972 - 12
  • 1973 - 12
  • 1974 - 12
  • 1975 - 12
  • 1976 - 15
  • 1977 - 15
  • 1978 - 12
  • 1979 - 18
  • 1979 Especial - 10
  • 1980 - 18
  • 1981 - 12
  • 1982 - 12
  • 1983 - 12
  • 1984 - 12
  • 1985 - 12
  • 1986 - 12
  • 1987 - 14
  • 1988 - 12
  • 1989 - 12
  • 1990 - 12
  • 1991 - 24
  • 1992 - 26
  • 1993 - 24
  • 1994 - 12
  • 1995 - 17
  • 1996 - 12
  • 1997 - 12
  • 1998 - 12
  • 1999 - 13
  • 2000 - 14
  • 2001 - 16
  • 2002 - 12
  • 2003 - 12
  • 2004 - 12
  • 2005 - 12
  • 2006 - 12
  • 2007 - 12
  • 2008 - 16
  • 2009 - 16
  • 2010 - 16
  • 2011 - 16
  • 2012 - 16
  • 2013 - 16
  • 2014 - 16
  • 2015 - 16
  • 2016 - 16
  • 2017 - 16
  • 2018 - 16
  • 2019 - 16
  • 2020 - 16
  • 2021 - 17

Obs: * havia mais de uma liga neste ano.
Obs2: ** Oficialmente haviam mais clubes na elite, mas na prática este é o número de times na disputa do título.

Botafogo FR Campeão da Taça dos Campeões de Rio e São Paulo de 1930

O Botafogo foi o grande campeão da Taça dos Campeões de Rio e São Paulo de 1930.

Depois de uma má atuação no primeiro jogo em São Paulo (SP), que resultou num triunfo do Timão por 2 a 0, o Glorioso deu a volta por cima e massacrou os paulistas por 7 a 2.

O time-base do Botafogo era composto por Pedrosa; Benedicto e Octacílio; Pamplona, Martim e Canalli; Ariza, Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

A Campanha:
0-2 Corinthians (SP) - f
7-1 Corinthians (SP) - c

O Estádio Niélsen Louzada

O estádio Niélsen Louzada foi inaugurado em 09 de maio de 1920 e tem capacidade para 6 mil torcedores. Ele pertence ao Mesquita Futebol Clube.

A arena do Tubarão da Baixada é popularmente conhecida como Louzadão.

Há alguns anos, o Louzadão teve suas arquibancadas tomadas por barracos de uma favela e seus moradores foram despejados.






A Evolição do Escudo do America FC

O America iniciou sua trajetória com uma camisa negra em 1904. O vermelho só foi adotado em 1908.

A ordem dos escudos do Mecão é a seguinte:

  1. Branco com letras pretas de 1904.
  2. Círculo preto com letras brancas de 1906.
  3. A primeira versão em branco e vermelho de 1908.
  4. Segunda versão em vermelho e branco de 1911.
  5. Versão alternativa ao escudo de 1913 com fundo branco e letras em vermelho.
  6. Escudo de 1913 que resistiu ao restante do Século XX.
  7. Modernização no escudo de 2006.

sexta-feira, 17 de julho de 2020

America FC Campeão da Taça dos Campeões de Rio e São Paulo de 1935

A Taça dos Campeões de Rio e São Paulo, como o próprio nome já diz, reunia os campeões estaduais de Rio e São Paulo.

O America conquistou a Taça dos Campeões de Rio e São Paulo de 1935 ao derrotar a Portuguesa (SP) numa melhor de três.

A Campanha

Final

  • 2-3 Portuguesa (SP) - f
  • 1-0 Portuguesa (SP) - c
  • 3-1 Portuguesa (SP) - c


Os Campeões:

  • 1926 - SS Palestra Itália* (SP)
  • 1927 - ----
  • 1928 - ----
  • 1929 - SC Corinthians P  (SP)
  • 1930 - Botafogo FC** 
  • 1931 -  São Paulo FC (SP)
  • 1934 - SS Palestra Itália* (SP)
  • 1935 - America FC
  • 1936 - CR Vasco da Gama
  • 1937 - -----
  • 1938 - -----
  • 1939 - -----
  • 1940 - -----
  • 1941 - SC Corinthians P (SP)
  • 1942 - SE Palmeiras (SP)
  • 1943 - São Paulo FC (SP)
  • 1944 - ----
  • 1945 - São Paulo FC (SP)
  • 1946 - São Paulo FC (SP)
  • 1947 - SE Palmeiras (SP)
  • 1948 - São Paulo FC (SP)
  • 1949 - -----
  • 1950 - -----
  • 1951 - -----
  • 1952 - -----
  • 1953 - São Paulo FC (SP)
  • 1954 - -----
  • 1955 - CR Flamengo
  • 1956 - Santos FC (SP)
  • 1957 - São Paulo FC (SP)
  • 1958 - -----
  • 1959 - -----
  • 1960 - -----
  • 1961 - -----
  • 1962 - -----
  • 1963 - -----
  • 1964 - -----
  • 1965 - -----
  • 1966 - -----
  • 1967 - -----
  • 1968 - ----
  • 1969 - ----
  • 1970 - ----
  • 1971 - ----
  • 1972 - ----
  • 1973 - ----
  • 1974 - ----
  • 1975 - São Paulo FC (SP)
  • 1976 - ----
  • 1977 - ----
  • 1978 - ----
  • 1979 - ----
  • 1980 - São Paulo FC (SP)
  • 1981 - ----
  • 1982 - ----
  • 1983 - ----
  • 1984 - ----
  • 1985 - São Paulo FC (SP)
  • 1986 - AA Internacional (SP)
  • 1987 - São Paulo FC (SP)
  • 1988 - ----
  • 1989 - ----
  • 1990 - ----
  • 1991 - ----
  • 1992 - ----
  • 1993 - ----
  • 1994 - ----
  • 1995 - ----
  • 1996 - ----
  • 1997 - ----
  • 1998 - ----
  • 1999 - ----
  • 2000 - ----
  • 2001 - ----
  • 2002 - ----
  • 2003 - ----
  • 2004 - ----
  • 2005 - ----
  • 2006 - ----
  • 2007 - ----
  • 2008 - ----
  • 2009 - ----
  • 2010 - ----
  • 2011 - ----
  • 2012 - ----
  • 2013 - ----
  • 2014 - ----
  • 2015 - ----
  • 2016 - ----
  • 2017 - ----
  • 2018 - ----
  • 2019 - ----
  • 2020 - ----
* Antigo nome da SE Palmeiras (SP).
** Antigo nome do Botafogo FR.

Ranking da Taça dos Campeões de Rio e São Paulo

  • 1º São Paulo FC - 11
  • 2º SE Palmeiras - 4
  • 3º SC Corinthians P - 2
  • 4º America FC - 1
  • 4º Botafogo FR - 1
  • 4º CR Flamengo - 1
  • 4º AA Internacional - 1
  • 4º Santos FC - 1
  • 4º CR Vasco da Gama - 1

Ranking por Federação da Taça dos Campeões de Rio e São Paulo

  • 1º SP - 19
  • 2º RJ - 4

America FC Campeão da Zona Sul da Taça Brasil de 1961

A Taça Brasil (o Campeonato Brasileiro da época) era regionalizado antes das semifinais. Por isso, havia uma disputa para ser o melhor da chamada região sul, que envolvia clubes do sul e sudeste do país.

Em 1961, o America Football Club conquistou a Zona Sul da Taça Brasil para seguir adiante no torneio.

A Campanha

1ª Fase

  • 0-0 Fonseca - f
  • 3-0 Fonseca - c

2ª Fase

  • 2-1 Cruzeiro (MG) - c
  • 1-1 Cruzeiro (MG) - f

Final

  • 1-1 Palmeiras (SP) - f
  • 2-1 Palmeiras (SP) - c


Os Campeões

  • 1959 - Grêmio FBPA (RS)
  • 1960 - Fluminense FC
  • 1961 - America FC
  • 1962 - SC Internacional (RS)
  • 1963 - Grêmio FBPA (RS)
  • 1964 - C Atlético M (MG)
  • 1965 - Grêmio FBPA (RS)
  • 1966 - Cruzeiro EC (MG)
  • 1967 - ----
  • 1968 - ----
  • 1969 - ----
  • 1970 - ----
  • 1971 - ----
  • 1972 - ----
  • 1973 - ----
  • 1974 - ----
  • 1975 - ----
  • 1976 - ----
  • 1977 - ----
  • 1978 - ----
  • 1979 - ----
  • 1980 - ----
  • 1981 - ----
  • 1982 - ----
  • 1983 - ----
  • 1984 - ----
  • 1985 - ----
  • 1986 - ----
  • 1987 - ----
  • 1988 - ----
  • 1989 - ----
  • 1990 - ----
  • 1991 - ----
  • 1992 - ----
  • 1993 - ----
  • 1994 - ----
  • 1995 - ----
  • 1996 - ----
  • 1997 - ----
  • 1998 - ----
  • 1999 - ----
  • 2000 - ----
  • 2001 - ----
  • 2002 - ----
  • 2003 - ----
  • 2004 - ----
  • 2005 - ----
  • 2006 - ----
  • 2007 - ----
  • 2008 - ----
  • 2009 - ----
  • 2010 - ----
  • 2011 - ----
  • 2012 - ----
  • 2013 - ----
  • 2014 - ----
  • 2015 - ----
  • 2016 - ----
  • 2017 - ----
  • 2018 - ----
  • 2019 - ----
  • 2020 - ----

Ranking da Zona Sul da Taça Brasil

  • 1º Grêmio FBPA - 3
  • 2º Fluminense FC - 1
  • 2º America FC - 1
  • 2º SC Internacional - 1
  • 2º C Atlético M - 1
  • 2º Cruzeiro EC

Ranking da Zona Sul da Taça Brasil por Federação

  • 1º RS - 4
  • 2º RJ - 2
  • 3º MG - 2

As Particiapções do Mesquita na 1ª Divisão

O Mesquita ficou com o vice-campeonato estadual da 2ª Divisão de 1985 (o campeão foi o Campo Grande) e debutou na elite do Campeonato Estadual em 1986. O alvinegro jogou entre os grandes dois anos.

Em 2007, o Mesquita foi novamente vice-campeão estadual da 2ª Divisão, perdendo o título para o Resende FC. O time voltou à elite em 2008, onde ficou duas temporadas.


As Campanhas na 1ª Divisão

1986

  • 0-0 Americano - c
  • 0-3 Vasco da Gama - f
  • 0-2 Bangu - c
  • 1-3 Flamengo - c
  • 0-2 Fluminense - c
  • 2-0 America - c
  • 1-2 Botafogo - c
  • 2-1 Portuguesa - f
  • 0-1 Olaria - f
  • 1-1 Campo Grande - c
  • 1-0 Goytacaz - c
  • 1-0 Botafogo - f
  • 0-0 Goytacaz - f
  • 1-1 Fluminense - f
  • 0-3 Bangu - f
  • 0-1 Vasco da Gama - c
  • 1-3 Flamengo - f
  • 0-1 America - f
  • 1-1 Americano - f
  • 1-0 Olaria - c
  • 0-0 Campo Grande - f
  • 0-0 Portuguesa - c

1987

  • 0-0 Cabofriense - c
  • 0-1 Bangu - c
  • 2-2 Campo Grande - c
  • 1-4 Vasco da Gama - f
  • 1-2 Olaria - f
  • 0-0 Flamengo - c
  • 0-0 Porto Alegre - f
  • 0-1 Botafogo - c
  • 1-1 Portuguesa - f
  • 1-1 Fluminense - c
  • 0-0 Goytacaz - c
  • 0-1 America - c
  • 0-0 Americano - c
  • 0-3 Flamengo - f
  • 0-1 Campo Grande - f
  • 0-1 Bangu - f
  • 0-0 Goytacaz - f
  • 0-6 Vasco da Gama - c
  • 0-3 Porto Alegre - c
  • 1-1 Olaria - c
  • 2-1 Americano - f
  • 0-0 Cabofriense - f
  • 0-0 America - f
  • 3-2 Portuguesa - f
  • 0-1 Botafogo - f
  • 0-2 Fluminense - f

2008

  • 0-3 Cabofriense - f
  • 1-0 Resende FC - c
  • 0-3 Vasco da Gama - f
  • 2-6 Botafogo - f
  • 1-1 Friburguense - f
  • 1-1 Madureira - c
  • 0-0 Americano - f
  • 1-3 Volta Redonda - f
  • 1-1 Boavista - c
  • 0-2 Flamengo - f
  • 0-4 Macaé - f
  • 2-2 Cardoso Moreira - c
  • 1-4 Fluminense - f
  • 1-1 America - f
  • 4-2 Duque de Caxias - c

2009

  • 3-1 Bangu - c
  • 0-0 Friburguense - f
  • 0-2 Botafogo - c
  • 1-4 Flamengo - f
  • 1-1 Boavista - f
  • 4-2 Macaé - c
  • 1-2 Volta Redonda - f
  • 2-1 Cabofriense - n
  • 0-1 Americano - n
  • 0-3 Volta Redonda - f
  • 1-5 Americano - f
  • 0-1 Resende FC - c
  • 1-2 Madureira - f
  • 1-2 Vasco da Gama - f
  • 1-2 Tigres - c
  • 2-4 Duque de Caxias - f
  • 1-2 Cabofriense

Classificações do Mesquita na Primeira Divisão

  • Taça Guanabara 1986: 10º Lugar.
  • Taça Guanabara 1987: 12º Lugar.
  • Taça Guanabara 2008: 14º Lugar.
  • Taça Guanabara 2009: 10º Lugar.
  • Taça Rio 1986: 9º Lugar.
  • Taça Rio 1987: 12º Lugar.
  • Taça Rio 2008: 15º Lugar.
  • Taça Moisés Mathias de Andrade 2009: 2º Lugar.
  • Estadual 1986: 8º Lugar.
  • Estadual 1987: 13º Lugar.
  • Estadual 2008: 14º Lugar.
  • Estadual 2009: 16º Lugar.

Fotos do Bonsucesso FC

O Bonsucesso Futebol Clube é um daqueles clubes do Rio de Janeiro que tem muita tradição e história para contar. Basta dizer que a primeira foto deste post é do time de 1920.

No futebol, esporte principal da representação da Leopoldina, o Bonsuça é o maior campeão da segunda divisão do Rio de Janeiro, se mantendo à frente de grandes rivais, como Olaria, Portuguesa, São Cristóvão e Campo Grande.


A segunda foto é de 1947, ainda antes da construção do Maracanã.

A terceira foto já é no Estádio Mário Filho. Trata-se da equipe de 1956.

Na sequência temos as fotos dos times do Bonsucesso de 1963, 1966 e 1975.

Na foto de 1975 estão: em pé: Valdir, Nilson, Miguel, Nilo, Silva e Carlos Alberto. Agachados: Naldo, Samarone, Lima, Cabral, Marco Antônio e Abedi.






















Mesquita FC Campeão Estadual da 3ª Divisão de 1981

O Mesquita conquistou o Campeonato Estadual da terceira divisão de 1981 de forma invicta. Foi o primeiro título oficial do tradicional clube da Baixada Fluminense.

O Rubro também conseguiu sua promoção à segunda divisão de 1982 com o vice-campeonato.

A competição teve um formato simples: turno e returno entre todos os participantes.


Os Participantes

  • Coelho da Rocha (São João de Meriti)
  • Cruzeiro (Niterói)
  • Mesquita
  • Nacional (Duque de Caxias)
  • Nova Friburgo
  • Rio Branco (Campos dos Goytacazes)
  • Rio das Ostras
  • Rubro (Araruama)


1ª Rodada

19/07/81
  • Rio Branco 0-0 Rubro
  • Nacional 1-0 Rio das Ostras
  • Nova Friburgo 1-2 Coelho da Rocha
  • Cruzeiro 1-1 Mesquita

2ª Rodada

26/07/81
  • Mesquita 5-0 Rio Branco
  • Rubro 1-0 Nacional
  • Rio das Ostras 4-3 Nova Friburgo
  • Coelho da Rocha 1-0 Cruzeiro

3ª Rodada

02/08/81
  • Nova Friburgo 0-1 Rubro
  • Cruzeiro 2-1 Rio das Ostras
  • Mesquita 1-0 Coelho da Rocha
  • Rio Branco 0-0 Nacional

4ª Rodada

09/08/81
  • Rubro 5-0 Cruzeiro
  • Rio das Ostras 1-3 Mesquita
  • Coelho da Rocha 1-0 Rio Branco
  • Nacional 1-0 Nova Friburgo

5ª Rodada

16/08/81
  • Coelho da Rocha 4-0 Rio das Ostras
  • Cruzeiro 0-1 Nacional
  • Rio Branco 2-0 Nova Friburgo
  • Mesquita 1-0 Rubro

6ª Rodada

23/08/81
  • Rubro 0-0 Coelho da Rocha
  • Rio das Ostras 0-0 Rio Branco
  • Nacional 0-1 Mesquita
  • Nova Friburgo 3-0 Cruzeiro

7ª Rodada

30/08/81
  • Rio das Ostras 1-1 Rubro
  • Cruzeiro 2-2 Rio Branco
  • Coelho da Rocha 1-0 Nacional
  • Mesquita 2-1 Nova Friburgo

8ª Rodada

06/09/81
  • Rubro 1-0 Rio Branco
  • Rio das Ostras 1-2 Nacional
  • Coelho da Rocha 1-0 Nova Friburgo
  • Mesquita 1-0 Cruzeiro

9ª Rodada

13/09/81
  • Nacional 0-3 Rubro
  • Nova Friburgo 4-3 Rio das Ostras
  • Cruzeiro 0-2 Coelho da Rocha
  • Rio Branco 1-2 Mesquita

10ª Rodada

20/09/81
  • Rio das Ostras 3-2 Cruzeiro
  • Coelho da Rocha 1-2 Mesquita
  • Nacional 3-2 Rio Branco
  • Rubro 4-1 Nova Friburgo

11ª Rodada

27/09/81
  • Cruzeiro 1-4 Rubro
  • Mesquita 4-2 Rio das Ostras
  • Rio Branco 1-0 Coelho da Rocha
  • Nova Friburgo 0-0 Nacional

12ª Rodada

04/10/81
  • Rubro 0-1 Mesquita
  • Rio das Ostras 0-2 Coelho da Rocha
  • Nacional 0-0 Cruzeiro
  • Nova Friburgo 1-1 Rio Branco

13ª Rodada

11/10/81
  • Coelho da Rocha 0-1 Rubro
  • Rio Branco 4-6 Rio das Ostras
  • Mesquita 1-1 Nacional
  • Cruzeiro 1-1 Nova Friburgo

14ª Rodada

18/10/81
  • Rubro 2-1 Rio das Ostras
  • Nacional 0-1 Coelho da Rocha
  • Nova Friburgo 1-1 Mesquita
  • Rio Branco 2-1 Cruzeiro


Classificação

  • 1º Mesquita - 25 - Campeão + 2ª Divisão 1982.
  • 2º Rubro - 21 - 2ª Divisão 1982.
  • 3º Coelho da Rocha - 19
  • 4º Nacional - 14
  • 5º Rio Branco - 11
  • 6º Rio das Ostras - 8
  • 7º Nova Friburgo - 8
  • 8º Cruzeiro - 6


A Campanha

  • 1-1 Cruzeiro - f
  • 5-0 Rio Branco - c
  • 1-0 Coelho da Rocha - c
  • 3-1 Rio das Ostras - f
  • 1-0 Rubro - c
  • 1-0 Nacional - f
  • 2-1 Nova Friburgo - c
  • 1-0 Cruzeiro - c
  • 2-1 Rio Branco - f
  • 2-1 Coelho da Rocha - f
  • 4-2 Rio das Ostras - c
  • 1-0 Rubro - f
  • 1-1 Nacional - c
  • 1-1 Nova Friburgo - f

quinta-feira, 16 de julho de 2020

Estádio de Campos Salles

Dos grandes clubes do início do Século XX, o America demorou mais a ter seu próprio estádio. O clube começou no Centro do Rio de Janeiro jogando num campo que pertencia à empresa Estrada de Ferro Rio D'Ouro, que ficava na Rua Pedro Alves.


Mudança de Casa do America

Seu segundo campo foi à Rua São Francisco Xavier 78, na Tijuca. Os dois campos acima não estavam autorizados a receber partidas oficiais, pois não tinham as dimensões ou estruturas adequadas para a época (imagina para hoje).
Por isso, o America precisou mandar seus jogos ora no estádio do Bangu (Rua Ferrer), ora na casa do Fluminense (Laranjeiras - antes Rua Guanabara).

Simultaneamente, o America tampouco teve uma sede fixa. Mudou várias vezes entre 1904 e 1911, quando finalmente construiu seu quartel-general à rua Campos Salles.

Foi neste ano que o America incorporou o Haddock Lobo conseguindo o campo da Rua Haddock Lobo para si.

Com a reestruturação do bairro da Tijuca, o conhecido Campo da Rua Haddock Lobo passou a se chamar Campo da Rua Campos Salles.


Datas Históricas do America em Campos Salles

Entre 1911 e 1961 o America mandou suas partidas ali.

Em 27 de agosto de 1911, o America estreou sua nova casa batendo o Rio Criket por 3 a 1.

Em 12 de outubro de 1912, o Diabo inaugurou a modernização de seu estádio construindo arquibancadas de madeira com um empate em 1 a 1 com o Ypiranga (SP).

Foi neste campo que nasceu o apelido "pó de arroz" para o Fluminense. A torcida rubra descobriu que o atleta Carlos Alberto do Tricolor passava um pó para clarear sua pele.

Em 03 de novembro de 1929, os americanos humilharam o Botafogo por 11 a 2. Até hoje esta é a maior goleada do America.

Os títulos estaduais de 1916, 1928 e 1931 foram comemorados em Campos Salles.

Em 29 de junho de 1952, o America inaugurou suas arquibancadas de cimento com uma vitória sobre o Vasco da Gama por 1 a 0. No Estádio da Rua Campos Salles cabiam agora 25 mil pessoas.

A última partida em Campos Salles aconteceu em 29 de agosto de 1962. O Mecão perdeu para o Olaria por 3 a 1.


Fim do Estádio da Rua Campos Salles

O clube construiu no lugar do estádio sua sede social, com ginásio, quadras e piscinas. A agremiação havia comprado o estádio do Andaraí.

As fotos ilustram a construlão, o desenvolvimento e a demolição do Estádio de Campos Salles. Dizem que o America perdeu parte de sua identidade com a mudança dos jogos da Tijuca para o Andaraí.

Flamengo Desiste do Vôlei Adulto Feminino e Vira Patrocinador do SESC

O Flamengo está fora da Superliga Feminina de Voleibol de 2020/21. A Confederação Brasileira de Voleibol confirmou o rebaixamento da equipe rubro-negra esta semana.

Na prática, se o Mengão quiser voltar deverá começar do zero, passando pela Superliga C, depois Superliga B e finalmente retornar à elite. É que o Flamengo não deverá se inscrever sequer para a segunda divisão com sua prata da casa.


Fusão de Flamengo e SESC Começou em Dezembro


O Esporte Rio já havia anunciado a possibilidade de uma parceria entre SESC e Flamengo desde maio. Na verdade, os primeiros contatos entre as equipes começaram em dezembro.

Mal financeiramente, o SESC acabou com sua equipe masculina de vôlei. No naipe feminino, o clube barateou o elenco. Bernardinho foi forçado a dispensar Tandara e a contratar atletas medianas. O clube carioca ainda precisava bancar os custos do aluguel das quadras de treinos e jogos (normalmente no Tijuca Tênis Clube ou Arena Carioca).

O patrocínio do Flamengo barateia o custo do SESC. As jogadoras treinarão na Gávea e provavelmente vestirão o uniforme vermelho e preto. O Urubu também pagará uma parte dos salários das atletas.

Desde o encerramento da Superliga, o Flamengo já havia dispensado o treinador Alexandre Ferrante, toda a comissão técnica e as atletas vindas de fora da base do clube, como Valéria Papa, Mayer, Nandyala e Fê Issis.

Notícia Ruim para o Voleibol do Rio de Janeiro

A saída do Flamengo deixa o Rio de Janeiro com apenas duas equipes profissionais na cidade: o SESC e o Fluminense. A cidade perde empregos, impostos, grandes profissionais e até entretenimento.

O Campeonato Estadual também ficará enfraquecido. Flamengo SESC será o nome fantasia do time que deverá encarar o Fluminense na grande final. As demais equipes do certame deverão ser os times juvenis de Botafogo, Flamengo e Tijuca Tênis Clube.

O que Significa Patrocinar o SESC?

Digamos que o Flamengo conquiste o Campeonato Brasileiro de Futebol, como aconteceu em 2019 com o patrocínio da BS2. Quem é o campeão? O campeão é o Flamengo. BS2 foi um mero patrocinador. Tem alguém aí comemorando o título do BS2?

E se o Flamengo SESC for campeão brasileiro de vôlei? O campeão será o Rio de Janeiro VC, razão social da equipe de vôlei. O Flamengo será um mero patrocinador.

Sabemos que a mídia chamará o time de Flamengo. Que o vermelho e preto estará na sua televisão. Nos documentos oficiais CBV porém, estará lá: Rio de Janeiro VC.

Bernardinho, ex-craque do Botafogo, teve uma passagem pela Gávea nos anos 80. Ele segue como treinador do SESC.

Histórico do Vôlei Feminino Flamenguista

O Flamengo sempre teve muita tradição no voleibol feminino. A representação da Gávea já conquistou um Campeonato Sul-Americano (1981), três Campeonatos Brasileiros (1978, 1980 e 1999/00) e nove Campeonatos Estaduais, além de cinco Taças Brasil (não reconhecidas pela CBV).

A torcida merecia mais do que passarmos de protagonistas a patrocinadores.

Vôlei Masculino

Não há nenhuma notícia nova sobre o retorno do vôlei adulto masculino profissional ao Flamengo.